ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 4 from 4 result(s)

Search for : DIEGO BOMFIM SABOIA

Facial rejuvenation with fat grafting: systematization and study of 151 consecutive cases

EDUARDO ANTONIO TORRES FURLANI; DIEGO BOMFIM SABOIA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(4):439-445 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Considering that the loss of facial volume is a primary factor associated with aging, an increased demand for safe, long-lasting, and biocompatible filling materials has been observed. Thus, the use of fat grafting has gained considerable popularity. However, there are open questions about the safety, efficacy, and durability of fat grafting. Moreover, most studies have not presented the volumes injected in each region, making learning challenging for beginners in the area. In this study, the results of facial rejuvenation with fat grafting in 151 consecutive cases were analyzed.
Methods: Fat was collected via manual suction, centrifuged at 448 g (2000 rpm/radius 10 cm) for 4 min, and injected with microcannulas that are 1-1.1 mm in size. The injection sites and corresponding injection volumes were identified.
Results: The mean follow-up time was 289.29 days (minimum: 7 days, maximum: 1254 days, and standard deviation [SD]: 275.1), and the mean injection volume was 32 mL (range: 4-68 mL, SD: 14). Moreover, no complications were observed.
Conclusion: Fat grafting is a safe, predictable, and effective procedure, and it can be used for facial rejuvenation in certain cases.

Keywords: Face; Rhytidoplasty; Autologous transplantation; Subcutaneous fat; Aesthetics; Reconstructive surgical procedures

 

RESUMO

Introdução: Considerando que a perda de volume facial é fator primário de envelhecimento, tem acontecido um aumento da demanda por materiais de preenchimento que sejam seguros, de longa duração e biocompatíveis. Nesse sentido, a utilização do enxerto de gordura vem ganhando bastante popularidade. Entretanto, existem questionamentos sobre segurança, eficácia e durabilidade da lipoenxertia. Além disso, a maioria dos artigos da literatura não menciona volumes injetados em cada área, dificultando o aprendizado dos iniciantes. Nesse estudo, analisam-se os resultados de uma série de 151 casos consecutivos de rejuvenescimento facial com lipoenxertia.
Métodos: A gordura foi colhida por meio de sucção manual, centrifugada a 448g (2000 rpm/ raio 10cm) por 4 minutos e injetada com microcânulas de 1 a 1,1mm. Descreve-se a sistematização de áreas de injeção, com os respectivos volumes a serem aplicados.
Resultados: Encontrou-se seguimento médio de 289,29 dias (mínimo 7, máximo 1254, DP 275,1), o volume médio injetado foi de 32 ml, variando de 4 a 68 (DP 14). Não houve complicações.
Conclusão: A lipoenxertia é um procedimento seguro, previsível e efetivo, como opção de tratamento, para rejuvenescimento facial, em determinados casos.

Palavras-chave: Face; Ritidoplastia; Transplante autólogo; Gordura subcutânea; Estética; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos

 

Cultural adaptation of the blepharoplasty outcomes evaluation questionnarie: Blepharoplasty Outcomes Evaluation

Eduardo Antonio Torres Furlani; Diego Bomfim Saboia; Maria Laura Miranda Da-Costa; Maria Vitória de Araújo Bezerra
Rev. Bras. Cir. Plást. 2022;37(1):16-21 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The use of quality of life questionnaires has proved to be very useful in giving greater objectivity to evaluating treatment results. The internationalization of these instruments, in turn, allows for interpopulation comparison but requires a specific methodology in order not to cause distortions due to failures in translation or cultural differences. The Blepharoplasty Outcomes Evaluation questionnaire, in English, is a simple application tool with objective questions with a good application for this purpose. The questionnaire has already been tested for reliability, validity and responsiveness.
Methods: According to the methodology proposed by Beaton et al., translation and cultural adaptation into Portuguese was performed with 5 stages. Stage 1 - translation by two native Portuguese-speaking translators. Stage 2 - preparation of the synthesis version. Stage 3 - reverse translation by two native English-speaking translators. Stage 4 - review by an evaluation committee. Stage 5 - application to a population of 20 people.
Results: There were no comprehension problems for the final population from the evaluation committee.
Conclusion: The questionnaire was successfully translated and adapted.

Keywords: Translational medical research; Evaluation of health care outcomes; Blepharoplasty; Surveys and questionnaires; Face; Treatment result.

 

RESUMO

Introdução: O emprego de questionários de qualidade de vida tem se mostrado muito útil no sentido de dar maior objetividade à avaliação de resultados de tratamentos. A internacionalização desses instrumentos, por sua vez, permite a comparação interpopulacional, mas requer uma metodologia específica, a fim de não causar distorções devido a falhas na tradução ou a diferenças culturais. O questionário Blepharoplasty Outcomes Evaluation, de língua inglesa, é uma ferramenta de simples aplicação, com perguntas objetivas com boa aplicação para esse fim. O questionário já foi testado em relação à sua confiabilidade, validade e capacidade de resposta.
Métodos: Realizada tradução e adaptação cultural para a língua portuguesa, segundo a metodologia proposta por Beaton et al., na qual existem 5 estágios. Estágio 1 - tradução por meio de dois tradutores nativos de língua portuguesa. Estágio 2 - confecção de versão de síntese. Estágio 3 - tradução reversa por dois tradutores nativos de língua inglesa. Estágio 4 - revisão por um comitê avaliador. Estágio 5 - aplicação a uma população de 20 pessoas.
Resultados: A partir do comitê avaliador, não houve problemas de compreensão para a população final.
Conclusão: O questionário foi traduzido e adaptado com sucesso.

Palavras-chave: Pesquisa médica translacional; Avaliação de resultados (cuidados de saúde); Blefaroplastia; Inquéritos e questionários; Face; Resultado do tratamento

 

Cultural adaptation of the questionnaire on skin rejuvenation outcome evaluation (Skin Rejuvenation Outcome Evaluation - SROE)

EDUARDO ANTONIO TORRES FURLANI; DIEGO BOMFIM SABOIA; MARIA LAURA MIRANDA DA COSTA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(4):402-407 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The use of quality of life (QOL) questionnaires has been shown to be very useful in the sense of giving greater objectivity to the treatment outcomes evaluation. The internationalization of these instruments, in turn, allows for inter-population comparison but requires a specific methodology in order not to cause distortions due to flaws in translation or cultural differences. The SROE questionnaire (Skin Rejuvenation Outcome Evaluation), in English, is a simple application tool, with objective questions with a good application for this purpose. The questionnaire has already been tested for its reliability, validity, and responsiveness.
Methods: Translation and cultural adaptation to the Portuguese language was carried out, according to the methodology proposed by Beaton et al. (2000), in which there are five stages: stage 1 - translation using two native Portuguese-speaking translators; stage 2 - making a synthesis version; stage 3 - reverse translation by two native Englishspeaking translators; stage 4 - review by an evaluation committee; and, stage 5 - application to a population of 20 people.
Results: The questionnaire was successfully translated and adapted, without problems of understanding for the final population.
Conclusion: Considering the applied methodology, we conclude that the SROE questionnaire's translation is suitable for use in Brazilian Portuguese.

Keywords: Rejuvenation; Surveys and questionnaires; Skin; Translational medical research; Outcome assessment (health care).

 

RESUMO

Introdução: O emprego de questionários de qualidade de vida (QV) tem se mostrado muito útil no sentido de dar maior objetividade à avaliação de resultados de tratamentos. A internacionalização desses instrumentos, por sua vez, permite a comparação interpopulacional, mas requer uma metodologia específica, a fim de não causar distorções devido a falhas na tradução ou a diferenças culturais. O questionário SROE (Skin Rejuvenation Outcome Evaluation), de língua inglesa, é uma ferramenta de simples aplicação, com perguntas objetivas com boa aplicação para esse fim. O questionário já foi testado em relação à sua confiabilidade, validade e capacidade de resposta.
Métodos: Realizada tradução e adaptação cultural para a língua portuguesa, segundo a metodologia proposta por Beaton et al. (2000), na qual existem 5 estágios: estágio 1 - tradução por meio de dois tradutores nativos de língua portuguesa; estágio 2 - confecção de versão de síntese; estágio 3 - tradução reversa por dois tradutores nativos de língua inglesa; estágio 4 - revisão por um comitê avaliador; e, estágio 5 - aplicação a uma população de 20 pessoas.
Resultados: O questionário foi traduzido e adaptado com sucesso, sem problemas de compreensão para a população final.
Conclusão: Considerando a metodologia aplicada, concluímos que a tradução do questionário SROE é adequada para utilização em língua portuguesa do Brasil.

Palavras-chave: Rejuvenescimento; Inquéritos e questionários; Pele; Pesquisa médica translacional; Avaliação de processos e resultados (cuidados de saúde)

 

Correlation between facial lipofilling and hyaluronic acid filling languages

Eduardo Antonio Torres Furlani; Diego Bomfim Saboia; Maria Laura Miranda da Costa; Maria Vitória de Araújo Bezerra
Rev. Bras. Cir. Plást. 2022;37(3):283-290 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: As has been demonstrated, volume loss is a primary cause of aging appearance. So, the demand for filling materials that are safe, long-lasting, and biocompatible has grown, increasing the emphasis on lipografting. However, some issues regarding standardization are still unclear, like areas to be injected and volumes. So, the main objective is to analyze the results of a case series and systematize the filler volumes to be used and correlate the language used in facial lipografting with that used in MD Codes®.
Methods: Review the medical records of those who underwent facial fat grafting. Selection of donor area was proceeded based on convenience criteria, which assesses the ease of positioning, the abundance of material, and the patient's body contour. Harvesting was by manual aspiration. Preparation was done by Colemans' technique. Application areas: To draw a parallel between the knowledge acquired with facial lipografting and the fillings using synthetic material, the nomenclature used in MD Codes® was used.
Results: 54 facial lipografting were included (11% men / 88.88% women). The average age is 43.94 years (20 to 71, standard deviation 11.21). Follow-up average time was 155.61 days (range 7-543, standard deviation 156.05). There were no complications related to the method. The mean volume injected was 29.83ml (range 6-53.9, standard deviation 12.07).
Conclusion: Autologous lipografting is a feasible procedure for certain cases of facial rejuvenation. The MD Codes® language can be used in parallel with the anatomical description of the injected regions in this study.

Keywords: Face; Hyaluronic acid; Dermal fillers; fat; Reconstructive surgical procedures.

 

RESUMO

Introdução: A perda de volume é a principal causa da aparência de envelhecimento. Assim, a demanda por materiais de preenchimento que sejam seguros, duradouros e biocompatíveis tem crescido, com ênfase na lipoenxertia. Porém, algumas questões relativas à padronização ainda não estão claras, como áreas a serem injetadas e volumes. Assim, busca-se analisar os resultados de uma série de casos e sistematizar os volumes de preenchimento a serem utilizados, bem como correlacionar a linguagem usada na lipoenxertia facial com a do MD Codes®.
Métodos: Revisão dos prontuários de pacientes que realizaram lipoenxertia facial. A seleção da área doadora foi procedida com base em critérios de conveniência, como facilidade de posicionamento, abundância de material e o contorno corporal do paciente. A colheita foi por aspiração manual. A preparação foi feita pela técnica de Coleman. Áreas de aplicação: para traçar um paralelo entre os conhecimentos adquiridos com a lipoenxertia facial e o preenchimento com material sintético, foi utilizada a nomenclatura utilizada nos MD Codes®.
Resultados: Foram incluídos 54 lipoenxertos faciais (11% homens / 88,88% mulheres). Idade média de 43,94 anos (20 a 71, desvio padrão 11,21). O tempo médio de acompanhamento foi 155,61 dias (variação de 7-543, desvio padrão 156,05). Não houve complicações relacionadas ao método. O volume médio injetado foi de 29,83ml (intervalo 6-53,9, desvio padrão 12,07).
Conclusão: A lipoenxertia autóloga é um procedimento factível para alguns casos de rejuvenescimento facial. A linguagem MD Codes® pode ser usada em paralelo com a descrição anatômica das regiões injetadas neste estudo.

Palavras-chave: Face; Ácido hialurônico; Preenchedores dérmicos; Gorduras; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos

 

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license