ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Impresso: 1983-5175

Mostrando de 1 até 7 de 7 resultado(s)

Busca por : Djalma José Fagundes

Existe efeito protetor da oxigenação hiperbárica em retalhos cutâneos randômicos? Um estudo imuno-histoquímico de apoptose celular e fator de crescimento vascular endotelial

Fernando Passos da Rocha; Djalma José Fagundes; Jefferson André Pires; Fernanda Salim Testa da Rocha
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):183-190 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: A oxigenação hiperbárica (OHB) tem por objetivo aumentar em pelo menos 10 vezes a pressão tecidual de oxigênio, diminuindo os efeitos deletérios da isquemia. O objetivo deste estudo é investigar o papel da oxigenação hiperbárica na expressão imuno-histoquímica da caspase 3 e do fator de crescimento endotelial vascular (VEGF) em retalhos randômicos em ratos. MÉTODO: Trinta e dois ratos Wistar machos foram divididos aleatoriamente em quatro grupos: grupo sham (GS), grupo N-acetilcisteína (GNAC), grupo OHB (GOHB) e grupo OHB + N-acetilcisteína (GHN). Um retalho de pele retangular (2 cm x 8 cm) foi dissecado a partir da camada muscular dorsal, preservando um pedículo cranial. Uma lâmina de polietileno foi colocada sobre a camada muscular e fixou-se o retalho no local original. No 8º dia, foram coletadas biópsias (2 cm x 1 cm) de espessura total das áreas proximal, média e cranial e de um local fora do retalho, que serviu como área de controle. RESULTADOS: A expressão de VEGF nas camadas da pele e nos vasos não apresentou diferenças significativas entre os grupos. As células apoptóticas estavam significativamente aumentadas na área central do retalho em todos os grupos. O maior aumento ocorreu nos grupos GS e GNAC. A OHB diminuiu significativamente o número de células caspase 3 positivas nas camadas da pele e nos vasos das três áreas. CONCLUSÕES: A OHB foi associada a expressão reduzida de apoptose. A expressão de VEGF em camadas da pele e vasos não demonstrou diferença significativa. Os resultados sugerem que a difusão do oxigênio através do espaço intersticial foi o fator determinante para os resultados mais favoráveis da OHB na diminuição da expressão de apoptose.

Palavras-chave: Oxigenação hiperbárica. Caspase 3. Fatores de crescimento endotelial. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Hyperbaric oxygenation (HBO) therapy aims to increase oxygen tissue pressure by at least 10 times and decrease the adverse effects of ischemia. The aim of this study was to investigate the effect of HBO on the immunohistochemical expressions of caspase 3 and vascular endothelial growth factor (VEGF) in random flaps in rats. METHODS: Thirty-two male Wistar rats were randomly divided into 4 groups: the sham group (GS), the N-acetylcysteine group (GNAC), the HBO group, and the HBO + N-acetylcysteine group. A rectangular skin flap (2 × 8 cm) was dissected from the dorsal muscle layer, and a cranial pedicle was preserved. A polyethylene film was placed on the muscle layer, and the flap was fixed in the original site. On the eighth day, biopsy samples (2 × 1 cm) of the entire thickness of the proximal, medial, and cranial areas as well as of the site outside the flap, which was used as a control, were collected. RESULTS: VEGF expression in the skin layers and vessels was not significantly different between the groups. The number of apoptotic cells was significantly increased in the area of the flap in all groups. The highest increase was noted in the GS and GNAC groups. HBO significantly reduced the number of caspase 3-positive cells in the skin layers and vessels of the 3 areas. CONCLUSIONS: HBO was associated with decreased apoptosis. VEGF expression in the skin layers and vessels did not differ significantly. The results suggest that oxygen diffusion through the interstitial space was the determining factor for the positive effect of HBO on the decrease in apoptosis.

Keywords: Hyperbaric oxygenation. Caspase 3. Endothelial growth factors. Surgical flaps.

 

Efeito da oxigenação hiperbárica e da N-acetilcisteína na viabilidade de retalhos cutâneos em ratos

Fernando Passos da Rocha; Djalma José Fagundes; Jefferson André Pires; Fernanda Salim Testa da Rocha
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(4):555-560 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

INTRODUÇÃO: Os avanços das técnicas em cirurgia plástica permitiram a reconstrução de extensos defeitos causados por ferimentos, entre as quais destaca-se a utilização dos retalhos randômicos. No entanto, o fator limitante para a utilização desses retalhos é a imprevisibilidade de sua vascularização distal, o que poderá ocasionar danos irreversíveis à microcirculação, resultando em necrose parcial ou completa do retalho, tornando a ferida mais suscetível a infecção. Portanto, melhorar a viabilidade do retalho randômico, principalmente em sua extremidade distal, tem sido uma meta importante para o sucesso dessa técnica. O objetivo deste estudo foi investigar o papel da oxigenação hiperbárica (OHB), da N-acetilcisteína (NAC) e da associação de ambas (OHB + NAC) na área de necrose em retalhos randômicos modificados de McFarlane em pele de ratos Wistar. MÉTODO: No total, 32 ratos Wistar machos foram divididos aleatoriamente em grupo Sham (GS, n = 8), grupo N-acetilcisteína (GNAC, n = 8), grupo oxigênio hiperbárico (GOHB, n = 8) e grupo oxigênio hiperbárico + N-acetilcisteína (GHN, n = 8). Sob anestesia geral, foi executado um retalho randômico modificado de McFarlane na região dorsal dos ratos. RESULTADOS: A necrose média foi de 18,3%, 24,3%, 12,6% e 14,9%, respectivamente, nos grupos GS, GNAC, GOHB e GHN. Os grupos GOHB e GHN apresentaram diferença significativa quando comparados ao grupo GNAC. CONCLUSÕES: A OHB está associada a redução da área de necrose do retalho cutâneo. A NAC foi associada a maus resultados quando usada isoladamente. A associação dos dois procedimentos, OHB e NAC, não potencializou os resultados favoráveis observados com o uso da OHB isoladamente. As descobertas sugerem que a difusão de oxigênio através do espaço intersticial foi o fator determinante de resultados mais favoráveis da OHB.

Palavras-chave: Oxigenação hiperbárica. N-acetilcisteína. Retalhos cirúrgicos.

 

ABSTRACT

BACKGROUND: Advances in plastic surgery techniques have enabled reconstruction of extensive wound damage, especially through the use of random flaps. However, the limiting factor for the use of these flaps is the unpredictable blood supply, which may produce irreversible damage to the microcirculation and result in partial or complete flap necrosis, making the wound more susceptible to infection. Therefore, improvement of random flaps, especially in the distal extremity, has been an essential goal for the success of this technique. The objective of this study was to investigate the effects of hyperbaric oxygenation (HBO), N-acetylcysteine (NAC), and the combination of both (HBO + NAC) on the degree of necrosis in modified McFarlane random skin flaps on Wistar rats. METHODS: A total of 32 male Wistar rats were randomly divided into a sham treatment group (SG, n = 8), N-acetylcysteine group (NACG, n = 8), hyperbaric oxygenation group (HBOG, n = 8), and hyperbaric oxygenation plus N-acetylcysteine group (HNG, n = 8). Modified McFarlane random flaps were created in the dorsal region of the rats. RESULTS: The average area of the flaps exhibiting necrosis was 18.3%, 24.3%, 12.6%, and 14.9%, in the SG, NACG, HBOG, and HNG, respectively. The necrotic areas in the HBOG and HNG were significantly smaller than that in the NACG. CONCLUSIONS: HBO treatment was associated with a reduction in the area of necrosis in the skin flaps. NAC treatment alone gave poor results. The use of HBO and NAC in combination did not improve the outcome compared with the use of HBO alone. The findings suggest that oxygen diffusion through the interstitial space was the factor responsible for the favorable results of HBO.

Keywords: Hyperbaric oxygenation. N-acetylcysteine. Surgical flaps.

 

Mastopexia Periareolar com Implante Mamário Subfascial no Tratamento da Associação de Hipotrofia e Ptose Mamária

Marcio Moreira, Luana Casari da Silva, Djalma José Fagundes
Rev. Bras. Cir. Plást. 2006;21(3):149-154 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Realizaram-se 82 cirurgias de Mastopexia Periareolar (MP) combinadas com implante mamário no plano subfascial para corrigir hipotrofia mamária associada à ptose graus I e II. Marca-se a pele a ser retirada ao redor da aréola, delimitando-se área de ressecção cutânea de forma ovalada; desepiteliza-se e incisa-se abaixo ou acima da aréola, de acordo com o grau da ptose; descola-se no plano subfascial e introduz-se o implante McGhan® de perfil alto; sutura-se de forma circum-areolar com poliamida 3.0; sutura-se a pele com fio poliamida 6.0. Operaram-se outras 40 pacientes (grupo controle), com as mesmas alterações, utilizando técnica convencional (TC), cicatriz vertical ou em "L". Houve flacidez residual em 2,4%, em ambos os grupos; alterações cicatriciais: 1,2%, no MP e 20%, no TC; assimetria do CAM: 1,2%, no MP e 20%, no TC; hematoma: 1,2%, em ambos os grupos; seroma: 1,2%, no MP e 2,5%, no TC; contratura capsular: 1,2%, no MP e 2,5%, no TC. Grande desconforto pós-operatório relatado em 7,3%, no MP, e em 30%, no TC; moderado em 36,5%, no MP e 40%, no TC; pequeno em 56,2%, no MP e em 30%, no TC. A aparência das mamas foi considerada natural em 92,3% e o resultado excelente no MP e em 50% dos casos no TC. Principais vantagens: correção adequada da flacidez, pequena cicatriz circunscrita à área periareolar, redução do período pós-operatório e do desconforto relacionado a uma maior incisão na pele, contorno mamário mais natural devido ao revestimento do bordo do implante conferido pela cobertura fascial.

Palavras-chave: Mama, cirurgia. Mamoplastia. Implante mamário

 

ABSTRACT

Eighty-two (82) Periareolar Mastopexy (PM) surgery combined with subfascial implant location were performed to correct hypotrophy with ptosis grades I and II. The skin to be removed around the areola, with a oval shape, is marked, de-epithelized and an infra or supra-areolar incision, is made in the mammary tissue, according to the degree of ptosis. Subfascial undermining and introduction of McGhan® high profile implant. Circum areola subdermic 3.0 nylon suture and closing the skin with 4.0 nylon. Other 40 patients (control group), with same disturbs, were submited to conventional mastopexy (CM). There were residual sagging in 2.4%, in the boths groups. Hypertrophyc scar was 1.2%, in PM and 20%, in CM. Nipple-areolar complex asymmetry was 1.2%, in PM and 20%, in CM. Hematoma occurred in 1.2%, in both groups. Seroma occurred in 1.2%, in PM and in 2.5%, in CM. Capsular contraction occurred in 1.2%, in PM and 2.5%, in CM. Great post-operational discomfort was reported in 7.3%, in PM and in 30%, in CM. Moderate in 36.5%, in PM and 40%, in CM. Small in 56.2%, in PM and in 30%, in CM. The final appearance was considered natural in 92.3%, in PM and in 50%, in CM. The main advantages were the suitable correction of sagging, absence of apparent scars, shortened post-operative recovery and the less discomfort related to a major incision in the skin. The shape was much more natural due to the adequate hiding of the borders of the implant provided by the fascial covering.

Keywords: Breast, surgery. Mammaplasty. Breast implantation

 

A papaína reduz a formação de cápsula fibrosa ao redor de implantes de silicone texturizados em ratos

Marcio Moreira; Djalma José Fagundes; Manuel de Jesus Simões; Mônica Cristina Baiardi Mizoguti de Oliveira; Ruth Maria Graf; Amanda Castilho Moreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):317-321 - Artigo Original

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Objetivo: Estudar o reparo tecidual ao redor dos implantes mamários texturizados sob a ação local de papaína (PA). Método: Foram avaliados 36 ratos Wistar, distribuídos aleatoriamente em dois grupos (n = 18): papaína (PA) e controle (CT). Cada grupo foi distribuído igualmente em 3 subgrupos (n = 6) e observados nos períodos de 7, 35 e 90 dias pós-operatório. Cada animal recebeu um implante texturizado na região dorso-axilar à esquerda (sham - SH), sem papaína, onde se instilou previamente 0,5 mL de solução salina 0,9%; e outro implante também texturizado à direita, onde se instilou 0,5 mL de solução hidrossolúvel contendo papaína. Os animais do grupo controle (CT) receberam apenas inclusão de um implante texturizado na região dorso-axilar esquerda com instilação prévia de 0,5 mL de solução salina 0,9%. A análise histológica, nos 3 subgrupos, foi realizada utilizando-se a coloração de picrosirius red e um sistema analisador de imagens com o programa Image Pro Plus® para verificação da espessura e da densidade de fibras colágenas da cápsula. Resultados: No grupo papaína (PA), observou-se, aos 35 e 90 dias, diminuição significativa da espessura da cápsula fibrosa ao redor do implante, da densidade de fibras colágenas e da quantidade de miofibroblastos em comparação ao grupo controle (CT). Conclusão: A papaína diminuiu a formação da cápsula fibrosa ao redor dos implantes de silicone texturizado em ratos.

Palavras-chave: Implante mamário. Inflamação. Contratura/prevenção & controle. Papaína.

 

ABSTRACT

Objective: To study the tissue repair around the textured mammary implants under the action of papain (PA). Methods: Thirty-six Wistar rats were evaluated and randomly distributed into two groups (n = 18): papain (PA) and control (CT). Each group was equally distributed into 3 subgroups (n = 6) and observed on 7th, 35th and 90th pos-operative days. Each animal received a textured implant in the left dorso-axillary region (sham - SH), on were instilled 0.5 mL saline solution 0.9%, and another textured implant on the right dorso-axillary region (papain - PA), on were instilled 0.5 mL of water-soluble solution of papain. The control group (CT) received only textured implant in the left dorso-axillary region with prior instillation of 0.5 mL of saline solution 0.9%. The histological analysis of the 3 subgroups was carried out using picrosirius-red stain and an image analyzing system using the Image Pro PlusTM program to evaluate the thickness and maturation and deposition of collagen fibers. Results: At 35th and 90th days, the papain group (PA) presented reduction on the fibrous capsule thickness around the implant, in the number of collagen fibers and myofibroblasts, comparing to the control group (CT). Conclusion: The papain drug decreased the fibrous capsule formation around the textured silicon implants in rats.

Keywords: Breast implantation. Inflammation. Contracture/prevention & control. Papain.

 

Síndrome inapropriada do hormônio antidiurético (SIADH) pós-abdominoplastia

Fernando Passos da Rocha, Marcelo Wilson Rocha Almeida, Djalma José Fagundes, Henri Chaplin Rivoire, Fabrício Valandro Rech
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(1):117-118 - Relatos de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Este é um caso de síndrome inapropriada do hormônio antidiurético (SIADH) em uma mulher, 39 anos, hígida, sem comorbidades importantes, submetida a abdominoplastia sem lipoaspiração associada, que desenvolveu, 30 horas após a cirurgia, hiponatremia aguda (sódio 114,9 mEq/L-1), com importantes manifestações neurológicas. O difícil diagnóstico precoce desta situação clínica grave, em pacientes saudáveis, pode causar importantes sequelas neurológicas e até mesmo o óbito. O diagnóstico precoce e a instituição de tratamento de reposição corretos são a chave para evitar lesões cerebrais irreversíveis.

Palavras-chave: Hiponatremia. Desequilíbrio hidro-eletrolítico. Síndrome de secreção inadequada de HAD. Cirurgia plástica/efeitos adversos.

 

ABSTRACT

This is a case of syndrome of inappropriate anti-diuretic hormone (SIADH) in a healthy woman, 39 years old without comorbites, with developed postoperative acute hyponatremia (sodium 114 mEq/L-1) after abdominoplasty without liposuction with important neurologic manifestations. The initial diagnosis of this syndrome in normal patients could avoid permanent neurologic damage. The early recognition and correct treatment are vital to avoid a poor cerebral outcome.

Keywords: Hyponatremia. Water-electrolyte imbalance. Inappropriate ADH syndrome. Postoperative complications. Surgery, plastic/adverse effects.

 

Apresentação aguda da doença de Mondor em pós-operatório de mamoplastia de aumento com implantes de silicone

Fernando Passos da Rocha; Jefferson André Pires; Tiago Falcão Cunha; Djalma José Fagundes; Fernanda Salim Testa da Rocha
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(4):658-660 - Relato de Caso

PDF Português PDF Inglês

RESUMO

Há 50 anos, no Jefferson Davis Hospital, em Houston (EUA), realizou-se a primeira cirurgia de mamoplastia de aumento com implantes de silicone. Atualmente, o avanço da tecnologia médica disponibilizou no mercado implantes de diversas formas e texturas, assim como permitiu o desenvolvimento de inúmeras técnicas para a realização desta cirurgia. Este procedimento cirúrgico pode apresentar algumas complicações locais imediatas e tardias no pós-operatório. Por se tratar de um implante constituído de material biocompatível ao organismo, mesmo com 50 anos de evolução, deve-se sempre estudar e, se possível, relatar as possíveis complicações que possam ocorrer. O objetivo deste artigo é revisar as complicações mais frequentes que ocorrem no pós-operatório das mamoplastias de aumento com implante de silicone, bem como relatar o caso de uma complicação atípica, doença de Mondor, no pós-operatório desta cirurgia.

Palavras-chave: Mamoplastia; Implante mamário; Anormalidades cutâneas.

 

ABSTRACT

The first breast augmentation surgery with silicone implants was performed at the Jefferson Davis Hospital in Houston (USA) about 50 years ago. Recent advances in medical technology have made implants of various shapes and textures commercially available and led to the development of numerous techniques for performing this surgery. However, this surgical procedure may have some immediate and long-term local complications . Since the implant is made of biocompatible material , it is important to investigate and report complications that occur despite the 50 years of research. The purpose of this study was to review the most frequent complications occurring after breast augmentation surgery with silicone implants and to report a case of an unusual complication, Mondor's disease.

Keywords: Mammoplasty; Breast implant; Skin abnormalities.

 

Reconstrução de lábio inferior pós-mordedura equina: descrição de técnica e revisão anatômica

Fernando Passos da Rocha; Marcelo Wilson Rocha Almeida; Djalma José Fagundes; Thiago Vial Costa; Jefferson André Pires
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(4):719-722 - Relatos de Caso

PDF Português

RESUMO

Introdução: A cirurgia reconstrutiva do lábio, seja superior ou inferior, possibilita sua reconstrução por meio de uma variedade de técnicas cirúrgicas. Nessas reconstruções, é importante avaliar as características do tecido (cor da pele, textura), o qual sempre que possível deve ser utilizado próximo ao local da lesão, para fornecer o melhor resultado estético e funcional possível. Relato do Caso: O presente trabalho tem como objetivo descrever a técnica de Bernard-Burow para reconstrução de lábio inferior, e revisar a anatomia do terço inferior da face, por meio do relato de caso de um paciente que foi mordido por um cavalo e teve avulsão de lábio inferior e porção mentoneana e submentoneana da face.

Palavras-chave: Lábio/cirurgia. Lábio/lesões. Mordeduras e picadas. Traumatismos faciais. Ferimentos e lesões.

 

ABSTRACT

Background: The reconstructive surgery of the lip, upper or lower, presents a variety of techniques and procedures. In reconstructive surgery of lip is important to evaluate the characteristics of tissue (skin color, texture), which wherever possible should be used near the site of injury to provide the least morbidity and best tissues in colors and texture. Case Report: This article aims to describe the Bernard-Burow technique for reconstruction of lower lip, and review the anatomy of the lower third of the face, through the case report of a patient who was bitten by a horse and had avulsion of lower lip and mentoniane portion of the face.

Keywords: Lip/surgery. Lip/injuries. Bites and stings. Facial injuries. Wounds and injuries.

 

Patrocinadores

Indexadores

Licença Creative Commons Todos os artigos científicos publicados em http://www.rbcp.org.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons