ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 2 from 2 result(s)

Search for : Julio Hochberg

Health Risks of Ultraviolet Radiation

Patricia Pretto Juchem, Julio Hochberg, Abraão Winogron, Marcos Ardenghy, Robert English
Rev. Bras. Cir. Plást. 1998;13(2):31-60 - Articles

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Ultraviolet radiation in sunlight is critical for vitamin D synthesis in the skin and other physiological aspects of our lives. However, it produces a variety of pathologic effects, including sunburn, pigmentary change, immunologic alterations, and neoplasia. A constellation of structural alterations of the epidermis, the dermal-epidermal junction, and the dermis is uniquely characteristic of photo-damage. It has its influences in plastic surgery, such as photoaging, facial peeling, hyperpigmentation of scars. As we know, the only protection from atmosphere we have is being destroyed everyday by man and his evolution, and that is why the exposure to ultraviolet radiation without appropriate protective measures can be very damaging to our skin and health. UVR induced changes can be minimized or prevented by the use of proper clothing, appropriate application of physical and/or chemical sunscreens, behavior modification, and awareness of photosensitizing medications. The goal of this review article is to understand the deleterious effects of sun exposure and how to prevent them, as well as the cultural, economical, and educational changes we'll need to go through in view of the new atmosphere.

Keywords: ultraviolet radiation; skin cancer; photoaging; photoimmunology; plastic surgery; prevention.

 

RESUMO

A radiação ultravioleta da luz solar é crucial para a síntese de vitamina D na pele e em outros aspectos fisiológicos da vida humana. Entretanto, ocasiona uma variedade de efeitos patológicos, como queimaduras, mudanças de pigmentação da pele, alterações imunológicas e neoplasias. Uma série de alterações estruturais na epiderme, na junção dermo-epidérmica e na derme são características singulares e exclusivas do dano solar. Isso corresponde a influências na Cirurgia Plástica, como o envelhecimento causado pelo sol, "peeling" facial e hiperpigmentação de cicatrizes. Como se sabe, nossa única proteção na atmosftra contra os raios ultravioleta está sendo destruída dia a dia pelo homem e sua evolução. Por isso, a exposição à radiação ultravioleta sem meios adequados de proteção pode ser danosa à pele e à saúde. As alterações induzidas pela radiação ultravioleta podem ser atenuadas ou evitadas com o uso de roupas apropriadas, uso adequado de barreiras químicas e/ou físicas, mudanças de hábitos e cautela no uso de medicamentos fotossensibilizantes. O objetivo deste artigo é compreender os efeitos deletérios da exposição à luz solar e como preveni-los, e avaliar as mudanças culturais, econômicas e educacionais a serem implementadas tendo em vista a nova atmosfera.

Palavras-chave: radiação ultravioleta; câncer de pele; fotoenvelhecimento; fotoimunologia; cirurgia plástica; prevenção

 

Single layer closure of hard palate cleft and oronasal fistula

Rama Prosad Mukherjee; Julio Hochberg
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):438-441 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Traditionally, cleft of the hard palate is repaired in two layers, with a nasal mucosal layer and an oral mucoperiosteal layer. The aim of this study was to evaluate the results of one layer closure of hard palate cleft compared to the traditional two layers closure. METHODS: The charts of 101 consecutive cases of repair of hard palate cleft performed by the authors from 1981 to 2012 at a tertiary care clinic/hospital in central Wisconsin were reviewed. The cases utilized the single layer closure and were followed in the Cleft Palate Clinic on a yearly basis. Cases included unilateral and bilateral cleft lip and palate as well as isolated cleft palate. RESULTS: All cases healed satisfactorily except for two cases that later required small fistulae repair. CONCLUSION: Single layer closure of the hard palate cleft is as effective as traditional two-layer closure, with minimal complications.

Keywords: Cleft palate; Craniofacial; Hard palate repair; Oronasal fistula.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Tradicionamente, a fissura palatina é corrigida em duas camadas - uma camada mucosa nasal e camada mucoperiosteal oral. Este estudo avaliou os resultados do fechamento em camada única de fissura palatina comparado ao fechamento tradicional em camada dupla. MÉTODOS: Tratase de revisão de pronturários de 101 casos de correção de fissura palatina realizados entre 1981 e 2012 em uma clínica assistencial/hospital terciário localizado no centro de Wisconsin. Os casos utilizaram fechamento em camada única e foram acompanhados em Clínica de Lábio Leporino por 12 meses. Foram incluidas fissura labial e palatina também como fissura palatina isolada. RESULTADOS: Todos os casos apresentaram cicatrização satisfatória exceto dois casos que necessitaram de correção posterior de pequena fistula. CONCLUSÃO: O fechamento em camada única de fissura palatina é tão efetivo quanto o fechamento tradicional em camada dupla, além disso apresenta mínimas complicações.

Palavras-chave: Fissura palatine; Craniofacila; Correção de Palato Duro; Fístula Oronasal.

 

Support

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license