ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 20 from 293 result(s)

Search for : Dispositivos de expansão de tecido; Expansão de tecido; Desenvolvimento industrial; Procedimentos cirúrgicos ambulatoriais; Mamoplastia

Histological and wall thickness assessment of organic capsules formed around smooth and textured tissue expanders in humans

João Medeiros Tavares Filho; Tulia Cuzzi; Diogo Franco; Ivan Demolirani; Talita Franco
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):179-184 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: The search for an expander that can achieve tissue expansion, with minimum tissue damage, more distensible and thinner flaps, and fewer clinical side effects during the expansion process, has led to the testing of expanders with different surfaces textures (e.g., smooth vs. textured). The individual advantages of smooth and rough expanders are currently not known. This question has motivated research on capsules to determine which type of expander is best. METHODS: We conducted a double-blind, prospective study with no exclusion criteria on 38 patients already undergoing tissue expansion at Plastic Surgery Department at the Universidade Federal do Rio de Janeiro (University Hospital of the Federal University of Rio de Janeiro). At the end of the expansion process, samples were collected from the edge, base, and dome of capsules formed around 28 smooth and 14 textured expanders. Differences in capsule wall thickness and histology were examined. RESULTS: There was no difference in the clinical appearance, expansion time, or insertion planes between the two types of expanders. Additionally, no significant differences in histological characteristics were observed between the types of expander surfaces. In statistical analyses, no correlation between capsule wall thickness and expansion time or between the maximum and minimum wall thickness were observed. CONCLUSIONS: Therefore, we conclude that the two types of tissue expander surfaces are equivalent.

Keywords: Tissue expansion/methods. Tissue expansion/instrumentation. Tissue expansion devices.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A busca por um produto que realize expansão tecidual com dano mínimo aos tecidos envolvidos, retalhos mais distensíveis e de menor espessura, e menos sintomas clínicos durante o processo de expansão tem levado as empresas a fabricar expansores com diferentes superfícies (lisa ou texturizada). A literatura é bastante controversa em relação às vantagens da utilização de um ou outro tipo. Esses aspectos motivaram os autores a pesquisar eventuais diferenças capsulares que pudessem justificar a escolha clínica. MÉTODO: Foi realizado um estudo cego, prospectivo, sem critérios de exclusão, em 38 pacientes submetidos a expansão tecidual no Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro, RJ, Brasil). Ao final do processo de expansão, foram coletados fragmentos da periferia, da base e da cúpula das cápsulas de 28 expansores de superfície lisa e de 14 de superfície texturizada, para estudo da espessura e de possíveis diferenças histológicas. RESULTADOS: Não houve diferenças entre os dois tipos de expansor quanto aos aspectos clínicos, ao tempo efetivo de expansão e aos planos de inclusão. Na avaliação dos parâmetros histológicos, não foram observados valores significativamente diferentes segundo a superfície do expansor. Não houve correlação entre espessura e tempo de permanência, e a diferença entre as espessuras máxima e mínima foi considerada igual para os dois tipos de superfície. CONCLUSÕES: Não há diferenças significativas do ponto de vista histológico, nem razões clínicas, que indiquem vantagens de um ou outro tipo de expansor no processo de expansão tecidual.

Palavras-chave: Expansão de tecido/métodos. Expansão de tecido/instrumentação. Dispositivos para expansão de tecidos.

 

Auto skin expansion in delayed breast reconstruction using flaps without expander: a new concept

Abboud Marwan; Dibo Saad
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):156-162 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: The purpose of this study was to share the authors 10 year experience with a new concept in autologous delayed breast reconstruction using deepithelialized pedicled flaps in order to achieve tissue expansion without the use of allogenic expanders. METHODS: A retrospective analysis of all the patients who underwent deepithelialized thoracodorsal flap (a combination of a musculocutaneous LD with a thoracic fasciocutaneous extension), deepithelialized latissimus dorsi flap or deepithelialized TRAM flap reconstruction between 1999 and 2009 was performed. All the flaps were buried under the mastectomy skin and no skin paddles were used in any of the cases. RESULTS: A total of 208 patients including 137 thoracodorsal, 60 TRAM and 11 deepithelialized Latissimus dorsi flaps were performed by the senior surgeon. The average operative time was 90 minutes, 120 minutes and 140 minutes for the deepithelialized Latissimus dorsi, thoracodorsal and TRAM flaps respectively. The mean follow-up period was 4 years, ranging from 1 to 10 years. Although no complete flap loss was reported, fat necrosis was found in 12 % of TRAM flaps. Tissue expansion without the need of allogenic expanders or implants was achieved in all the patients; expansion under the non irradiated breast occurred over the 3 months following reconstruction, where as that under irradiated breasts occurred gradually over the 5 months following reconstruction. The average breast size obtained was cup C. Secondary procedures included lipofilling (20%), contralateral breast remodeling was done in 93% of the cases. CONCLUSION: In selected cases, tissue expansion of mastectomy skin can be solely achieved by autologous tissue without the need to skin expanders. This method provides a new concept in autologous breast reconstruction circumventing the use of prosthetic material.

Keywords: Latissimus dorsi flap; Breast reconstruction; Transplantation autologous; Tissue expansion.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O objetivo deste estudo foi de compartilhar experiência de 10 anos com um novo conceito para reconstrução mamária autóloga utilizando retalhos desepitelizados pediculados para obter expansão de tecido sem o uso de expansores alogênicos. METÓDOS: Estudo retrospectivo de pacientes submetidos a reconstrução com retalho toracodorsal desepitelizado (uma combinação de musculocutâneo de latíssimo do dorso com extensão facio cutânea torácica), retalho latíssimo do dorso desepitelizado ou retalho TRAM desepitelizado. Todos os retalhos foram acomodados sob a pele onde foi realizada a mastectomia, não foram utilizadas placas de pele em nenhum dos casos. RESULTADOS: O total de 208 pacientes incluindo 137 retalhos toracodorsal, 60 retalhos TRAM e 11 retalhos latíssimo do dorso desepitelizado foram utilizados pelo cirurgião sênior. O tempo médio da cirurgia foi de 90 minutos, 120 minutos e 140 minutos para retalhos latíssimo do dorso desepitelizados, toracodorsal, e TRAM, respectivamente. A média de seguimento foi de 4 anos, variando de 1 a 10 anos. Apesar de perda completo de retalho não ter sido relatada, a necrose gordurosa foi encontrado em 12% dos retalhos de TRAM. A expansão de tecido sem a necessidade de expansor alôgenico ou implantes foi obtido em todos os pacientes; a expansão sob a mama não irradiada ocorreu em 3 meses seguido da reconstrução, enquanto a expansão sob a mama irradiada ocorreu gradualmente ao longo de 5 meses após a reconstrução. A média do tamanho da mama obtida foi o molde C. Secundário aos procedimentos incluindo a lipofilling (20%), a remodelagem da mama contralateral foi necessária em 93% dos casos. CONCLUSÃO: Nos casos selecionados, a expansão do tecido da pele onde foi realizada mastectomia pode ser obtida somente com uso de tecido autólogo sem a necessidade de expansores de pele. O método disponibiliza um novo conceito em reconstrução de mama autóloga evitando assim o uso de material prostético.

Palavras-chave: Retalho latíssimo do dorso; Mamoplastia; Transplante autólogo; Expansão de tecido.

 

Simplified planning and marking of mastopexy and reduction mammoplasty: the circumvertical "Matryoshka" pattern

Bishara Atiyeh; Romeu Fadul; Natasha Habr; Fadl Chahine
Rev. Bras. Cir. Plást. 2021;36(4):407-416 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Like most other aesthetic procedures, particularly in paired organs for which symmetry is critical, the successful outcome of mastopexy and reduction mammoplasty is greatly determined by pre-operative planning. By carefully considering the design of the skin resection and choosing and designing an appropriate pedicle, prevention of skin necrosis, unsightly scars, and shape distortion can be minimized.
Methods: We present an original skin marking technique that combines the advantages of using a Wise template as the basis for skin marking with those of the vertical mammoplasty pattern together with a limited circumareolar skin excision to shorten the subareolar vertical scar.
Results: The circumvertical skin marking design we propose mimics a Russian doll silhouette, the “Matryoshka.”
Conclusion: Incorporating a geometrically based and measurable pre-operative marking certainly offers a great degree of control and consistency.

Keywords: Breast; Ambulatory surgical procedures; Mammoplasty; Cosmetic techniques; Elective surgical procedures.

 

RESUMO

Introdução: Como a maioria dos outros procedimentos estéticos, particularmente em órgãos pareados para os quais a simetria é crítica, o resultado bem-sucedido da mastopexia e mamoplastia redutora é amplamente determinado pelo planejamento pré-operatório. Ao considerar cuidadosamente o desenho da ressecção da pele e escolher e desenhar um pedículo apropriado, a necrose da pele, cicatrizes inestéticas e distorção da forma podem ser minimizadas.
Métodos: Apresentamos uma técnica original de marcação de pele que combina as vantagens do uso de um template Wise como base para marcação de pele com aquelas do padrão de mamoplastia vertical junto com uma excisão periareolar limitada de pele para encurtar a cicatriz vertical subareolar.
Resultados: O design de marcação circunvertical da pele que propomos imita a silhueta de uma boneca russa, a “Matryoshka”.
Conclusão: Incorporar uma marcação pré-operatória mensurável e com base geométrica certamente oferece um grande grau de controle e consistência.

Palavras-chave: Mama; Procedimentos cirúrgicos ambulatoriais; Mamoplastia; Técnicas cosméticas; Procedimentos cirúrgicos eletivos.

 

Use of tissue expanders in head and neck reconstructive surgical procedures

André Paulo Nemetz, Teresa Cristina Dalla Costa, Marcos Antônio Nemetz, Leonardo Fernandes de Souza Aguiar, Pedro de Abreu Trauczinsky, Rodrigo Araldi Nery
Rev. Bras. Cir. Plást. 2007;22(4):219-227 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: One of the greatest challenges in the treatment of scars and defects in the head and neck region occurs in reconstruction in this area. Various techniques and different modalities of reconstructive surgical procedures have been used. The intention of this work is to contribute to the consolidation of the use of tissue expanders as one more viable alternative for selected cases. Objective: To present and evaluate the results of the use of tissue expanders in the reconstruction of defects located in the head and/or neck. Method: A descriptive, retrospective and analytical study was made from a serie of cases. The medical records of ten patients, all with defects in the head and/or neck were analyzed for the period from February 1998 to July 2006. Results: Fifteen surgeries were performed on the ten patients selected, with a total of twenty-nine expanders placed. Of these, nine patients had a result considered satisfactory. This procedure was ineffective in one case. Conclusion: The use of tissue expanders presents itself as a good alternative for covering regions in the head and neck for selected patients.

Keywords: Tissue expansion. Plastic surgery. Cervicoplasty. Reconstructive surgical procedures

 

RESUMO

Introdução: Um dos grandes desafios no tratamento dos defeitos e cicatrizes da região da cabeça e pescoço é a sua reconstrução. Várias técnicas e modalidades diferentes de cirurgias reparadoras têm sido utilizadas. Este trabalho pretende contribuir para consolidar o uso de expansores teciduais como mais uma alternativa viável para casos selecionados. Objetivo: Apresentar e avaliar os resultados do uso de expansores teciduais na reconstrução de defeitos localizados na região da cabeça e pescoço. Método: Realizou-se um estudo descritivo, retrospectivo e analítico de série de casos. Analisaram-se os prontuários de 10 pacientes portadores de defeitos na região da cabeça e pescoço, no período compreendido entre fevereiro de 1998 a julho de 2006. Resultados: Nos 10 pacientes selecionados, foram realizadas 15 cirurgias com colocação de 29 expansores ao todo. Destes, 9 pacientes tiveram resultado considerado satisfatório. Em 1 caso, esse procedimento mostrou-se ineficaz. Conclusão: A utilização de expansores teciduais se apresenta como uma alternativa eficaz no planejamento de cobertura de lesões na região da cabeça e pescoço, em casos selecionados.

Palavras-chave: Expansão de tecido. Cirurgia plástica. Cervicoplastia. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos

 

Tissue expansion at Hospital de Clínicas-UFPR: our experience

Renato da Silva Freitas; Gilvani Azor de Oliveira e Cruz; Isis Scomação; Isis Juliane Guarezi Nasser; Paula Giordani Colpo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3):407-410 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Background: The shortage of tissue for large defect reconstruction is a challenge for the plastic surgeon. Tissue expansion emerged in this context, and in the last 30 years has become one of the most widely used modalities in reconstructive surgery. Tissue expansion is a very versatile technique that can be performed in patients of all ages for the correction of different pathologies. The most common indications are burn sequelae and giant congenital nevus. The present study describes the indications and use of tissue expanders at the Hospital de Clínicas of Universidade Federal do Paraná. Methods: Patients who underwent tissue expansion for reconstructive surgery between January 2005 and December 2009 were retrospectively reviewed. Results: A total of 24 patients (70.8% female and 29.2% male) were analyzed. Ages ranged from 3 to 46 years old (average, 17.1 years). The most common indication for tissue expansion was the treatment of burn sequelae (62.5%), mainly in the head and neck. Alopecia was the second most prevalent indication (29.2%), followed by scar retraction in the neck (20.8%). Other indications were giant congenital melanocytic nevus (16.7%), Poland's syndrome (8.3%), abdominal scar (8.3%), and amastia (4.2%). Complications developed in 11 patients, and the highest incidence of complications, reported in 8 (72.7%) patients, was among those with burn sequelae as the primary pathology. The complications were infection, rupture, extrusion, wound dehiscence, and displacement of the expander. Conclusions: Tissue expansion is indicated for the treatment of several diseases among which burn sequelae is one of the most common indications.

Keywords: Tissue expansion devices. Tissue expansion. Reconstructive surgical procedures.

 

RESUMO

Introdução: A escassez de tecidos para reconstrução de grandes defeitos é um desafio ao cirurgião plástico. Nesse contexto, surgiu a expansão tecidual, que, nos últimos 30 anos, se tornou uma das modalidades mais utilizadas na cirurgia reparadora. A expansão é uma técnica muito versátil, que pode ser realizada em todas as idades e para correção de diferentes afecções. As principais indicações são sequelas de queimadura e nevo congênito gigante. Este estudo teve como objetivo demonstrar as indicações na utilização dos expansores tissulares e sua evolução em pacientes do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Métodos: Estudo retrospectivo, incluindo pacientes submetidos a expansão tecidual para cirurgia reconstrutora, no período de janeiro 2005 a dezembro 2009. Resultados: Foram analisados 24 pacientes, sendo 70,8% do sexo feminino e 29,2% do sexo masculino. A idade variou entre 3 anos e 46 anos (média de 17,1 anos). A principal indicação de expansão tecidual foi o tratamento de sequelas de queimaduras (62,5%), principalmente na região da cabeça e do pescoço. Alopecia foi a indicação mais prevalente (29,2%), seguida por retração cicatricial em região cervical (20,8%). Outras indicações foram nevo melanocítico congênito gigante (16,7%), síndrome de Poland (8,3%), cicatriz abdominal (8,3%) e amastia (4,2%). Entre os pacientes avaliados, 11 evoluíram com alguma complicação, 8 (72,7%) dos quais tinham como doença primária sequela de queimaduras, demonstrando maior incidência de complicações em relação às outras indicações. As complicações encontradas foram: infecção, ruptura, extrusão, deiscência de sutura e deslocamento do expansor. Conclusões: A expansão tissular é indicada no tratamento de múltiplas doenças e uma das principais indicações continua sendo o tratamento de sequelas de queimaduras.

Palavras-chave: Dispositivos para expansão de tecidos. Expansão de tecido. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Innervation of the nipple-areolar complex after reduction mammaplasty: a histological study

Jairo Zacche de Sá; Otávio Maximino de Lucena Pessoa; Flávio Augusto de Melo Barbosa Arruda; Daniela Mayumi Takano; Juliana Melo Pereira; Amanda Torres Campos; Rafael Anlicoara; José Lamartine de Andrade Aguiar; Amanda Estelita de Oliveira Rodrigues
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(2):202-207 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: The periareolar dermal release maneuver in mammoplasty promotes better mobility of the nipple-areola complex. However, there are doubts on possible nerve damages in this kind of topography. This quantitative analysis compared the nerve branches density from the medial, lateral and caudal side-flow of the nipple-areola complex (NAC). METHODS: This was a prospective study. The study included 26 women who have undergone a mammaplasty reduction using the Pitanguy's classic technique. The dermis fragments collected from the medial, lateral and caudal sides were properly prepared and subjected to a histological study in order to determine the nerve branches density in each studied sides. RESULTS: Of 26 studied patients, 42.3% had a higher nerve branches density in the lateral side; 38.5%, on the medial side and 19.2% on the caudal side. The statistical analysis used to evaluate whether there was a predominance of one side where the dermis has been sectioned showed that the proportion comparison test was not significant (p = 0.304). CONCLUSION: The comparative analysis has shown that there is no preponderance of nerve density in any periareolar dermis side.

Keywords: Mammaplasty; Histology; Anatomy.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A manobra de liberação dérmica periareolar na mamoplastia promove uma melhor mobilidade do complexo mamilo-aréola (NAC). No entanto, existem dúvidas sobre possíveis danos nos nervos neste tipo de topografia. Este estudo objetiva uma análise quantitativa comparando a densidade dos nervos do fluxo lateral medial, lateral e caudal do NAC. MÉTODOS: Trata-se de um estudo prospectivo. O estudo incluiu 26 pacientes do sexo feminino que foram submetidas à mamoplastia redutora pela técnica clássica de Pitanguy. Os fragmentos da derme coletados dos lados medial, lateral e caudal foram devidamente preparados e submetidos a um estudo histológico para determinar a densidade dos nervos em cada um dos lados estudados. RESULTADOS: Dos 26 pacientes estudados, 42,3% apresentaram maior densidade de nervos no lado lateral; 38,5%, do lado medial e 19,2% do lado caudal. A análise estatística utilizada para avaliar se houve predominância de um lado onde a derme foi seccionada demonstrou que o teste de comparação de proporções não foi significativo (p = 0,304). CONCLUSÃO: A análise comparativa mostrou que não há preponderância de densidade de nervos em qualquer lado da derme periareolar.

Palavras-chave: Mamoplastia; Histologia; Anatomia.

 

Evaluation of the use of tissue expander in a university service

Kethelyn Keroline Telinski Rodrigues; Maria Cecilia Closs Ono; Jean Raitz Novais; Isabella Correa de Oliveira; Heloize Callegari Menegazzo; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(3):309-315 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Tissue expansion is an important reconstruction method to solve defects such as burns and giant nevi or breast reconstruction. This article aims to report the experience of the Plastic Surgery Service of the Hospital de Clínicas of the Federal University of Paraná (UFPR) with the use of expanders.
Methods: This is a retrospective, descriptive, and analytical study of patients who underwent tissue expansion for reconstructive surgery at the Hospital de Clínicas da UFPR, from January 2010 to December 2016.
Results: 61 patients and 80 surgeries were analyzed, including re-expansion procedures. Age ranged from 2 to 73 years (mean 31). The majority of patients were female (83.6%), aged over 40 years, undergoing breast reconstruction treatment after radical mastectomy (36%). The complications observed in these patients were: signs of infection (14.7%), suture dehiscence (3.2%), seroma (3.2%), defect in the expander (3.2%), exposure of the expander (3, 2%), necrosis (1.6%) and signs of hypoperfusion (1.6%). Patients undergoing breast reconstruction had the highest number of complications (40.1%). Reexpansion was necessary for 37.7% of patients.
Conclusion: The skin expansion technique is indicated for several pathologies' treatment. The tissue expansion procedure has high complication rates. Knowing the patient's profile, the main types of complications, and the factors associated with these complications can help prevent them.

Keywords: Devices for tissue expansion; Tissue expansion; Mammoplasty; Pigmented nevus; Burns.

 

RESUMO

Introdução: Expansão tecidual é um método de reconstrução importante para a cobertura de defeitos como queimaduras e nevos gigantes ou na reconstrução mamária. Esse artigo tem como objetivo relatar a experiência do Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR) com o uso de expansores.
Métodos: Esse é um estudo retrospectivo, descritivo e analítico dos pacientes que foram submetidos à expansão tecidual para cirurgia reconstrutora no Hospital de Clínicas da UFPR, entre o período de janeiro de 2010 a dezembro de 2016.
Resultados: Foram analisados 61 pacientes e 80 cirurgias, incluindo os procedimentos de reexpansão. A idade variou entre 2 a 73 anos (média 31). A grande maioria dos pacientes pertenceu ao sexo feminino (83,6%), na faixa etária acima de 40 anos, sendo submetidos ao tratamento para reconstrução mamária após mastectomia radical (36%). As complicações observadas nesses pacientes foram: sinais de infecção (14,7%), deiscência da sutura (3,2%), seroma (3,2%), defeito no expansor (3,2%), exposição do expansor (3,2%), necrose (1,6%) e sinais de hipoperfusão (1,6%). Pacientes submetidos à reconstrução mamária tiveram o maior número de complicações (40,1%). A reexpansão foi necessária em 37,7% dos pacientes.
Conclusão: A técnica de expansão de pele é indicada para o tratamento de diversas patologias. O procedimento de expansão tecidual apresenta taxas de complicações altas e o conhecimento do perfil do paciente, dos principais tipos de complicações e dos fatores associados a essas complicações podem auxiliar na sua prevenção.

Palavras-chave: Dispositivos para expansão de tecidos; Expansão de tecido; Mamoplastia; Nevo Pigmentado; Queimaduras

 

Mammoplasty/mastopexy using implants: the Lockpocket technique

César Augusto Daher Ceva Faria; Luciano Gomes Moura; Conrado Miranda de Almeida; Milena Carvalho Almeida Galdino; Gabriel Campelo dos Santos; Diogo Borges Pedroso; Fabrício Tavares Mendonça; José Carlos Daher
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(2):218-224 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Mammoplasty is the most commonly performed plastic surgery procedure in Brazil, which is second only to the United States in terms of the number of mammoplasties performed. Several techniques based on increasing volume using breast implants are used to correct breast ptosis. We aimed to describe a technical variation of implant mammoplasty: isolation of the implant in a closed pocket of fascioglandular tissue (Lockpocket). METHODS: This prospective study was carried out between June 2013 and June 2016. Forty-three patients underwent (1) augmentation mammoplasty using a silicone implant that was isolated from the external environment by a closed pocket of fascioglandular tissue, and (2) resection of excess dermoglandular tissue to correct mammary ptosis. Were subsequently analyzed statistically. RESULTS: Of the 43 patients, the majority (22 patients) presented grade II ptosis according to the Regnault classification. The volume of glandular tissue removed was similar to the volume of the prosthesis introduced. A total of seven complications were observed: partial dehiscence (n = 4), discrete asymmetry (n = 2), and residual ptosis (n = 1). CONCLUSION: Augmentation mammoplasty with correction of mammary ptosis (the Lockpocket technique) is a good option because it allows the surgeon to choose in advance the volume of the implant to be used. The method also isolates the implant in a totally closed plane of fascioglandular tissue, and involves the precise removal of breast tissue.

Keywords: Mammoplasty; Breast implant; Breast.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A mamoplastia foi o procedimento em cirurgia plástica mais realizado no Brasil, ficando em segundo lugar no mundo, logo atrás dos Estados Unidos. Existem diversas técnicas para correção de ptose das mamas associado a aumento do volume com implantes mamários. O objetivo é descrever uma variação técnica de mamoplastia com prótese, isolando o implante em um bolsão fechado de tecido fascioglandular (Lockpocket). MÉTODOS: Realizado um estudo prospectivo entre junho de 2013 e junho de 2016 totalizando 43 pacientes que foram submetidos à mamoplastia de aumento com prótese de silicone, isolado do meio externo por um bolsão fechado de tecido fascioglandular, e ressecção de tecido dermoglandular excedente para correção de ptose mamária, sendo realizada análise estatística. RESULTADOS: Das 43 pacientes, a maioria (22 pacientes) apresentaram ptose grau II, segundo a classificação de Regnault. Os volumes de tecido glandular retirado e volume das prótese introduzidos foram semelhantes, sendo observado um total de sete complicações: deiscência parcial (n = 4), assimetria discreta (n = 2) e ptose residual em um caso. CONCLUSÃO: A mamoplastia de aumento com correção de ptose mamária - técnica Lockpocket - é uma boa opção, permitindo a escolha prévia do volume do implante utilizado, isolando-o em uma loja totalmente fechada de tecido fascioglandular, e exérese exata de tecido mamário.

Palavras-chave: Mamoplastia; Implante mamário; Mama.

 

Reconstruction of neck and medium & inferior third of the face after burn injuries with expanded free paraescapular flap

Jason César Abrantes de Figueiredo, Renato Rodrigues Naufal, Felix Dong Ik Lee, José Marcos Mélega
Rev. Bras. Cir. Plást. 2006;21(1):56-60 - Case Reports

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The authors report the treatment of a large burn scar concerning the neck, and middle and inferior thirds of the face with a paraescapular fasciocutaneous expanded free flap. The use of a previous cutaneous tissue expander associated to microsurgical technique have allowed carrying out a flap whose thickness, texture, color and size were very suitable option. The surgical purpose has proved secure and feasible with a satisfactory aesthetic and functional result.

Keywords: Facial injuries, surgery. Burns, surgery. Microsurgery. Surgical flaps. Tissue expansion

 

RESUMO

Os autores relatam o tratamento de um paciente com seqüela de queimadura extensa em região cervical e terço médio e inferior de face com uso de retalho livre expandido, fasciocutâneo, paraescapular. A associação das vantagens do uso de expansor cutâneo com a técnica microcirúrgica permitiu a realização de retalho com características de espessura, textura, coloração e dimensões adequadas para o tratamento. A proposta cirúrgica mostrou-se segura, exeqüível, com bom resultado estético e funcional.

Palavras-chave: Traumatismos faciais, cirurgia. Queimaduras, cirurgia. Microcirurgia. Retalhos cirúrgicos. Expansão de tecido

 

Biochemical analysis of the tissues expanders: study

Hélio Leão Júnior; Marcos Carneiro de Lyra; Silvio Previde Neto; Flávio Augusto Llório Stillitano de Orgaes; Hamilton Aleardo Gonella
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):313-316 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The tissues expanders represent useful tools to correct scar's sequels. Neumann (1957) was the first to publish a report on expansion of skin. Since then the expanders have been used for repairs. Objectives: The goals of the work are to report and evaluate the permeability of tissues expanders under study "in vitro". Methods: Method 1 - It was analyzed seven different expanders in seven different solutions, where it's been immersed in their respective solutions, filled with air in their totals, found their periods of saturations after weighing, when it was done washed of its inside with bidestilated water (control) and sent to analysis. Method 2 - It was put all the solutions together in a single bottle, immersed two aleatory expanders filled with bidestilated water, and after 48 hours, sent samples to analysis. Another bottle was done with albumin and repeated the same previous methodology. Results: Method 1 - In the analysis of empty expanders, the albumin, chlorine, calcium, phosphorus, magnesium and glucose performed under to quantification limits of the used methods. The sodium and potassium performed near to lower limit. Method 2 - In the analysis after 48 hours, all of ions performed under to quantification limit, except the glucose and sodium in expander texturized were in very low value to used methods. Conclusion: The present work suggests a weak or irrelevant permeability relating to this analysis.

Keywords: Tissue expansion. Biochemistry. In vitro.

 

RESUMO

Introdução: Os expansores teciduais representam instrumentos úteis para correção de seqüelas cicatriciais. Neumann (1957) foi o primeiro a publicar relato sobre expansão de pele. Desde então, os expansores vêm sendo utilizados para reparações. Objetivos: Os objetivos do trabalho são apresentar e avaliar a permeabilidade dos expansores teciduais em estudo "in vitro". Método: Método 1 - Foram analisados 7 expansores aleatórios em 7 soluções distintas, onde foram mergulhados nas respectivas soluções, preenchidos com ar em seus volumes totais, encontrados seus períodos de saturação após pesagens, realizado lavado de seu interior com água bidestilada (controle) e enviados para análise. Método 2: Foram unidas tais soluções em único frasco, mergulhados 2 expansores aleatórios preenchidos com água bidestilada, aguardados 48 horas e analisadas amostras. Outro frasco foi feito com solução de albumina e repetida a mesma metodologia anterior. Resultados: Método 1 - Na análise dos expansores vazios, a albumina, cloreto, cálcio, fósforo, magnésio e glicose apresentaram-se abaixo do limite de quantificação dos métodos utilizados. O sódio e potássio apresentaram valores próximos ao limite inferior. Método 2 - Na análise após 48 horas, todos os íons apresentaram-se abaixo do limite de quantificação, exceto a glicose e o sódio no expansor texturizado em baixíssimo valor pelo método utilizado. Conclusões: O presente estudo sugere permeabilidade débil ou irrelevante nas análises referidas.

Palavras-chave: Expansão de tecido. Bioquímica. In vitro.

 

Impact of adjuvant radiotherapy on the cosmetic outcome of immediate breast reconstruction performed using a transverse rectus abdominis myocutaneous flap

Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Juliana Régia Furtado Matos; Iana Silva Dias; Diego Tomaz Teles Peixoto Jéss ica Silveira Araújo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3):411-414 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: The outcome of adjuvant radiotherapy performed after breast reconstruction using autologous flaps is controversial. In this study, we aimed to assess whether postoperative radiotherapy would induce volumetric and cosmetic changes after immediate breast reconstruction performed using a transverse rectus abdominis myocutaneous (TRAM) flap. METHODS: We evaluated 25 patients who were previously diagnosed with breast cancer and underwent post-mastectomy autologous reconstruction with a pedicled TRAM flap followed by adjuvant radiotherapy. Late aesthetic results were recorded starting 6 months after the completion of a full course of radiotherapy. RESULTS: The average patient age was 42.2 years (range, 30-53 years). Two (8%) complete flap losses occurred due to massive fat necrosis. Two (8%) patients exhibited flap contracture and volume loss, whereas skin changes were observed in 52% of patients. Most of the patients (84%), however, had no significant initial flap volume loss, contour distortion, or flap contraction. CONCLUSIONS: The cosmetic result obtained in the present study by immediate breast reconstruction performed using an irradiated TRAM flap was satisfactory compared to the data described in the literature. These findings suggest that the flap contours may be distorted by contraction and that significant volume losses can be observed in patients who may be candidates for TRAM flap reconstruction and require post-mastectomy adjuvant radiotherapy. Thus, in these circumstances, late complications due to postoperative irradiation should be considered.

Keywords: Mammaplastia. Breast/surgery. Radiotherapy.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O efeito da radioterapia adjuvante após a reconstrução mamária com retalhos autólogos é controverso. O objetivo deste estudo é analisar se a radioterapia pós-operatória causa alterações volumétricas e cosméticas após a reconstrução mamária imediata com retalho do músculo reto abdominal (TRAM, do inglês transverse rectus abdominis myocutaneous). MÉTODO: No total, foram avaliadas 25 pacientes submetidas a reconstrução autóloga com retalho TRAM pediculado pós-mastectomia por câncer de mama e radioterapia adjuvante. Os resultados estéticos tardios foram coletados após o intervalo mínimo de 6 meses posteriormente ao esquema completo da radioterapia. RESULTADOS: A média de idade das pacientes foi de 42,2 anos, variando de 30 anos a 53 anos. Duas (8%) perdas completas do retalho ocorreram por necrose gordurosa maciça, duas (8%) pacientes evoluíram com contratura do retalho e perda volumétrica, e 52% das pacientes apresentaram alterações cutâneas. Entretanto, a maioria das pacientes (84%) não evoluiu com perda significativa do volume inicial do retalho ou com distorção do contorno e contração do retalho. CONCLUSÕES: O resultado cosmético após a reconstrução mamária imediata com retalho TRAM irradiado foi aceitável, comparativamente aos dados descritos na literatura. Esses achados indicam que os retalhos podem sofrer distorções de contorno pela contração, além de perda volumétrica significativa em pacientes candidatas à reconstrução com TRAM e necessidade de radioterapia adjuvante pós-mastectomia. Assim, as complicações tardias da irradiação pós-operatória devem ser consideradas nesse contexto.

Palavras-chave: Mamoplastia. Mama/cirurgia. Radioterapia.

 

Mammoplasty: fascioadenocutaneous areolar flap

Gustavo Moreira Costa de Souza; Sergio Moreira da Costa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):390-394 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Several mammoplasty techniques have been described. However, none involves breast resection with preservation of the areola through an oblique multiple pedicle that involves the medial superior neurovascular system and the lateroinferior neurovascular system, or preserves the original areola-glandular unit in the remaining gland. This technique is, in theory, ideal for the treatment of juvenile gigantomastia in nulliparous women who can still benefit from a more functional breast with its primary innervation and the patient's ability to breast-feed preserved. This flap can also present higher safety against ischemia owing to a broad vascular pedicle. OBJECTIVE: To describe this mammoplasty technique and report the initial series of operated cases. METHOD: The fascioadenocutaneous areolar flap technique is described in 40 operated breasts, including the quantity of the resected tissue, pre- and postsurgery sensitivity, and complications encountered. RESULTS: All cases had a satisfactory evolution, without necrosis and with preserved sensitivity of the nipple-areola complex in >70% of the breasts operated. CONCLUSION: The innervated fascioadenocutaneous areolar flap was safe, functional, and versatile.

Keywords: Reductive mammoplasty; Areolar flap; Selective mammoplasty.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Várias são as técnicas descritas para mamoplastia. Contudo nenhuma contempla a ressecção mamaria com a preservação areolar por meio de um pedículo obliquo múltiplo que envolve o sistema neurovascular superior medial e o sistema neurovascular inferior lateral; alem de preservar na glândula remanescente a unidade areolo-glandular original. Esta técnica mostra se, em tese, ideal para o tratamento da gigantomastia juvenil em nulipara, que ainda pode se beneficiar de uma mama mais funcional e preservada na sua inervação primaria e na sua capacidade de amamentação. Este retalho também pode usufruir de grande segurança contra isquemia em função de um largo pedículo vascular. OBJETIVO: Descrever a técnica de mamoplastia e relatar a serie inicial de casos operados nesta sistematização. MÉTODO: Em 40 mamas operadas descreve se a técnica do retalho fascioadenocutaneo areolado com mensuração da quantidade ressecada, sensibilidade pré- e pós- operatório e complicações. RESULTADOS: Todos os casos tiveram evolução satisfatória, sem necrose e com sensibilidade do complexo areolopapilar (CAP) preservada em mais de 70% das mamas operadas. CONCLUSÃO: O retalho fascioadenocutaneo areolado inervado mostrou-se seguro, funcional e versátil.

Palavras-chave: Mamoplastia redutora; Retalho areolado; Mamoplastia seletiva.

 

Frontotemporal minilifting for eyebrow tail suspension: Minimally invasive Reis-Sundfeld technique

Daniel Sundfeld Spiga Real; Rodrigo Pacheco Reis; Roney Gonçalves Fechine Feitosa; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):446-454 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: An important sign of facial aging is the fall of the eyebrow tail. Frontotemporal minilifting aims to reposition the brow and soften the expression marks to restore youthful appearance. To describe an ambulatory surgical technique capable of eyebrow tail lift with minimal scarring and wound camouflage in the capillary line that reduces the facial signs of aging. METHOD: The study included 10 consecutive patients who attended the Plastic Surgery outpatient clinic of the UNIFESP and submitted to minilifting after receiving the diagnosis of eyebrow fall. RESULTS: Preliminary results did not show the occurrence of major complications. All patients were women. One patient presented with small suture line dehiscence 15 days after surgery. A total of 90% of the patients scored their body image index as extremely satisfied or satisfied. The average eyebrow tail lift was 5 mm. The average preoperative eyebrow fall was 13.3 mm, with a mean elevation and maintenance of 18.2 mm in 12 months. CONCLUSION: The technique is easily reproducible, provides outcomes comparable to those of other procedures published in the literature, and presents the following advantages: is low cost; can be performed in an outpatient clinic; provides a rejuvenating periocular effect since it also reduces wrinkles, expression marks, and sagging of the lateral region of the orbital and glabellar fissure; and achieves significant long-lasting results.

Keywords: Face; Rejuvenation; Ambulatory surgical procedures; Reconstructive surgical procedures

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Um sinal importante do envelhecimento facial é a queda da cauda da sobrancelha. O minilifting frontotemporal visa reposicionar a sobrancelha e amenizar as marcas de expressão, restaurando uma aparência mais jovial. Descrever uma técnica cirúrgica, ambulatorial, capaz de elevar a cauda da sobrancelha, com cicatriz mínima e camuflada na linha capilar, melhorando o aspecto de envelhecimento facial. MÉTODO: Foram arregimentados dez pacientes sequenciais do ambulatório de cirurgia plástica da UNIFESP, que após diagnóstico de queda de supercílio foram submetidos ao minilifting. RESULTADOS: Como resultados preliminares, não houvera nenhuma complicação importante, todos pacientes eram mulheres, um caso apresentara pequena deiscência em linha de sutura após 15 dias de cirurgia. 90% apresentaram índice de imagem corporal em extremamente satisfeitos ou satisfeitos. A média de elevação da cauda do supercílio foi de 5 mm. A média de queda de supercílio pré-operatória foi de 13,3 mm, tendo sua elevação média e manutenção em 12 meses de 18,2 mm. CONCLUSÃO: A técnica sugerida pelos autores é de fácil reprodutibilidade, produz resultados comparáveis às demais técnicas da literatura com as vantagens de apresentar baixo custo, ser realizada ambulatorialmente e ter um efeito rejuvenescedor periocular, pois atenua também as rugas, marcas de expressão e flacidez da região lateral da fissura orbitária e glabelar com significativo tempo de manutenção de resultados.

Palavras-chave: Face; Rejuvenescimento; Procedimentos cirúrgicos ambulatoriais; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

An autonomous infuser for a subcutaneous skin expander

DJENANE CORDEIRO PAMPLONA; RAPHAEL CURVELLO PIZZAIA; HANS INGO WEBER; GUILHERME RODRIGUES SAMPAIO; HENRIQUE NASCIMENTO RADWANSKI
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(4):562-566 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Skin expansion is a physiological process defined as the ability of human skin to increase its superficial area in response to a stress or given deformation. In reconstructive surgery, skin expanders are implanted beneath the skin and periodically infiltrated with a saline solution to provide an extra flap of skin. When the prescribed internal volume of the expander is reached, reconstructive surgery is performed.
Methods: A semiautomatic and portable device was developed and built to facilitate a skin expansion procedure. The device aims to simplify the infiltration process, providing mobility and independence to the patient and assuring the physician of the infiltration quality and precision. The device also enables continuous expansion in hospitalized patients.
Results: Using a code, the doctor accesses the menu of the device and sets the maximum pressure and/or value for each expander of the patient. The patient can control the infiltration velocity and reverse or stop the operation. All data are recorded on a simcard and include date, time, initial and final volumes, and initial and final pressures of each procedure for each expander.
Conclusions: The device motorizes and optimizes the expansion, allowing the doctor to prescribe a maximum infiltration pressure or volume. All data are recorded to provide an important database of skin behavior related to sex, race, age, and expansion site.

Keywords: Tissue expansion devices; Tissue expansion; Industrial development; Ambulatory surgical procedures; Mammaplasty

 

RESUMO

Introdução: A expansão da pele é um processo fisiológico definido como a capacidade de aumentar sua área superficial em resposta a uma tensão ou a uma dada deformação. Para realizar a cirurgia reconstrutiva, os expansores de pele são implantados sob a pele e periodicamente infiltrados com uma solução salina para fornecer um retalho extra de pele. Quando o volume interno prescrito do expansor é alcançado, a cirurgia reconstrutiva é realizada.
Métodos: Foi desenvolvido um dispositivo semiautomático e portátil para facilitar um procedimento de expansão da pele. O dispositivo tem como objetivo simplificar o processo de infiltração, proporcionando mobilidade e independência para o paciente, e assegurando ao médico a qualidade e a precisão das infiltrações realizadas. O dispositivo também permite expansão contínua em pacientes hospitalizados.
Resultados: Usando um código, o médico tem acesso ao menu do dispositivo e define a pressão máxima e/ou o valor máximo para cada expansor do paciente. O paciente pode realizar a infiltração e ter acesso ao controle da velocidade de infiltração, reverter ou parar a operação. Todos os dados são gravados em um SIM Card e incluem data, hora, volumes inicial e final, e pressão inicial e final de cada procedimento para cada expansor.
Conclusões: O dispositivo automatiza e otimiza a expansão, de modo que o que o médico possa prescrever um limite para cada expansão, seja uma pressão máxima ou voluma infiltrado. Todos os dados são gravados, fornecendo um importante banco de dados sobre o comportamento de pele relacionado a gênero, raça, idade e local da expansão.

Palavras-chave: Dispositivos de expansão de tecido; Expansão de tecido; Desenvolvimento industrial; Procedimentos cirúrgicos ambulatoriais; Mamoplastia

 

Costa Lima technique in mammary hypertrophy associated with inferior vascular pedicles

Ana Carolina Guimarães Rocha, Célia Sampaio costa, Humberto Campos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(1):154-167 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Mammary hypertrophy is common cause of physical and emotional suffering among women. The Costa Lima technique endeavors to treat this abnormality and ease the rising of the mammary areole complex (MAC). Objective: To evaluate the effectiveness of the Costa Lima technique in mammary hypertrophy when there is difficulty with the ascension of the MAC. Methods: Between July 1998 and June 2009, were operated patients with II and III with BMI between 18.5 and 39.9, with an average distance between the point "A" of Pitanguy and the MAC between 6 and 19.5 centimeters. The Pitanguy marking system is used in this technique, amputating the mammary base, by which a trapezoidal sub-areole segment is removed from the superior pole which enjoins a thin areole dermalglandular shred which is easy to cranially mobilize. Results: The greatest incidence of hypertrophy was of third degree (50.85%), eutrophic (42.37%), mostly in the second decade (31.36%), with a 0.86% occurrence rate of deep venous thrombosis, under general anesthesia at 84.75%. The benefit was being able to shape conic breasts in harmony with the trunk, with not difficulties in raising the MAC, which showed partial necrosis in 3.39% of cases. Conclusion: The technique showed itself to be advantageous due to the easy mobilization of the MAC and could be applied in therapeutic surgery.

Keywords: Mammaplasty/methods. Breast/surgery.

 

RESUMO

Introdução: A hipertrofia mamária é causa comum de sofrimento físico e emocional das mulheres. A técnica de Costa Lima busca tratar esta anormalidade e facilitar a elevação do complexo aréolo-mamilar (CAM). Objetivos: Avaliar a efetividade da técnica de Costa Lima nas hipertrofias mamárias e gigantomastias quando existe dificuldade na ascensão do CAM. Método: Entre julho de 1998 e junho de 2009, foram operadas 118 pacientes com hipertrofias grau II e III, com IMC entre 18,5 e 39,9, com medida da distância entre o ponto "A" de Pitanguy e o CAM entre 6 e 19,5 cm. Nesta técnica é utilizada marcação de Pitanguy, amputando-se a base mamária, sendo retirado do pólo superior um segmento trapezoidal subareolar, que determina um retalho areolado dermoglandular fino, que é mobilizado cranialmente com facilidade. Resultados: A maior incidência de hipertrofias foi de 3º grau (50,85%), eutróficas (42,37%), predominante na segunda década (31,36%), com 0,85% de ocorrência de trombose venosa profunda, sob anestesia geral em 84,75%. O benefício foi conseguir mamas cônicas, em harmonia com o tronco, sem dificuldades em elevar o CAM, com observação de necrose parcial em 3,39% dos casos. Conclusão: A técnica mostrou-se vantajosa pela fácil mobilização do CAM, podendo ser aplicada na terapêutica cirúrgica.

Palavras-chave: Mamoplastia/métodos. Mama/cirurgia.

 

Preceding expansion in the treatment of dermatofibrosarcoma protuberans involving the frontal bone

Erick Horta Portugal; José Carlos Ribeiro Resende Alves; Aloísio Ferreira da Silva Filho; Rebeca Paohwa Liu da Fonseca; Nárlei Amarante Pereira; Augusto César de Melo Almeida; José de Souza Andrade Filho
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(4):599-602 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Dermatofibrosarcoma protuberans is a rare skin tumor with intermediate malignancy and low metastatic potential, but a high recurrence rate after surgical treatment. Treatment involves extended resection with variable margins. METHODS: Patients were managed with preceding expansion of tissues of the forehead using two conventional expanders. The lateral margins of normal-appearing tissue 3-cm apart were tattooed with China ink. In a preceding operation, expanders were inserted through skin incisions at a distance from the marks, by undermining the surgical plane just above the periosteum, while preserving the area of wide resection previously delimited. After the lateral tissues were expanded, the patients underwent surgical resection. The deep margin included the outer table of the frontal bone. The expansion period averaged 45 days. RESULTS: Three cases of dermatofibrosarcoma protuberans of the forehead with involvement of the outer table of the frontal bone are described. The expanded flaps easily closed the defects. The average follow-up was 194 months without tumor recurrence. CONCLUSION: Preceding expansion of forehead tissue in the treatment of dermatofibrosarcoma protuberans with invasion of frontal bone, using 3-cm lateral margins and removal of the outer table of the frontal bone, allowed easy closure of the defect in 3 different patients. Average follow-up of 194 months with no recurrence of the lesion showed the effectiveness of the method.

Keywords: Tissue expansion devices; Tissue expansion; Dermatofibrosarcoma; Skin neoplasms; Frontal bone.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Dermatofibrossarcoma protuberante é um tumor cutâneo raro de malignidade intermediária e potencial metastático baixo, apresentando, entretanto, alta taxa de recorrência após tratamento cirúrgico. O tratamento cirúrgico clássico é a ressecção alargada com margens variadas. MÉTODOS: Os pacientes foram submetidos à expansão prévia dos tecidos da região frontal utilizando dois expansores convencionais. Margens laterais de 3 cm de tecido de aparência normal foram tatuadas com tinta nanquim. Os expansores foram incluídos em uma cirurgia anterior, através de incisões cutâneas distantes dessas marcas, em um plano cirúrgico logo acima do periósteo, preservando a área de ressecção alargada previamente delimitada. Os tecidos laterais foram expandidos e, posteriormente, os pacientes foram submetidos à ressecção do tumor. A margem profunda incluiu da lâmina externa do osso frontal. O período médio de expansão foi de 45 dias. RESULTADOS: Foram relatados três casos de dermatofibrossarcoma protuberante da região frontal com envolvimento da lâmina externa do osso frontal. Os retalhos expandidos fecharam facilmente os defeitos. O acompanhamento pós-operatório médio foi de 194 meses, sem nenhuma recorrência tumoral. CONCLUSÃO: A expansão tecidual prévia da região frontal no tratamento do dermatofibrossarcoma protuberante, invadindo o osso frontal, usando margens laterais de 3 cm com remoção da lâmina externa, permitiu facilmente o fechamento do defeito, em três pacientes. O tempo de acompanhamento médio de 194 meses sem nenhuma recorrência tumoral mostrou a eficiência do método.

Palavras-chave: Dispositivos para expansão de tecidos; Expansão de tecido; Dermatofibrossarcoma; Neoplasias cutâneas; Osso frontal.

 

Modified zigzag periareolar incision: alternative technique for augmentation mammaplasty

Ruth Graf; Adriana Sayuri Kurogi Ascenço; Ivan Maluf Junior; Marlon Camara Lopes; Isis Juliane Guarezi Nasser; Priscila Balbinot; Renato da Silva Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):297-300 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Augmentation mammaplasty is one of the most common surgeries worldwide. Variables such as implant size and location as well as incision type influence the final result. The periareolar approach is well known and disseminated; however, the resulting scar is a common reason for patient dissatisfaction. We present a modified periareolar technique using a zigzag incision that results in invisible scars after augmentation mammaplasty. The technique described here is an excellent alternative for augmentation mammaplasty and has an esthetic satisfactory result with imperceptible scars in the periareolar skin of the nipple-areola complex, which is naturally irregular.

Keywords: Mammaplasty. Breast implantation. Cicatrix.

 

RESUMO

Mastoplastia de aumento é uma das cirurgias mais realizadas em todo o mundo. Variáveis como tamanho e localização do implante, bem como o tipo de incisão, influenciam o resultado final. A abordagem periareolar é bem conhecida e difundida, porém sua cicatriz pode, muitas vezes, ser motivo de insatisfação da paciente. Uma modificação da técnica periareolar é apresentada, com incisão em zigue-zague, para mamoplastias de aumento, permitindo a obtenção de cicatrizes imperceptíveis. A técnica descrita é uma excelente alternativa para mastoplastia de aumento, proporcionando resultado estético satisfatório, com cicatriz camuflada na transição da pele periareolar com o complexo areolopapilar, que é naturalmente irregular.

Palavras-chave: Mamoplastia. Implantes mamários. Cicatriz.

 

Pseudoangiomatous stromal hyperplasia: rare case in an 11-year-old girl

Rafael Alves Tumeh; Miguel Sabino Neto; Ana Lúcia Cunha; Mayara Mytzi de Aquino Silva; Henrique Ribeiro de Paula; Lydia Masako Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(2):295-298 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Pseudoangiomatous stromal hyperplasia is a benign disease characterized by excessive proliferation of fibroblasts and myofibroblasts, which can lead to significant breast growth. The presentation is rare, especially among young women and cases requiring mastectomy. This report describes a rare case of an 11-year-old female patient with rapidly progressing mammary hypertrophy, who needed mastectomy and then mammoplasty for complete social integration.

Keywords: Breast; Mammoplasty; Mastectomy; Child

 

RESUMO

A Hiperplasia Estromal Pseudoangiomatosa (PASH) é uma doença benigna caracterizada pela proliferação excessiva de fibroblastos e miofibroblastos, podendo levar a um crescimento mamário importante. A apresentação é rara, em especial ocasionando necessidade de mastectomia em pacientes jovens. O estudo apresentou o relato de caso raro de uma paciente de 11 anos de idade, com hipertrofia mamária de rápida progressão, com necessidade de mastectomia e posteriormente mamoplastia de aumento para completa reinserção social.

Palavras-chave: Mama; Mamoplastia; Mastectomia; Criança.

 

Surgical treatment of cicatricial alopecia of the scalp and cranial bone defect in a child without blood transfusion

Juan Carlos Montano Pedroso; Sandro Salanitri; Américo Helene Júnior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):160-163 - Case Reports

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Jehovah's Witnesses is a religious group that does not accept blood transfusions. Case Report: The authors describe the case of a child, a Jehovah's Witness, who had cicatricial alopecia of the scalp and a cranial bone defect caused by multiple injuries. Treatment was started with the placement of the expander in the scalp and administration of erythropoietin and ferrous sulfate to increase hemoglobin levels. The expander was successfully withdrawn and the cranial bone defect was successfully corrected with an acrylic plate without resorting to blood transfusions.

Keywords: Jehovah's witnesses. Alopecia. Tissue expansion. Blood transfusion. Erythropoietin.

 

RESUMO

Introdução: As Testemunhas de Jeová são um grupo religioso que não aceita as transfusões de sangue. Relato do Caso: Os autores descrevem o caso de uma criança, Testemunha de Jeová, que apresentava alopecia cicatricial no couro cabeludo e defeito da calota craniana, resultantes de politraumatismo. O tratamento foi iniciado com a colocação de expansor no couro cabeludo e uso de eritropoetina e sulfato-ferroso para aumento dos níveis de hemoglobina. A retirada do expansor e a correção do defeito da calota craniana com placa de acrílico foram realizadas com sucesso e sem o emprego de transfusões de sangue.

Palavras-chave: Testemunhas de Jeová. Alopecia. Expansão de tecido. Transfusão de sangue. Eritropoetina.

 

Abordagem vertical para mastopexia e redução mamária: sistematização da técnica e análise de resultados

THIAGO MELO DE SOUZA; CAROLINE BATTISTI; NÍVEO STEFFEN; PEDRO BINS ELY
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):104-105 - Articles

PDF Portuguese

RESUMO

Introdução: Ao longo da história da cirurgia plástica, várias técnicas de mamoplastia redutora e mastopexia foram descritas, sobre a mastopexia/mamoplastia redutora com abordagem vertical, o conceito de ressecção de pele e de tecido mamário pode ser considerado tridimensional: unidimensional se referindo à remoção de pele periareolar; bidimensional incluindo os componentes periareolar e vertical; ou tridimensional ao incluir os componentes periareolar, vertical e horizontal (cicatriz em T, J, L ou T longa).
Método: Pesquisa nas bases de dados Pubmed, Bireme, Scielo.
Conclusão: A técnica de mamoplastia redutora com abordagem vertical apresenta boa aplicabilidade, tanto em mamas de volume expressivo, bem como para correção de mamas com volumes menores. O presente estudo ressalta a importância do diagnóstico pré-operatório para a adequada indicação e abordagem cirúrgica. A manutenção do preenchimento do colo mamário por mais tempo pode ser atribuído à utilização do pedículo inferior (pedículo de Liacyr tipo I).

Palavras-chave: Mamoplastia; Mama

 

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license