ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 20 from 46 result(s)

Search for : Hemangioma; Hemangioma cavernoso; Neoplasias de tecido vascular; Dermatopatias vasculares; Malformações vasculares; Lábio

Total Reconstruction of the Lower Lip with Face Flaps

Belmino Corrêa de Araujo Netto, Ivone da Silva Duarte, Lydia Masako Ferreira, Márcio Abrahão
Rev. Bras. Cir. Plást. 2003;18(1):9-24 - Articles

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The use of flaps from the face is indicated for total reconstruction of the lower lip, even when the primary lesion goes beyond its anatomical boundaries. The authors present three patients with spinocellular carcinoma of the lower lip, whose lesions were greater than 4.0 cm in their larger diameter; and who underwent total reconstruction ofthe lower lip.

Keywords: Lip-tumors; lower lip-surgery; face flaps

 

RESUMO

A utilização de retalhos localizados na face é indicada na reconstrução total do lábio inferior, mesmo quando a lesão primária vai além do seu limite anatômico. Apresentamos três pacientes portadores de carcinoma espinocelular do lábio inferior, com lesões acima de 4,0 cm no seu maior diâmetro, nos quais a reconstrução total foi realizada.

Palavras-chave: Lábio - tumores; lábio inferior - cirurgia; retalhos de face

 

Anatomical mapping of vascular anomalies of the lips

Rafael Ferreira Zatz; Dov Charles Goldenberg; Vânia Kharmandayan; Esther Mihwa Choi; Rolf Gemperli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(1):8-15 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The lip is the body region more often affected by vascular anomalies (VAs). Identifying the appropriate etiology of the lesion is significantly important when determining the treatment of choice for the patient. This study aimed to determine the association between the anatomical positioning and the characteristics of the lesions and the etiological diagnosis of VAs of the lips to identify the appropriate tool to be used in clinical practice.
Methods: A retrospective analysis was performed in 150 patients with VA of the lips evaluated between 1999 and 2017. The etiological diagnosis was based on the International Society for the Study of Vascular Anomalies 2014 classification. Clinical and photographic analysis was performed to assess the anatomical pattern of involvement and map the lesions.
Results: An infantile hemangioma was observed to a lesser extent in only one lip and was situated more centrally, with rare involvement of the labial commissure. Venous and venous-lymphatic malformations and arteriovenous malformations (AVMs) involving the upper lip were predominantly located more laterally and caused significant deformity. However, AVMs more often extended beyond the limits of the vermilion. Capillary malformations were observed in the entire lower lip in some patients. Simple lymphatic malformations were observed in the entire upper lip with significant distortion in some patients.
Conclusion: The initial presentation of VAs often comprises minimal changes; hence, establishing an assertive diagnosis is considered difficult. Specific patterns of involvement were observed for each etiological diagnosis studied. Anatomical mapping can be used as an auxiliary diagnostic tool and can possibly identify an appropriate clinical intervention in patients with VAs of the lip.

Keywords: Hemangioma; Lip; Multiple abnormalities; Vascular tissue tumors; Congenital abnormalities.

 

RESUMO

Introdução: O lábio é a região do corpo mais frequentemente acometida por anomalias vasculares (AV). A correta determinação da etiologia da lesão é determinante à escolha do tratamento do paciente e à correta condução do caso. O objetivo deste estudo é correlacionar o posicionamento anatômico e as características das lesões com o diagnóstico etiológico das AVs dos lábios, a fim de promover uma ferramenta que auxilie na prática clínica.
Métodos: Análise retrospectiva de 150 pacientes com AV dos lábios, avaliados entre 1999 e 2017. O diagnóstico etiológico foi baseado na classificação de ISSVA 2014. Análise clínica e fotográfica foi realizada para avaliar o padrão anatômico de envolvimento e mapear as lesões.
Resultados: Hemangioma infantil apresentou acometimento de apenas um lábio, em menor extensão e situado mais centralmente, com raro envolvimento de comissura oral. Malformações venosas e venolinfáticas (MVs) e malformações arteriovenosas (MAVs) envolveram o lábio superior predominantemente, situadas mais lateralmente e acarretando significativa deformidade. Contudo, MAVs apresentaram mais frequente extensão além dos limites do vermelhão. Os pacientes com malformações capilares (MCs) sofriam de acometimento integral do lábio inferior. Todos os casos de malformações linfáticas exclusivas (MLs) envolveram o lábio superior inteiro, com grande distorção.
Conclusão: A apresentação inicial das AVs muitas vezes consiste em pequenas alterações, desafiadoras ao diagnóstico assertivo. Padrões específicos de acometimentos foram observados para cada diagnóstico etiológico estudado. O mapeamento pode ser utilizado como ferramenta auxiliar diagnóstica e contribuir para melhor intervenção nos pacientes com anomalias vasculares labiais.

Palavras-chave: Hemangioma; Lábio; Anormalidades múltiplas; Neoplasias de tecido vascular; Anormalidades congênitas

 

Glomus tumor: an easy or a difficult diagnosis?

Gisela del Pilar Puentes Buendia; William Albeiro Jimenez Uribe; Diogo Facciolli; Juan Manuel Florez Rodriguez; Jose de Gervais
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3):439-442 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: The glomus tumor is rare subungueal pathology that consists of a neuromyoarterial. Glomus bodies sensible to temperature oscillations, that regulate arteriolar flow, located at the arteriolar-venula anastomosis. The main symptom of this pathology is an excruciating pain leading to functional limitation of the Lyme. Objective: The purpose this study is to highlight its clinical and histopathological diagnosis, as well as the use of microcopy on its surgical treatment. Results: The treatment resulted in a great reduction of recurrence, with functional recovery of the limb and improvement of apaticutp's physical, social and psycosocial health. Conclusion: The surgical resection of the tumor was efficient and the results were very satisfactory, with no significant post operative complications and no recurrence.

Keywords: Glomus tumor/surgery. Neoplasms, vascular tissue. Nail diseases/surgery.

 

RESUMO

Introdução: O tumor glômico é uma lesão neoplásica benigna, geralmente única, que se forma no glomo terminal. Esta estrutura é uma anastomose arteriovenosa subcutânea distribuída por toda a superfície corporal, em particular nos leitos ungueais, polpas digitais, palmas das mãos e plantas dos pés. Apesar da sua raridade, recebe atenção especial por seus sintomas caracterizados por dor paroxística, sensibilidade à pressão do local, ao frio e por sua localização típica na ponta do dedo. O diagnóstico inicial é raramente feito, levando os pacientes a apresentarem os sintomas por meses e até anos, sem o diagnóstico e tratamento adequados. Objetivo: O objetivo desse trabalho é evidenciar o método diagnóstico clínico e histopatológico do tumor glômico, e a utilização da microscopia em seu tratamento cirúrgico. Resultados: Observou-se grande diminuição nos casos de recidiva, com retorno funcional do órgão acometido e melhora da saúde física, funcional e psicossocial do paciente. Conclusão: A exérese do tumor mostrou-se eficaz e os resultados foram plenamente satisfatórios, não havendo complicações pós-operatórias significativas, nem recidivas até o momento.

Palavras-chave: Tumor glômico/cirurgia. Neoplasias de tecido vascular. Doenças da unha/ cirurgia.

 

Results of resection of infantile nasal hemangiomas in the profiferative phase: a safe approach for central face tumors

Dov Charles Goldenberg; Thadeu Rezende Rangel Fernandes; Patricia Yuko Hiraki; Pedro Henrique de Souza Smaniotto ; Tatiana de Moura; Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):206-211 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: Infantile hemangioma is the most common benign tumor in infancy and occurs most often in the cervicofacial region. Its course can be divided into 3 phases with frequent spontaneous regression. However, residual sequelae or anatomical structure deformities can occur. An early and definitive surgical approach aiming at good aesthetic results and anatomical preservation is indicated in such cases because of the localization of the nasal hemangiomas and their capacity to disfigure. This study analyzed the results of the definitive surgical approach for proliferative nasal hemangiomas according to an objective evaluation. METHODS: From 1997 to 2009, 20 patients suffering from nasal hemangiomas in the proliferative phase were treated surgically. The lesions were analysed according to the area affected and type of treatment. Complication rates and the need for additional procedures were analyzed. The aesthetic results were evaluated by independent evaluators. RESULTS: The lesions were localized in the tip of the nose in 50% of patients, dorsal area in 20%, all subunits in 15%, paranasal areas in 10%, and alar area in 5%. Resection was total and subtotal in 60% and 40% of the patients, respectively. The mean follow-up period was 42.6 months. The mean number of surgical procedures per patient was 1.3 ± 0.7. No significant complications were observed. The results were positively evaluated with respect to the reduction of lesion volume and improved face shape, corroborating the proposed approach. CONCLUSIONS: Definitive surgical treatment is a safe and effective alternative for the management of nasal hemangiomas and has low complication rates.

Keywords: Hemangioma. Nose. Child. Plastic surgery. Outcome assessment.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O hemangioma infantil é o tumor benigno mais comum da infância, predominando na região cervicofacial. É caracterizado por apresentar 3 fases distintas, observando-se frequentemente regressão espontânea dessas lesões. No entanto, sequelas residuais ou deformidades das estruturas anatômicas em crescimento podem ocorrer. A abordagem cirúrgica precoce e definitiva é indicada, em decorrência da localização dos hemangiomas nasais e seu potencial desfigurante, visando à obtenção de bons resultados estéticos e preservação anatômica. O objetivo do presente estudo foi analisar os resultados da abordagem cirúrgica definitiva para hemangiomas proliferativos nasais, com base em uma avaliação objetiva. MÉTODO: No período de 1997 a 2009, 20 pacientes portadores de hemangiomas nasais em fase proliferativa foram submetidos a tratamento cirúrgico. As lesões foram avaliadas segundo local de acometimento e tratamento realizado. Foram analisados índices de complicações e necessidade de procedimentos adicionais. Os resultados estéticos foram avaliados por avaliadores independentes. RESULTADOS: As lesões estavam localizadas na ponta nasal em 50% dos pacientes; no dorso, em 20%; em todas as subunidades, em 15%; nas áreas paranasais, em 10%; e na unidade alar, em 5%. A ressecção foi total em 60% dos pacientes e subtotal em 40%. O período médio de acompanhamento foi de 42,6 meses. A média de procedimentos cirúrgicos por paciente foi de 1,3 ± 0,7. Nenhuma complicação importante foi observada. Os resultados foram positivamente avaliados quanto a redução do volume da lesão e melhora do contorno facial, corroborando a conduta proposta. CONCLUSÕES: No manejo dos hemangiomas nasais, o tratamento cirúrgico definitivo pode ser considerado uma alternativa segura e eficaz, com baixas taxas de complicação.

Palavras-chave: Hemangioma. Nariz. Criança. Cirurgia plástica. Avaliação de resultados.

 

Giant Hemangioma of the Hand in a Child - Case Report

Giovannini César A. L. de Figueiredo, Jason César A. de Figueiredo, Gustavo Enrique Guarín Figueroa, André Gonçalves de Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2000;15(3):59-66 - Case Reports

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The authors discuss a case of hand giant hemangioma in a child, surgically treated with success. The frequency of this type of tumor in children, and the therapeutic options recommended by diffirent authors are discussed.

Keywords: Giant hemangioma; hand; child

 

RESUMO

Os autores descrevem um caso de hemangioma gigante na palma da mão de uma criança tratada cirurgicamente com bom resultado e discutem a freqüência deste tumor em crianças, assim como as condutas propostas por diferentes escolas.

Palavras-chave: Hemangioma gigante; mão; criança

 

Lip reconstruction after tumor resection

Pedro Leonardo Sanches Faveret
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):206-218 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Reconstruction of lip defects is popular owing to lip location and its anatomy. Thus, the objective of this work was to discuss the best options available for lip reconstruction. Methods: This retrospective study included 50 patients who had undergone primary upper and lower lip reconstruction using local flaps, between January 2000 and January 2014. The defects were divided according to their location and size: defects affecting up to 1/3 of the lip and affecting more than 1/3 of the lip. The postoperative follow-up varied from 2 months to 3 years. Results: Patient age ranged from 22 to 91 years. Most patients were in their seventies. Of the 50 reconstructions performed, 33 were in the lower lip (66%) and 17 in the upper lip (34%). For small defects affecting up to 1/3 of the lip, simple sutures were used (23 cases). The other 27 cases, in which more than 1/3 of the lip was affected, required interventions of different complexities. Conclusion: When repairing defects up to 1/3 of the lower lip, the direct suture is the most suitable option. For defects affecting more than 1/3 of the lower lip, the Gillies and the Karapandzic flaps should be chosen instead, as they are reliable and allow the reestablishment of lip functionality. For defects affecting > 50% of the lip, and the Gillies and the Karapandzic flaps should not be considered, specifically to avoid microstomia.

Keywords: Lip; Surgery; Reconstruction.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O interesse antigo na reconstrução dos defeitos labiais pode ser explicado pela sua localização e pela singularidade da sua anatomia. Assim, o objetivo deste trabalho é discutir as melhores alternativas para a reconstrução labial. MÉTODOS: Foi realizada uma análise retrospectiva de 50 casos submetidos à reconstrução primária dos lábios superior e inferior com o emprego de retalhos locais, no período de janeiro de 2000 a janeiro de 2014. Os defeitos foram divididos quanto à sua localização e quanto ao tamanho: defeitos que acometem até 1/3 do lábio e mais de 1/3 do lábio. O período de acompanhamento pósoperatório variou de 2 meses a 3 anos. RESULTADOS: A idade dos pacientes variou entre 22 e 91 anos. A maior incidência foi na 7ª década de vida. Dentre as 50 reconstruções realizadas, 33 foram no lábio inferior (66%) e 17 no lábio superior (34%). Para defeitos pequenos, de até 1/3 do lábio, empregou-se a sutura simples (23 casos). Os demais 27 casos, cujos defeitos eram maiores que 1/3 do lábio, exigiram procedimentos com graus variáveis de complexidade. CONCLUSÕES: Para a reparação dos defeitos de até 1/3 do lábio inferior, a sutura direta é a melhor opção. Para a reconstrução de defeitos maiores que 1/3 do lábio inferior, devemos optar pelos retalhos de Gillies e Karapandzic, pois são confiáveis e capazes de restaurar a função labial. No caso de defeitos maiores que 50% do lábio, devemos evitar as técnicas de Gillies e Karapandzic, a fim de evitar a microstomia.

Palavras-chave: Lábio; Cirurgia; Reconstrução.

 

Morphometric analysis of the upper lip and the action of ageing

Marco Vinicius Losso Longo; Luis Henrique Ishida; Fernando Sartor Guimarães Fortes; Kiril Endo Kasai; Luis Carlos Ishida; Nivaldo Alonso; Marcus Castro Ferreira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(4):589-592 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: A pleasant smile depends on harmonious relationships between the teeth, gums, and lips. The present study measured upper lip changes related to ageing using a morphometric analysis. METHODS: Forty-six Caucasian women at least 15 years of age were selected and divided into four groups: 15 - 30 years old, 31 - 45 years old, 46 - 60 years old, and > 60 years old. Frontal photographs with closed lips and parted lips were taken. The following measurements were performed: upper lip height, upper vermilion height in parted and closed lips positions, and exposure of the central upper incisors in the relaxed position. RESULTS: Upper lip height increased with age. The average upper lip height in the closed lips position was 13.75 mm in the youngest age-range (15 - 30 years old). The upper lip height gradually increased with age until reaching an average of 19.24 mm was observed in the > 60 years old group. The opposite result was observed in upper vermilion height, which decreased with increasing age. The average vermilion height in the parted lips position was 7.09 mm in the youngest age-range (15-30 years old) and decreased to 4.58 mm in the oldest group (> 60 years old). Teeth exposure decreased with age. The average upper teeth exposure was 3.55 mm in the youngest group and decreased to 0.40 mm in the oldest group. CONCLUSION: The upper lip height increases, while the upper vermilion height and exposure of the upper teeth decrease with age.

Keywords: Lip. Aging. Age Groups.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Um sorriso considerado agradável envolve relações harmônicas entre os dentes, gengivas e lábios. O presente estudo mediu as alterações no lábio superior, relacionadas ao envelhecimento, utilizando análise morfométrica. MÉTODO: Foram selecionadas 46 mulheres caucasianas com idade mínima de 15 anos e divididas em quatro grupos: 15-30 anos, 31-45 anos, 46-60 anos e > 60 anos. Foram tiradas fotografias frontais com a boca fechada e na posição de repouso. As seguintes medidas foram realizadas: altura do lábio superior, altura do vermelhão do lábio superior nas posições repouso e fechada, e exposição dos dentes incisivos superiores centrais na posição repouso. RESULTADOS: A altura do lábio superior aumentou com a idade. A média da altura do lábio superior com a boca fechada foi 13,75 mm na faixa etária mais nova (15-30 anos). A altura do lábio superior gradualmente aumenta com a idade até atingir uma média de 19,24 mm, observada no grupo > 60 anos. O resultado oposto foi observado na altura do vermelhão superior, que diminuiu com o aumento da idade. A altura média do vermelhão com a boca em repouso foi 7,09 mm na faixa etária mais nova (15-30 anos) e diminuiu para 4,58 mm no grupo mais velho (> 60 anos). A exposição dos dentes diminuiu com a idade. A exposição média dos dentes superiores foi de 3,55 mm no grupo mais jovem e diminuiu para 0,40 mm no grupo mais velho. CONCLUSÃO: A altura do lábio superior aumenta, enquanto a altura do vermelhão superior e a exposição dos dentes superiores diminuem com a idade.

Palavras-chave: Lábio. Envelhecimento. Grupos Etários.

 

Kaposiform hemangioendothelioma: radiological, surgical and anatomopathological correlation

KATIA TORRES BATISTA; HUGO JOSE DE ARAÚJO; MARIA IRENI ZAPALOWSKI GALVÃO; SILVIA YUMI MYASAKI; ANNA LUIZA GALVÃO; CAMILA FREIRE PARENTE ALVES DA SILVA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2021;36(1):91-95 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Kaposiform cutaneous hemangioendothelioma (HEK) is a rare locally aggressive vascular tumor, seen mainly in newborns and children. It has a prevalence of 0.91 cases per 100,000 children, being most common in the extremities. The treatment of choice is total resection; however, it is often not possible due to the lesion's extent and association with the Kasabach-Merritt phenomenon.
Objectives: To describe the evolution of a rare tumor in the plantar region of a child, correlating the radiological, surgical, and histopathological findings.
Methods: The authors report the case of a boy admitted at the age of five with a recurrent painful plantar skin lesion. In the magnetic resonance examination (NMR), he presented a lesion in the posterior plantar region measuring 3cmx2cm, superficial to the plantar fascia. In the biopsy examination, he revealed kaposiform hemangioendothelioma without association with the Kasabach-Merritt phenomenon. He underwent a surgical procedure for excision and presented recurrence after six months. A new broad resection, reconstruction with a plantar flap, and partial skin graft were performed, obtaining free margins, with no recurrence in the 15-year follow-up.
Conclusion: Clinical findings suggested plantar fibromatosis, NMR helped in delimiting the tumor, and histopathological examination with immunohistochemistry confirmed the diagnosis of kaposiform cutaneous hemangioendothelioma. Resection was performed up to the fascia with recurrence, requiring re-approach and resection to the periosteum with reconstruction using a plantar flap and skin graft, without recurrence after 15 years. The authors call attention to the wide resection of deep and lateral margins to control tumor growth.

Keywords: Hemangioendothelioma; Hemangioma; Plastic surgery; Surgical pathology; Neoplasms of vascular tissue

 

RESUMO

Introdução: O hemangioendotelioma cutâneo kaposiforme (HEK) é um tumor vascular raro localmente agressivo, visto principalmente em recém-nascidos e crianças. Tem prevalência de 0,91 casos por 100.000 crianças, mais comum nas extremidades. O tratamento de escolha é a ressecção total, todavia muitas vezes não é possível devido à extensão da lesão e associação ao fenômeno de Kasabach-Merritt.
Objetivos: Descrever a evolução de caso raro de tumor na região plantar de criança, correlacionando os achados radiológicos, cirúrgicos e histopatológicos.
Métodos: Os autores relatam o caso de menino admitido aos cinco anos de idade com lesão cutânea plantar dolorosa recidivada. No exame de ressonância magnética (RMN) apresentava lesão na região plantar posterior medindo 3cmx2cm, superficial à fáscia plantar, no exame de biópsia revelou hemangioendotelioma kaposiforme, sem associação com o fenômeno de Kasabach-Merritt. Foi submetido a procedimento cirúrgico para exérese, apresentou recidiva após seis meses. Foi realizada nova ressecção ampla, reconstrução com retalho plantar e enxerto de pele parcial, obtendo-se margens livres, sem recidiva no seguimento de 15 anos.
Conclusão: Os achados clínicos sugeriam fibromatose plantar, a RMN auxiliou na delimitação do tumor, o exame histopatológico com imunohistoquímica confirmaram o diagnóstico de hemangioendotelioma cutâneo kaposiforme. Realizou-se ressecção até a fáscia com recidiva, sendo necessária reabordagem e ressecção até o periósteo com a reconstrução com retalho plantar e enxerto de pele, sem recidiva no seguimento de 15 anos. Os autores chamam a atenção para a ressecção ampla de margens profundas e laterais para controle do crescimento tumoral.

Palavras-chave: Hemangioendotelioma; Hemangioma; Cirurgia plástica; Patologia cirúrgica; Neoplasias de tecido vascular

 

Abordagem cirúrgica em hemangioma cavernoso de lábio com deformidade da arcada dentária

Pedro Salomão Piccinini; Cristiano Duncan Aita; Geraldo Machado Filho; Rolando Mendoza Romero; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):47-49 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

Hemangioma é uma doença relativamente comum, com uma taxa de regressão espontânea alta. Em alguns casos, porém, como naqueles com efeito de massa sobre tecidos adjacentes, o tratamento deve englobar o uso de betabloqueadores ou cirurgia. Apresentamos um caso de paciente de 8 anos, com hemangioma do lábio superior com deformidade da arcada dentária superior.

Palavras-chave: Hemangioma; Hemangioma cavernoso; Neoplasias de tecido vascular; Dermatopatias vasculares; Malformações vasculares; Lábio.

 

Scalp reconstruction after wide resection of an angiosarcoma

Mariana Brandão Miqueloti; Carine Barreto Gonzaga; Vanessa da Silva Azambuja Ribeiro; Elmo Glória Filho; Ricardo Aguiar Villanova Freire
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(4):561-566 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: It is difficult to reconstruct the scalp due to its poor elasticity and presence of layers over a rigid convex structure. Different surgical techniques are used to repair defects that may develop due to several etiologies, such as trauma, deformities, and disease sequelae, especially cancer, as noted in the present case. Cutaneous angiosarcoma, a rare and extremely aggressive malignant vascular tumor that mainly develops in elderly individuals, is clinically characterized by the onset of rapidly evolving erythematous purple plaques. The treatment depends on disease extent. Most patients are treated with wide surgical resection and reconstruction. The objective is to report a case of reconstruction of a major scalp defect after an oncologic dissection performed at the Hospital Central do Exército in Rio de Janeiro.
Methods: An autologous graft and dermal matrices were applied during two surgical periods till the damaged area was fully covered.
Results: Satisfactory results were obtained after performing skin grafting surgery in the resected area.
Conclusion: The autologous graft and dermal matrix proved to be a viable option for scalp reconstruction.

Keywords: Scalp; Reconstructive surgical procedures; Vascular tissue neoplasms; Cutaneous neoplasms; Rehabilitation

 

RESUMO

Introdução: O couro cabeludo é uma área de difícil reconstrução devido à sua pouca elasticidade e por sobrepor-se a uma estrutura rígida e convexa. Existem diferentes técnicas cirúrgicas para reparação dos defeitos, que podem ser produto de diversas etiologias, como: traumas, deformidades e consequência de doenças, principalmente oncológicas, como é o caso do paciente apresentada neste trabalho. O angiossarcoma cutâneo é um tumor vascular maligno raro e extremamente agressivo, que afeta principalmente idosos. É caracterizado clinicamente pelo aparecimento de placas eritêmato-violáceas e de rápida evolução. O tratamento depende da extensão da doença. A maioria dos casos são tratados com ampla ressecção cirúrgica e reconstrução. O objetivo é relatar um caso de reconstrução de grande defeito do couro cabeludo depois de uma dissecção oncológica, realizado no Hospital Central do Exército (HCE) - RJ.
Métodos: O caso foi tratado com enxerto autólogo e uso de matriz dérmica, em 2 tempos cirúrgicos, até a total cobertura da área lesionada.
Resultados: Obteve-se resultado satisfatório após as cirurgias de enxertia de pele na área ressecada.
Conclusão: O enxerto autólogo, juntamente a matriz dérmica mostrou-se uma opção viável na reconstrução do couro cabeludo.

Palavras-chave: Couro cabeludo; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Neoplasias de tecido vascular; Neoplasias cutâneas; Reabilitação

 

Surgical treatment of infantile nasal and labial hemangioma in the involuted phase: a case report

Monique Mendes; Rodolfo Costa Lobato; Luiz Carlos Ishida; Rolf Gemperli
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(2):254-257 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Infantile hemangioma (IH) is the most common vascular tumor and the most frequent benign neoplasm in childhood, with the highest incidence in females and the white population. Almost 60% of cases occur in the head and neck, and active treatment during the proliferative phase is the most frequently indicated, due to possible functional problems and disfiguring potential. We report a case of a patient with involute infantile hemangioma of the nasal tip and upper lip, treated expectantly during childhood, submitted to residual deformity correction with rhinoplasty techniques, associated with zetaplasty and upper lip grafting with good results and patient satisfaction.

Keywords: Hemangioma; Rhinoplasty; Lip; Nasal diseases; Nose.

 

RESUMO

Hemangioma infantil (HI) é o tumor vascular mais comum e a neoplasia benigna mais frequente da infância, com maior incidência no sexo feminino e na população branca. Quase 60% dos casos ocorrem em cabeça e pescoço, sendo o tratamento ativo durante a fase proliferativa mais frequentemente indicado, em decorrência dos possíveis problemas funcionais e do potencial desfigurante. Relatamos um caso de paciente com hemangioma infantil involuído de ponta nasal e lábio superior, tratado de forma expectante durante a infância, submetida à correção da deformidade residual com técnicas de rinoplastia, associado à zetaplastia e lipoenxertia do lábio superior com bom resultado e satisfação do paciente.

Palavras-chave: Hemangioma; Rinoplastia; Lábio; Doenças nasais; Nariz

 

Haemangioma of the nasal bone: case report

Bruno Barreto Cintra; Regina Maura do Nascimento de Castro Santos; Gilson Luís Duz; Rogério Benatti Ferramola; Maylin Auras
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):343-346 - Case Reports

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Haemangioma of the nasal bone are very rare pathology, as the bone haemangioma. They are locate, in the most of cases, on the vertebral spine and skull. The nasal bone haemangioma are pathology more rare. On the literature reviewed, there were related 32 cases, all of them with just bone involved, and obscure origin.

Keywords: Hemangioma. Nasal bone. Facial bones. Neoplasms. Nose neoplasms/surgery.

 

RESUMO

Hemangiomas nasais são afecções muito raras. Hemangiomas ósseos, da mesma forma, se localizam preferencialmente na coluna vertebral e no crânio. Os hemangiomas em ossos do nariz, por sua vez, são afecções ainda mais raras. Na literatura pesquisada, são descritos 32 casos. Todos estes, com comprometimento ósseo apenas, e de etiologia ainda obscura. Os autores descrevem o caso, em paciente de 49 anos, com história de tumoração nasal há 10 anos, cujo tratamento realizado foi ressecção cirúrgica.

Palavras-chave: Hemangioma. Osso nasal. Ossos faciais. Neoplasias. Neoplasias nasais/ cirurgia.

 

Case Report: Klippel-Trénaunay-Weber syndrome

VICTOR PARREIRA BIZINOTO; ANDRÉ DE OLIVEIRA MARTINS; ADRIANA SANTA CECÍLIA BORGES; MARIA APARECIDA LIMA; JULIO DANTE BONETTI
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):419-422 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The Klippel-Trénaunay-Weber syndrome (KTWS) is characterized by several signs, including capillary malformations and venous malformations with or without lymphatic malformations associated with limb overgrowth. In most cases, only one extremity is involved with arteriovenous malformation, and approximately 75% of the patients manifest symptoms before 10 years of age.
Case Report: We report a case of a 7-month-old patient with KTWS followed-up at the Plastic Surgery Service of the Hospital de Clínicas, Federal University of Uberlândia; surgical treatment of the lesion was proposed for the patient.
Conclusion: Since KTWS is a progressive disease with severe morbidity, the patient must be followed-up at a reference center by experienced staff with diverse therapeutic arsenal.

Keywords: Klippel-Trénaunay-Weber syndrome; Vascular malformations; Hemangioma

 

RESUMO

Introdução: A síndrome de Klippel-Trénaunay-Weber (SKTW) é caracterizada pelo conjunto de sinais que consiste em malformações capilares, malformações venosas com ou sem malformações linfáticas associado ao supercrescimento de membros. Na maioria das vezes, envolve apenas uma extremidade com malformação arteriovenosa e cerca de 75% dos pacientes manifestam antes dos 10 anos de idade.
Relato de Caso: Relatamos um caso de Klippel-Trénaunay-Weber em um paciente de 7 meses em acompanhamento na enfermaria da Cirurgia Plástica do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia para o qual foi proposto tratamento cirúrgico da lesão.
Conclusão: Como a SKTW é uma doença com morbidade progressiva e grave, o paciente deve ser acompanhado em um centro de referência com experiência e arsenal terapêutico diversificado para atuar da melhor forma possível no tratamento.

Palavras-chave: Síndrome de Klippel-Trenaunay-Weber; Malformações vasculares; Hemangioma

 

Bilabial double lip

Gustavo Felipe Pasqual; Luciana de Vasconcelos Sá; Luiz Alexandre Lorico Tissiani
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):311-314 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

There are few published reports on double lip, a rare entity that usually affects the upper lip, and that is easily diagnosed clinically. It may be congenital or acquired. Surgical treatment is indicated for aesthetic or functional complaints, and is simple to implement. This report describes a case of bilabial double lip in a 14-year-old male patient, in whom surgical correction was carried out for aesthetic reasons, with excellent aesthetic and functional results.

Keywords: Lip; Lip abnormalities; Salivary glands; Reconstructive surgical procedures.

 

RESUMO

O lábio duplo é uma entidade rara, com poucos relatos, que geralmente afeta o lábio superior, sendo de fácil diagnóstico clínico. Pode ter origem congênita ou adquirida. O tratamento cirúrgico é indicado por queixa estética ou funcional, de simples execução. Este relato refere-se a um caso de lábio duplo bilabial em paciente do sexo masculino de 14 anos, em que foi realizada correção cirúrgica por motivação estética do paciente, com ótimo resultado dos pontos de vista estético e funcional.

Palavras-chave: Lábio; Lábio/anormalidades; Glândulas salivares; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

The use of the Karapandzic flap for reconstruction of the lower lip after trauma

João Augusto Martins Guimarães; Antonio Carlos Roma Júnior; Ricardo Finatto Amaral; José Álvaro Loureço Gasques; Antonio Roberto Bozola
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(4):661-663 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Lip reconstruction is a challenge to the plastic surgeon. The lips are the dynamic center of the lower third of the face, being essential for facial movements and expression, speech, deglutition, suction, and containment of salivary secretions, as well as esthetic appearance. Therefore, the objective of lip reconstruction should be functional recovery of the damaged structure and a good esthetic result. This article reports a case of severe traumatic labial injury and reconstruction, using the Karapandzic flap. The authors demonstrate its functionality and easy implementation as well as the final result.

Keywords: Lip; Lip/surgery; Lip/injuries; Surgical Flaps; Reconstructive surgical procedures.

 

RESUMO

A reconstrução labial representa um desafio ao cirurgião plástico. Os lábios são o centro dinâmico do terço inferior da face, sendo fundamentais para mímica e expressão facial, fala, deglutição, sucção e contenção de secreções salivares, sem esquecer-se do componente estético. Portanto, a reconstrução labial deve ter como objetivo o restabelecimento funcional da estrutura lesada e um bom resultado estético. Este artigo relata um caso de lesão labial traumática grave e sua reconstrução, com a utilização do retalho de Karapandzic. Os autores demonstram sua funcionalidade e fácil execução, assim como seu resultado final.

Palavras-chave: Lábio; Lábio/cirurgia; Lábio/lesões; Retalhos cirúrgicos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Tratamento cirúrgico de malformação vascular no lábio inferior: relato de caso

Juliana Metzker Oliveira Bergamo; Thiago Assis Lisboa; Aline Carvalho Dinali; Theodoria Horstt Bacelar; Lucio Flavio Manetta Martins Belem; Guilherme Passos De Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.2):82-84 - 33ª Jornada Norte-Nordeste de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Hemangiomas and vascular malformations are histologically benign lesions, but may have a severe repercussion with an unfavorable clinical pattern. In addition to the risks of functional deficits, deformities, especially when present on the face, often imply the occurrence of social and psychological impairment. The combination of treatment modalities may be beneficial, but surgical resection of the lesion follows as the only treatment capable of leading to radical healing. This paper intends to report a case of vascular malformation of lower lip treated in our service, emphasizing that the surgical approach of these cases results in expressive aesthetic and psychosocial gain, avoiding the use of other complementary therapeutic methods.

Keywords: Hemangioma; Vascular malformations; Lip neoplasms; Reconstructive surgical procedures.

 

RESUMO

Os hemangiomas e malformações vasculares são lesões histologicamente benignas, mas que podem ter repercussão severa, com quadro clínico desfavorável. Além dos riscos de déficits funcionais, as deformidades, principalmente quando presentes na face, implicam muitas vezes na ocorrência de comprometimento social e psicológico. A combinação de modalidades de tratamento pode ser benéfica, mas a ressecção cirúrgica da lesão segue como único tratamento capaz de resultar na cura radical. Este trabalho pretende relatar um caso de Malformação vascular de lábio inferior tratado em nosso serviço, ressaltando que a abordagem cirúrgica desses casos resulta em ganho estético e psicossocial expressivos, dispensando uso de outros métodos terapêuticos complementares.

Palavras-chave: Hemangioma; Malformações vasculares; Neoplasias labiais; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Lip reconstruction with cervical platysma muscle randomized flaps

Rodrigo Cesar Pimenta Gomes; Francisco de Assis Montenegro Carvalho; Leonardo Michal Zakzak; Ricardo Lapa Kruse; Fernando Soares de Alcântara; Régis Pinheiro Nogueira; Nidall de Sousa Raad
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(2):319-323 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Surgical reconstruction of lip deformities requires proper anatomical knowledge and surgical techniques. Factors such as location, extent, depth, and appropriate initial treatment of the lesion are parameters that are simultaneously analyzed to identify the most suitable surgical strategy. The flap described by Tsur is defined as a platysma muscle randomized flap, and can be raised from the neck as a unipedicled or bipedicled tube, depending on the size and location of the loss of substance. This may include the hairy cervical area, and it can be used in defects of the partial or total plane of the lip. METHOD: Three patients with extensive loss of lip substance underwent surgery. A bipedicled flap was used in two cases, and a unipedicled flap in one case. RESULTS: In the first patient, one pedicle of the cervical flap was released on the 15th postoperative day. After 30 days, we released the other, after full integration into the upper lip. From this, flaps were randomly made for the reconstruction of the lower lip, columella, and nasal tip. The second patient developed necrosis of the central portion of the flap, and the recipient bed was anchored next to the commissure. The patient showed improved salivary continence. The third patient progressed well, and the tongue flap used to reconstruct the upper lip was released three weeks later. CONCLUSION: Reconstruction with a Tsur flap was useful in cases of total reconstruction of the upper and lower lip, in addition to being a great alternative in situations in which it was impossible to use microsurgical flaps. This technique also allowed the achievement of satisfactory aesthetic outcomes, and resulted in the recovery of masticatory function and appropriate speech, despite the initial complexity of the cases.

Keywords: Reconstruction; Lip; Surgical flap; Neck.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução cirúrgica da deformidade labial exige bom conhecimento anatômico e técnica cirúrgica. Fatores como localização da lesão, extensão, profundidade e tratamento inicial adequado constituem variáveis que são analisadas em conjunto para a estratégia cirúrgica mais apropriada. O retalho de Tsur é definido como randomizado do músculo platisma que pode ser elevado do pescoço como tubo unipediculado ou bipediculado, dependendo do tamanho e da localização da perda de substância. Pode incluir área pilosa cervical e ser utilizado em defeitos de plano parcial ou total do lábio. MÉTODO: Foram operados três pacientes com perda de substância labial extensa. Foi utilizado retalho bipediculado em dois casos e unipediculado em um caso. RESULTADOS: No primeiro paciente, foi liberado um dos pedículos do retalho cervical no 15º dia do pós-operatório. Após 30 dias, o outro foi liberado após integração completa ao lábio superior. A partir deste, retalhos ao acaso foram confeccionados para reconstrução do lábio inferior, columela e ponta nasal. O segundo paciente evoluiu com necrose da porção central do retalho, sendo realizada confecção de leito de ancoragem próximo à comissura. Apresentou melhora da continência salivar. O terceiro paciente evoluiu bem, sendo liberado o retalho lingual utilizado para reconstruir o lábio superior após 3 semanas. CONCLUSÃO: A reconstrução com o retalho de Tsur mostrou-se útil nos casos de reconstrução total do lábio superior e inferior, além de ser ótima alternativa na situação de impossibilidade de utilização do retalho microcirúrgico e de permitir um resultado estético aceitável com recuperação da função mastigatória e da fala adequadas, apesar da complexidade inicial dos casos.

Palavras-chave: Reconstrução; Lábio; Retalhos cirúrgicos; Pescoço.

 

Diagnosis and treatment of infantile hemangioma

Patrícia Yuko Hiraki, Dov Charles Goldenberg
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(2):388-397 - Reviw Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Infantile hemangioma is the most common benign tumor of infancy. Incidence is around 2.5 to 5% in caucasian newborns, with predominance in females. For a long period of time, the lack of a single classification accepted worlwide impaired treatment, management and comparisons between treatment groups. In 1996, The International Society for the Study of Vascular Anomalies proposed a classification for vascular anomalies, dividing vascular anomalies in two main groups: vascular tumors and vascular malformations. Infantile hemangioma is the most frequent vascular tumor. There are still several hypothesis for the explanation hemangioma development. Clinically there are three distinct phases, named proliferative, involutive and involuted. Diagnosis is clinically based and imaging methods like magnetic ressonance, ultrasound and interventional radiology may be useful in some cases. The majority of infantile hemangiomas have favorable resolution due to spontaneous regression. However, in some cases complications are present, like ulceration, bleeding, infection or systemic complications. In these cases, active treatment is indicated, as well as in cases of relative indication, depending on size and tumor location. Surgical resection and medical treatment are used. Medications more frequently used are oral corticosteroids, alfa-interferon - with more side effects and nowadays beta-blockers, with good response, less side effects, but still under research protocols.

Keywords: Hemangioma. Neoplasms, vascular tissue. Child.

 

RESUMO

O hemangioma infantil é o tumor vascular benigno mais frequente nas crianças. Apresenta incidência de 2,5 a 5% em recém-nascidos vivos caucasianos, com predominância no sexo feminino. Durante um longo período não havia uma classificação diagnóstica aceita internacionalmente, dificultando a criação de condutas, bem como comparações entre os diversos tratamentos. Em 1996, a International Society for the Study of Vascular Anomalies dividiu as anomalias vasculares em duas categorias: tumores vasculares e malformações vasculares. O hemangioma a partir deste momento passou a significar um tumor benigno com características peculiares. A sua origem ainda é incerta e diversas hipóteses são formuladas para explicá-la. O quadro clínico apresenta três fases bem definidas: proliferativa, involutiva e involuída. O diagnóstico é realizado por meio da anamnese e do exame físico; quando indicados, ressonância magnética, ultrassom e métodos angiográficos podem ser auxiliares. A maioria dos hemangiomas infantis tem resolução favorável para regressão completa, sem complicações. No entanto, alguns deles podem levar ao comprometimento funcional ou apresentar complicações como ulcerações, infecções, sangramentos ou complicações sistêmicas durante sua evolução. Estes são os casos em que há indicação terapêutica. Entretanto, outras indicações relativas de tratamento podem ser consideradas, devido à localização e às dimensões do tumor. Diversas opções de tratamentos estão disponíveis além do cirúrgico: os tratamentos clínicos, com corticoesteróides (o mais utilizado), o alfa-interferon, com suas indicações um pouco restritas pelos seus efeitos colaterais e, mais recentemente, os beta-bloqueadores, com boa resposta e poucos efeitos colaterais, mas ainda em fase de pesquisa em protocolos clínicos.

Palavras-chave: Hemangioma. Neoplasias de tecido vascular. Criança.

 

Orbital hemangiopericytoma

Sidney Zanasi Junior; Pedro Alexandre Martinez Lozano; Victor Hugo Lara Cardoso de Sá; Gerson Vilhena Pereira Filho; Thais Heinke
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3):487-489 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Hemangiopericytomas are rare tumors arising from the proliferation of pericytes. They may be found in the lungs, bones, skull, deep soft tissue or limbs. The tumor has an unpredictable prognosis and when it affects the orbital region, may have an aggressive behavior, with high incidence of recurrence. We report a case of orbital hemangiopericytoma and highlight clinical, surgical, and histopathological features of these tumors. Orbital hemangiopericytomas usually are solid, slow-growing tumors. They should be considered in the differential diagnosis of well-defined orbital masses along with epidermoid cysts, schwannomas, neurofibromas, fibrous histiocytomas, lipomas, and vascular malformations. The diagnosis is confirmed by anatomopathologic examination and sometimes complemented by immunohistochemistry. Complete excision of the tumor with wide margins is usually curative; however, radiotherapy and chemotherapy may be required for recurrent lesions.

Keywords: Hemangiopericytoma. Neoplasms, vascular tissue. Orbit/surgery.

 

RESUMO

Hemangiopericitomas são tumores raros originados a partir da proliferação de pericitos, ou seja, células que envolvem os capilares. São encontrados em ossos, pulmões, crânio, partes moles profundas ou membros inferiores, principalmente na coxa. É considerado um tumor com potencial de malignidade incerto e quando afeta a região orbitária pode apresentar um comportamento biológico agressivo, com grande chance de recidiva. O objetivo deste trabalho é relatar um caso de hemangiopericitoma orbital e destacar suas características clínicas, cirúrgicas e histopatológicas. Usualmente, os hemangiopericitomas da órbita são tumores sólidos, únicos e de crescimento lento. Devem ser lembrados no diagnóstico diferencial dos tumores orbitários bem delimitados, como cistos epidermoides, schwannomas, neurofibromas, fibro-histiocitomas, lipomas e malformações vasculares. A confirmação diagnóstica é realizada pelo exame anatomopatológico e, por vezes, complementada pelo estudo imuno-histoquímico. O tratamento deve ser realizado com exérese completa do tumor, com margens amplas, sendo a radioterapia e a quimioterapia reservadas para casos de lesões reincidentes.

Palavras-chave: Hemangiopericitoma. Neoplasias de tecido vascular. Órbita/cirurgia.

 

Malformação arteriovenosa facial: tratamento com embolização seletiva e ressecção cirúrgica

Nicolás Urroz; Denisse Hartwig; Tania Lena; Oscar Jacobo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):81-83 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

O tratamento de malformações arteriovenosas é complexo devido à alta taxa de recorrência e complicações. Este artigo descreve o tratamento interdisciplinar de uma malformação arteriovenosa na região frontal, em um paciente de 38 anos tratado no Hospital Universitário. MÉTODOS: Realizamos uma pesquisa bibliográfica e apresentamos um caso clínico diagnosticado de malformação arteriovenosa infiltrada. Foram avaliados o manuseio e tratamento necessários e as recorrências e complicações, avaliando os resultados no médio e longo prazo. RESULTADOS: O seguimento foi realizado por 39 meses e consistiu numa embolização seletiva com Onyx e ressecção de 90% da malformação, realizando reconstrução com autoenxerto parcial de pele. Observou-se uma melhora clínica evidente, com diminuição da massa tumoral, controle da dor, sem evidência de recorrência ou complicações, apresentando um bom resultado estético. CONCLUSÕES: Os sintomas e características das lesões são fatores importantes na elaboração do plano de tratamento. A embolização e a ressecção parcial permitem um controle aceitável da doença, maior conservação das estruturas nobres em malformações arteriovenosas infiltradas, com baixa taxa de complicações no médio e longo prazo.

Palavras-chave: Malformações vasculares; Malformações arteriovenosas; Embolização terapêutica; Terapia combinada; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license