ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 20 from 160 result(s)

Search for : Implante mamário; Linfoma anaplásico de células grandes; Próteses e implantes; Seroma; Patologia

The use of adhesion sutures to minimize the formation of seroma following mastectomy with immediate breast reconstruction

Marcela Caetano Cammarota; Ismar Ribeiro Junior; Rafael Quaresma de Lima; Conrado Miranda de Almeida; Luciano Gomes de Moura; Leonardo Martins Costa Daher; Daniel Augusto dos Santos Soares; Milena Carvalho Almeida Galdino; José Carlos Daher; Fabrício Tavares Mendonça
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(2):158-165 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Breast cancer is the most common cancer among women in Brazil. With the advent of immediate breast reconstruction, several techniques with many benefits for patients were introduced, including the use of alloplastic materials. A seroma is a frequent complication in all surgical procedures, and several methods have been developed to prevent it, which include the use of vacuum suction drains and adhesion sutures, as proposed by Baroudi. This study aims to demonstrate the advantages of the use of adhesion sutures between subcutaneous tissue and the muscle flap in breast reconstruction using implants or expanders after mastectomy. METHODS: Patients who underwent breast reconstruction using implants or expanders after mastectomy were followed up for 5 months . Patients were divided into a control group treated without adhesion sutures, and a Baroudi group treated with adhesion sutures. RESULTS: A statistically significant difference was observed with the use of adhesion sutures, with a lower incidence of seroma, reduced drain permanence, less need to return to the clinic, and faster recovery. There was no increase in surgical complications. CONCLUSION: The use of adhesion sutures in breast reconstruction is an effective option that reduces the occurrence of seroma and associated complications, resulting in faster recovery and return to normal activities.

Keywords: Mastectomy; Seroma; Postoperative complications; Drainage; Prostheses and implants.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O câncer de mama é o tipo mais frequente de câncer entre as mulheres no Brasil. Com o advento das reconstruções mamárias imediatas, várias técnicas começaram a ser utilizadas. O uso de materiais aloplásticos é uma delas e, quando bem indicados, trazem inúmeros benefícios às pacientes. O seroma é uma complicação cirúrgica frequente e comum em todos procedimentos cirúrgicos, e, para preveni-lo, várias opções são conhecidas, como o uso de drenos de sucção a vácuo e os pontos de adesão propostos por Baroudi. Visamos demonstrar o benefício dos pontos de adesão entre o tecido subcutâneo resultante da mastectomia e o retalho muscular nas reconstruções mamárias com uso de próteses ou expansores. MÉTODOS: Foram selecionadas pacientes submetidas à reconstrução mamária após mastectomia, com uso de próteses ou expansores num período de 5 meses. Foram formados dois grupos, sendo o grupo controle as pacientes em que não foram utilizados os pontos de adesão, e o grupo Baroudi composto pelas pacientes em que os pontos de adesão foram utilizados. RESULTADOS: Encontramos um resultado estatisticamente significante no uso dos pontos de adesão, levando a menor ocorrência de seroma e tempo de permanência do dreno menor, bem como menor necessidade de retornos ao consultório e recuperação mais rápida. Não houve aumento das complicações cirúrgicas. CONCLUSÃO: O uso dos pontos de adesão para reconstrução de mama é uma opção eficaz que reduz a ocorrência de seroma e as complicações associadas a ele, proporcionando uma retomada mais rápida às atividades habituais das pacientes.

Palavras-chave: Mastectomia; Seroma; Complicações pós-operatórias; Drenagem; Próteses e implantes.

 

A study of physical and organic capsule implants PIP and Rofil taken from 66 patients

Ana Paula Chiaradia Finamor de Souza
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):343-347 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: From the first breast implant surgeries to date, breast implants have advanced in contour, texture, size diversity, and augmentation options. We understand that any deviations from the rigorous techniques designed for breast implants may bring consequences difficult to predict. The purpose of this study is to analyse the physical and organic capsules of PIP and Rofil breast implants removed from 66 patients. METHOD: We have analyzed 98 pairs of PIP or Rofil breast implants employed in patients from November 2008 to March 2010, of whom 66 were reoperated in the period of February to April 2012. RESULTS: We have observed an increase in space and presence of material. We have also observed that there were intact breast implants with different aspects and ruptured breast implants with different rupture features and rupture percentage for different brands. CONCLUSIONS: The main reason for the replacement of breast implants was preventive. The studied brands presented different forms and different percentage of ruptures. Rupture is related to the implantation length of time.

Keywords: Breast implantation. Breast implants. Prostheses and implants. Reoperation.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: As próteses mamárias, desde o primeiro implante até hoje, evoluíram em conformação, textura, diversidade de tamanhos e opções construtivas. Quando há desvios relacionados à rigorosa técnica com que as próteses mamárias foram concebidas, as consequências são difíceis de prever. O objetivo deste estudo é analisar o estado físico e a cápsula orgânica de implantes mamários PIP e Rofil retirados de 66 pacientes. MÉTODO: Foram analisadas 98 pacientes portadoras de 98 pares de implantes mamários PIP e Rofil implantados no período de novembro de 2008 a março de 2010, das quais 66 foram reoperadas no período de fevereiro a abril de 2012. RESULTADOS: Foi observado aumento da loja confeccionada e presença de infiltrado nas pacientes avaliadas. Foram verificados, também, implantes mamários íntegros e implantes mamários rotos com apresentações distintas e porcentagem de ruptura diferente entre as marcas PIP e Rofil. CONCLUSÕES: O principal motivo para a troca dos implantes mamários foi preventivo. As marcas em estudo apresentaram formas e porcentagens de ruptura diferentes e a ruptura está relacionada com o tempo de implantação.

Palavras-chave: Implante mamário. Implantes de mama. Próteses e implantes. Reoperação.

 

Comparative histopathological analysis of coverings from silicone and polyurethane foams implanted in mice

Jorge Wagenführ Júnior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2007;22(1):19-23 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Breast silicone prostheses are used since the sixties, but the coating with polyurethane foam only appeared in the seventies. Since the development of silicone foam, by this article's author, much research has been carried out to study this new material. Objective: To evaluate vascular growth and amount of collagen from coverings of polyurethane foam and silicone foam implants. Method: Sixty-four Wistar male white mice were divided in two groups (polyurethane foam and silicone foam). They were implanted with subcutaneous discs in their back. The covering of the implants were analyzed after 28 days, 2 months, 3 months and 6 months with picrosirius red stain and polarized microscopy. This stain increases birrefringency of collagen fibers when observed under polarized light. The slides were assessed in a double blind manner by an Olympus® B201 and BX50 microscope, Sony® CCD-Iris Camera and Image Pro-Plus® version 4.5 software for the analysis of the amount of collagen. Results: Vascular growth was significantly different among the groups at 28 days (p=0.001), since the polyurethane group displayed more vessels. At the other moments, there was no significant difference between the groups. The collagen area was larger in the polyurethane group, which was significant at 28 days (p=0.001) and at 2 months (p=0.030). Conclusion: The number of vessels is higher, 28 days after the procedure, in the polyurethane foam coverings. These also showed a larger amount of collagen than the coverings from silicone foams did.

Keywords: Prostheses and implants. Silicones. Polyurethanes

 

RESUMO

Introdução: O uso de próteses de silicone ocorre desde os anos 60, mas a cobertura com espuma de poliuretano só apareceu na década de 70. Desde o desenvolvimento da espuma de silicone, pelo autor deste trabalho, várias pesquisas vêm sendo feitas para estudar as propriedades desse novo material. Objetivo: Analisar a vascularização e a quantidade de colágeno das cápsulas de implantes de espuma de poliuretano e espuma de silicone. Método: Optou-se por 64 ratos Wistar, que foram divididos em 2 grupos (espuma de poliuretano e espuma de silicone). Receberam implantes discóides subcutâneos em seu dorso. Foram analisadas histologicamente, com coloração de picrosiruis red, as cápsulas peri-implante com 28 dias, 2, 3 e 6 meses após a introdução dos implantes. Esta coloração provoca aumento da birrefringência das fibras de colágeno ao serem observadas à luz polarizada. A leitura das lâminas, do tipo fechado, duplo cego, foi realizada com microscópio Olympus® B201 e BX50, Câmera Sony® CCD-Iris e Software Image Pro-Plus® versão 4.5 para quantificação de colágeno. Resultados: A neoformação vascular foi significativamente diferente nos 2 grupos, aos 28 dias (p=0,001), pois o grupo poliuretano apresentava quantidade maior de vasos. Nos demais momentos, não houve diferença significativa entre os grupos. A área de colágeno, em todos os momentos, foi maior no grupo poliuretano, sendo significativo com 28 dias (p=0,001) e com 2 meses (p=0,030). Conclusão: A quantidade de vasos é maior, com 28 dias após o implante, nas cápsulas da espuma de poliuretano. Estas apresentam, também, uma quantidade maior de colágeno do que as cápsulas da espuma de silicone.

Palavras-chave: Próteses e implantes. Silicones. Poliuretanos

 

Gluteal implants - XYZ method: retrospective study

Genês Lopes de Almeida Júnior, Edinaldo Gonçalves de Almeida
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(2):113-111 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The concept of female beauty has changed through-out time, but the form and size of the breasts and gluteal region have remained constant as symbols of maximum femininity. The body expositions, especially on the gluteal area, has develop an increase of seek for buttocks surgery with silicone implants. Objective: The purpose of this study is to demonstrate the author's experience with the XYZ intramuscular method, emphasing the importance of the anatomical knowledge about gluteal area. Method: This paper was retrospective and consecutive of 11 gluteoplasty using the XYZ intramuscular method, between June 2006 and February 2008. All the patients were female. Results: All the implants used smooth and the sizes: 270 ml (45.45%); 300 ml (18.18%); 240 ml (18.18%); 350 ml (9.09%); 360 ml (9.09%). All the patients were necessary to perform liposuction of the flanks. In 2 (18.18%) cases were necessary to perform the lifting the dermo tuberal anchorage technique. Complications and their respective incidences include: seroma - 1 (9.09%) case; dehiscence of suture - 1 (9.09%) case; double-bubble - 1 (9.09%) case. Conclusion: The XYZ intramuscular method has proved to be a safe and reproduce to reshaping the buttocks, with very low rates of complication.

Keywords: Buttocks. Silicone elastomers. Prostheses and implants.

 

RESUMO

Introdução: O conceito de beleza feminina tem mudado ao longo dos anos, porém a forma e o tamanho das mamas e nádegas permanecem como símbolos de máxima feminilidade. A exposição corporal, especialmente da região glútea, tem proporcionado um aumento da procura pela cirurgia de gluteoplastia de aumento com utilização de implantes de silicone. Objetivo: O propósito do estudo é mostrar a experiência dos autores com a técnica XYZ de colocação de implantes glúteos intramusculares, enfatizando a importância do conhecimento anatômico da região glútea. Método: O trabalho foi um estudo retrospectivo e consecutivo de 11 gluteoplastias de aumento com a utilização da técnica XYZ, no período de junho de 2006 a fevereiro de 2008. Todos os pacientes eram do sexo feminino. Resultados: Os implantes utilizados foram todos lisos e os volumes: 270 ml (45,45%); 300 ml (18,18%); 240 ml (18,18%); 350 ml (9,09%) e 360 ml (9,09%). Em todas as pacientes, foi realizada lipoaspiração dos flancos. Em 2 (18,18%) casos, foi realizado o lifting glúteo inferior dermotuberal. As complicações e suas respectivas incidências foram: seroma - 1 (9,09%) caso; deiscência de sutura - 1 (9,09%) caso; double-bubble - 1 (9,09%) caso. Conclusão: A técnica intramuscular XYZ proporciona resultados seguros e reprodutíveis para o remodelamento das nádegas, com baixo índice de complicações.

Palavras-chave: Nádegas. Elastômeros de silicone. Próteses e implantes.

 

Columellar rhinoplasty: a new vision using solid silicone

José Carlos Daher; Marcela Caetano Cammarota; Jefferson Di Lamartine Galdino; Cesar Augusto Daher Ceva Faria; Alberto Benedik Neto; Gustavo de Souza Guimarães
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(3):450-457 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Background: The treatment of columello labial angle is an important point in rhinoplasty. We believe that this angle is depressed and acute, in function of a retracted position of the maxilla and nasal spine, that represent a "back" support to the nasal pyramid basis. Objective: We describe in this paper our technique, using a small compact silicone device, included through a vestibular approach, introduced into the columella and supported in front of the maxilla, functioning like an actual advance of the maxilla, redefining the columella shape and projecting the all basis of nasal pyramid and consequently, the nasal tip. Methods: This alloplastic implant was carved in a "medium" or "soft" silicone block (Silimed®), following a pre defined design, adapted to each patient. Results: We have excellent aesthetic with this procedure, replacing many times a classic rhinoplasty, more complex and invasive procedure, or joining additional help associated to it. In our 32 years practice using this technique and among 181 treated patients, we had late expositions of this implant in only two cases.

Keywords: Rhinoplasty. Nose/surgery. Prostheses and implants.

 

RESUMO

Introdução: Nas rinoplastias, o tratamento do ângulo columelo-labial é ponto de relevância. A observação levou-nos a crer que, muitas vezes, o ângulo nasal deprimido e agudo ou a falta de projeção da ponta nasal devem-se a uma hipotrofia ou posição recuada do maxilar e da espinha nasal, tornando-os um suporte "recuado" para a base da pirâmide. Isto, associado à falta de sustentação ou reduzidas dimensões das cruras medialis das cartilagens alares, leva a narizes achatados, aduncos, podendo produzir pseudogibas. Objetivos: O objetivo deste trabalho é descrever uma nova concepção de rinoplastia, por técnica em que usamos uma pequena peça de silicone compacta, colocada por via de acesso no vestíbulo bucal, que se encaixará na columela e se apoiará na maxila e espinha nasal, funcionando como um verdadeiro avanço frontal, redefinindo a forma da columela e recolocando e redimensionando toda a base nasal, cuja ponta é projetada no espaço para frente. Método: O implante aloplástico foi esculpido em silicone "medium" (Silimed®) ou "soft", com desenho prédefinido e que se ajustou a cada caso. O procedimento foi acompanhado (ou não) da fratura dos ossos nasais pelos processos convencionais. Resultados: Os resultados estéticos do procedimento são extremamente animadores, muitas vezes substituindo procedimentos de rinoplastias mais complexos e invasivos, ou complementando-os com eficiência. Em nossa prática de 32 anos de uso desta técnica, aplicamos o procedimento em 181 pacientes, com exposição do implante em apenas dois casos.

Palavras-chave: Rinoplastia. Nariz/cirurgia. Próteses e implantes.

 

A report on complications of breast implantation: evaluation of 546 cases in 8 years

Raquel Eckert Montandon
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(3):352-360 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Breast augmentation implant surgery is one of the most frequently performed plastic surgery procedures; however, it can be challenging because of its associated complications. METHOD: We conducted a retrospective study of 546 patients operated on in eight years (May 2004 to May 2012). These patients underwent breast augmentation, alone or in association with mastopexy or breast reduction. RESULTS: In this study, 84.8% textured and 15.2% polyurethane prostheses, with 91.7% deployed in the subglandular plane and 8.24% in the submuscular plane, were used. We investigated the occurrence of contracture (3.3%), seroma (2.7%), ptosis (2.7%), and infection (0.6%). Most contractures occurred 5 years after surgery and only in textured prostheses, which had a longer follow-up (4.2 years for textured implants vs. 1.7 years for polyurethane implants). There was a higher frequency of ptosis in textured implants and of infection in polyurethane implants. Only patients with textured prostheses showed contractures in the observed period. Concerning the deployment plane, seroma was more frequently observed in submuscular implants. More complex procedures showed a higher rate of complications. Polyurethane implants were associated with increased infection rates, whereas textured implants resulted in ptosis and seroma; however, there were no differences in contracture rates. All cases of infection occurred in patients who received reduction mammoplasty with polyurethane prostheses and were caused by common germs, with no cases of mycobacterial infection. CONCLUSIONS: Contractures and ptosis uniquely occurred in textured prostheses in the shortest follow-up time. Infection occurred only in polyurethane prostheses. Mastopexies and reduction mammoplasties showed a progressively higher rate of complications.

Keywords: Breast implant; Polyurethanes; Capsular contracture of implants; Seroma.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O implante de próteses mamárias é uma das cirurgias mais frequentes e desafiadoras da cirurgia plástica, devido às complicações associadas. MÉTODO: Foi realizado um estudo retrospectivo de 546 pacientes operadas em oito anos (maio de 2004 a maio de 2012), sendo estudadas todas as pacientes submetidas à inclusão de próteses mamárias, isoladamente ou associadas à mastopexia ou mamoplastia redutora. RESULTADOS: Foram utilizadas próteses texturizadas em 84,8% e poliuretano, em 15,2%, com plano de implantação subglandular em 91,7% e submuscular, em 8,24%. Foram estudados: contratura (3,3%), seroma (2,7%), ptose (2,7%) e infecção (0,6%). A maioria das contraturas surgiu cinco anos após a cirurgia e apenas nas próteses texturizadas, que tiveram tempo de seguimento maior (4,2 anos, nas próteses texturizadas versus 1,7 ano nas de poliuretano). Houve maior frequencia de ptose nas texturizadas e de infecção, nas de poliuretano. Somente apresentaram contraturas pacientes com próteses texturizadas no período observado. Comparando-se o plano de implantação, o seroma foi mais frequente nas submusculares. Considerando-se a complexidade do procedimento, houve aumento do índice de complicações: nas implantadas com poliuretano, aumentou o índice de infecção; nas texturizadas, de ptose e seroma, mas não houve diferenças quanto à contratura. Todos os casos de infecção ocorreram em mamoplastias redutoras com próteses de poliuretano e foram causados por germes comuns, sem casos de micobactérias. CONCLUSÕES: Contraturas e ptose foram exclusivas em próteses texturizadas, no tempo de seguimento mais curto. Infecção apenas ocorreu em próteses de poliuretano. As mastopexias e mamoplastias redutoras apresentaram um índice progressivamente mais alto de complicações.

Palavras-chave: Implante mamário; Poliuretanos; Contratura capsular de implantes; Seroma.

 

Mastopexy and breast augmentation with protection and inferior support of the prosthesis with inferior pedicle flap

João Ricardo Basso Mansur, Antonio Roberto Bozola
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(3):304-309 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

The authors mark the mammary meridian, the sub mammary fold, the intersection between these lines (point I), its projection on mamma (point A) and two others intermediaries points A1 and A2, quantifying the skin resection in two spindles between A1 and A2 and between A2 and I by bidigital impingement. They use a vertical mammary flap with inferior pedicle, slid downward in V-Y during the closure of the incisions, after the introduction of the prosthesis and increase of the projection of mamma, offering protection and higher support to the prosthesis, and avoiding the palpation feeling in the mammary groove. The technique still excludes the sliding of the prosthesis below the groove and the consequent emptying of the lap. The authors obtained good results in 56 patients operated.

Keywords: Mammaplasty. Prostheses and implants. Breast/surgery.

 

RESUMO

Os autores marcam o meridiano mamário, o sulco mamário, a intersecção entre essas linhas (ponto I), a projeção dele sobre a mama (ponto A) e outros dois pontos intermediários A1 e A2, quantificando a ressecção da pele em dois fusos entre A1 e A2 e A2 e I determinados por pinçamento bidigital. Utilizam a tática do retalho mamário vertical de pedículo inferior deslizado para baixo em V-Y durante o fechamento das incisões, após a introdução da prótese e aumento da projeção da mama, a fim de oferecer proteção e maior suporte à prótese e eliminar a sensação de palpação da mesma no sulco mamário. A técnica ainda evita o deslizamento da prótese abaixo do sulco e o consequente esvaziamento do colo. Obtiveram bons resultados em 56 pacientes operadas.

Palavras-chave: Mamoplastia. Próteses e implantes. Mama/cirurgia.

 

Late seroma after silicone breast implants: three different forms of presentation, evolution, and approach

Talita Franco; Diogo Franco
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(2):247-252 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: Late seromas after augmentation mammaplasty are uncommon, can manifest without a defined cause, and can be treated by implant removal or replacement. This study aimed to analyze three cases of this complication that occurred 1-10 years postoperatively and were treated differently. METHODS: Data of three patients who developed late seroma after breast implant placement were analyzed. In this report, we present data on the indication for implant placement, time without complications, implant type, and the analytical results of the removed or drained material. RESULTS: Two patients underwent bilateral implant removal, although only one side was affected, and the implant was replaced with another of the same type and volume in the third patient. One case of sterile pus was diagnosed. CONCLUSIONS: Before undergoing breast implant surgery, patients should be informed of the implications of their decisions, such as the possible need to remove or replace them, resulting in more surgical procedures and/or new scars.

Keywords: Breast implantation/adverse effects. Seroma. Breast/surgery. Mammaplasty.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Os seromas tardios após mamoplastia de aumento são ocorrências pouco comuns, que podem se manifestar sem causa definida e cujo tratamento implica a retirada ou a troca das próteses. Este trabalho objetiva analisar 3 casos dessa complicação, ocorrida entre 1 ano e 10 anos de pós-operatório, tratados de formas distintas. MÉTODO: Foram analisados os dados de 3 pacientes que apresentaram seroma no pós-operatório tardio de inclusão de próteses de mama. Neste artigo são apresentados dados relativos a indicação da inclusão, tempo de evolução sem complicações, tipo de prótese e resultado da análise do material retirado ou drenado. RESULTADOS: Em 2 pacientes, foi realizada retirada bilateral das próteses, apesar de somente um dos lados ter sido afetado; na terceira paciente, procedeu-se à troca da prótese por outra de mesmo volume e tipo. Um dos casos foi diagnosticado como pus estéril. CONCLUSÕES: Previamente à inclusão de próteses mamárias, a paciente deve ser alertada para o fato de que sua decisão poderá ter implicações futuras, sendo, eventualmente, necessário trocá-las ou retirá-las, o que resultará em novas cirurgias e/ou novas cicatrizes.

Palavras-chave: Implante mamário/efeitos adversos. Seroma. Mama/cirurgia. Mamoplastia.

 

Breast implant-associated anaplastic large-cell lymphoma: a systematic literature review

Daniel Sundfeld Spiga Real; Beatriz Sant'ana Resendes
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(4):531-538 - Review Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Breast implant-associated anaplastic large-cell lymphoma (BIA-ALCL) is a newly discovered and rare cancer possibly associated with textured breast implants. This literature review investigates its epidemiology, pathophysiology, and risk factors. PubMed, LILACS, and SciELO databases were searched from December 2018 to February 2019, and 10 articles published between 2016 and 2018 were selected. The incidence of BIA-ALCL ranged from 2.8:100,000 to 1:3 million breast implants. The obtained data corroborate the hypothesis that there is no direct cause and effect relationship between breast implants, especially textured implants, and BIA-ALCL, and these implants can be considered risk factors but not causative factors. The most accepted hypothesis on disease pathophysiology is that breast implants with larger surface areas may promote bacterial adhesion and biofilm formation, leading to severe chronic inflammation, triggering the malignant transformation of T cells. This review provides knowledge on BIA-ALCL and helps develop and implement public policies for disease prevention and timely diagnosis. The data highlight that long-term follow up is necessary and that surgeons should advise patients of the potential risk of developing BIA-ALCL before performing the implant surgery.

Keywords: Breast implant; Anaplastic large-cell lymphoma; T-cell lymphoma; Non-Hodgkin's lymphoma; Breast cancer.

 

RESUMO

O linfoma anaplásico de grandes células associado ao implante de mama (Breast Implant Associated Anaplastic Large Cell Lymphoma - BIA-ALCL) é uma doença maligna recentemente descoberta, rara e possivelmente associada aos implantes mamários texturizados. Essa revisão da literatura teve como objetivo trazer novas atualizações acerca da epidemiologia, fisiopatologia e fatores de risco para desenvolvimento do BIAALCL. Foi realizado o levantamento de dados do período de dezembro de 2018 a fevereiro de 2019, através das bases de dados PUBMED, LILACS e Scielo sendo selecionados 10 artigos publicados entre 2016 e 2018. Foi encontrada uma incidência variando entre 2,8:100.000 a 1:3 milhões de pacientes com implantes mamários. Os dados coletados corroboram para a teoria de que não há uma relação direta de causa e efeito entre os implantes mamários, mormente os texturizados, e o desenvolvimento do BIA-ALCL, podendo esses ser considerados somente como fatores de risco e não agentes causadores. A teoria fisiopatológica mais aceita é a de que os implantes mamários com maior área de superfície levariam a formação de maior biofilme por maior adesão bacteriana gerando inflamação crônica mais proeminente, levando ao gatilho para a transformação maligna das células T. As informações explicitadas nessa revisão devem auxiliar na ampliação de estudos acerca da doença e criação de políticas públicas para a prevenção e diagnóstico precoce de tal enfermidade. Pelos dados encontrados há necessidade de que cirurgiões plásticos realizem acompanhamento mais próximo de seus pacientes, assim como orientem os pacientes antes das cirurgias sobre a existência da doença.

Palavras-chave: Implante mamário; Linfoma anaplásico de células grandes; Linfoma de células T; Linfoma não Hodgkin; Neoplasias da mama

 

Breast discomfort after augmentation mammoplasty: a case report

Giancarlo Cervo Rechia; Verônica Hamann Aita
Rev. Bras. Cir. Plást. 2021;36(3):334-338 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Mammoplasty with prostheses is one of the most performed plastic surgeries in the world. However, the healing process around the implant and the presence of a biofilm can lead to the development of pathologies such as capsular contracture and seroma. These pathologies seem to be physiologically related to the development of lymphoma associated with breast implants (BIA-ALCL), which is also a differential diagnosis. The purpose of this study is to report the case of a patient with breast discomfort who, after two previous surgeries for seroma drainage and prosthesis replacement, presented breast discomfort and alteration in imaging of the left breast. She was, submitted to a capsulectomy in a block of the left breast and complete on the right, having her prostheses replaced. Bia-ALCL investigation tests were negative and pathological findings were suggestive of left capsular contracture and double capsule formation on the right. The study emphasizes the importance of differential diagnosis in mammary pathologies, long-term follow-up, and prophylaxis measures in biofilm formation.

Keywords: Seroma; Biofilms; Capsular contracture in implants; Large cell anaplastic lymphoma; Breast implants.

 

RESUMO

A mamoplastia com próteses é uma das cirurgias plásticas mais realizadas no mundo. O processo cicatricial ao redor do implante e a presença de um biofilme pode acarretar o desenvolvimento de patologias como contratura capsular e seroma. Essas patologias parecem estar relacionadas fisiopatologicamente com o desenvolvimento do linfoma associado aos implantes mamários (BIA-ALCL), sendo este também um diagnóstico diferencial. A proposta deste trabalho é relatar o caso de uma paciente com desconforto mamário, que após 2 cirurgias prévias para drenagem de seroma e troca de próteses, apresentava desconforto mamário e alteração em exames de imagens da mama esquerda. Sendo submetida a uma capsulectomia em bloco da mama esquerda e completa à direita, tendo suas próteses substituídas. Os exames para investigação de BIA-ALCL foram negativos e os achados patológicos foram sugestivos de contratura capsular à esquerda e formação de dupla cápsula à direita. O trabalho enfatiza a importância do diagnóstico diferencial em patologias mamárias, o acompanhamento a longo prazo e medidas de profilaxia na formação do biofilme.

Palavras-chave: Seroma; Biofilmes; Contratura capsular em implantes; Linfoma anaplásico de células grandes; Implantes de mama.

 

Gluteal prosthesis: use of liposuction on the improvement of results

José Nava Rodrigues Neto, Gustavo Souza Guimarães, Alberto Benedik Neto, Marcela Caetano Cammarota, José Carlos Daher
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(2):344-348 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: The liposuction brought new possibilities for the improvement of the body contour. The use of prosthesis in order to increase the gluteal region brought interesting options for the treatment of moderate and accentuated hypertrophy, in which the lipograft did not fulfill the expected results. The purpose of the present study was to analyze the results of increase gluteoplasty, its association with liposuction, the surgical technique used, its results and its complications. Method: The study was developed at the Daher Hospital Study Center, retrospectively, where 41 patients had been submitted to increase gluteoplasty with the use of silicone prosthesis, between January 2005 and August 2010. The technique used was of placement of intramuscular prosthesis with incision in the intregluteal sulk. The liposuction was associated or not according to the judgment concerning its necessity. Results: From 41 patients, 40 were females and 1 male, averaging the age of 44.38 years old, ranging between 22 to 65 years of age. The prosthesis volume was ranging between 240 to 360 ml. The association among the surgeries happened in 70% of the patients. The complications were noticed in two patients. Discussion: The liposuction and the gluteal prosthesis appeared as an option for these big corrections, as the lipografting does not reach satisfying results in these cases, due to the lipoabsorption and fatty necrosis. Conclusion: Association of gluteal prosthesis with liposuction is a not so complex procedure, offering good results, with an improvement of the body contour and low rates of complication.

Keywords: Lipectomy. Buttocks/surgery. Prostheses and implants.

 

RESUMO

Introdução: A lipoaspiração trouxe novas possibilidades para a melhora do contorno corporal. O uso de próteses para aumentar a região glútea trouxe interessantes opções para tratamento de hipotrofias moderadas e acentuadas, nas quais a lipoenxertia não atingiu resultados satisfatórios. O objetivo deste estudo foi analisar os resultados da gluteoplastia de aumento, sua associação com lipoaspiração, a técnica cirúrgica usada, seus resultados e suas complicações. Método: O estudo foi realizado no Centro de Estudos do Hospital Daher, onde foram analisados 41 pacientes, retrospectivamente, submetidos à gluteoplastia de aumento com prótese de silicone, no período de janeiro de 2005 a janeiro de 2010. A técnica utilizada foi de colocação de prótese intramuscular com incisão no sulco interglúteo. A lipoaspiração foi associada ou não, de acordo com o julgamento quanto a sua necessidade. Resultados: Dos 41 pacientes, 40 eram do sexo feminino e 1 do sexo masculino, com média de idade de 44,38 anos, variando de 22 a 65 anos. O volume da prótese variou de 240 a 360 ml. A associação entre as cirurgias ocorreu em 70% dos pacientes. As complicações ocorreram em duas pacientes. Discussão: A associação entre lipoaspiração e prótese glútea na busca de melhores resultados possibilitou a correção de grandes lipodistrofias, para melhora do contorno corporal, quando a lipoenxertia não traz resultados satisfatórios. Conclusão: A associação de prótese glútea com lipoaspiração é uma conduta segura, de baixa complexidade, que apresenta bons resultados no contorno corporal, com baixas taxas de complicação.

Palavras-chave: Lipectomia. Nádegas/cirurgia. Próteses e implantes.

 

Analysis of implant exchange on the last five years at Ivo Pitanguy Clinic

Ivo Pitanguy; Natale F. Gontijo de Amorim; André Ventura Ferreira; Ralf Berger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(4):668-674 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Background: The breast augmentation surgery was the most performed in Brazil in 2008. With the evolution of the technique and the quality of the implants, complications have diminished, leading to a more secure procedure. Objective: To assess the profile of patients submitted to implant exchange in the last five years at Ivo Pitanguy Clinic, analyzing the causes that led to implant removal. Methods: We have analyzed all patients submitted to exchange, removal or replacement of mammary implants in the last five years, at a total of 59 patients, 68 procedures and 129 breasts operated. Results: The time interval from the inclusion to the removal of the implants ranged from one month to 34 years; 44 patients have first operated at our service and 24 at other services. Forty three implants were, before the exchange, made of polyurethane, 13 texturized and six smooth. The major cause of the exchange was esthetic, with 50 cases, followed by capsular contracture, 13 cases and five cases of infection, rupture or breast nodule. Conclusion: The major reason of implants exchange was esthetic, differing from the literature. The capsular contracture and infection rates, at this study, were comparable to several others.

Keywords: Breast implantation. Reoperation. Prostheses and implant.

 

RESUMO

Introdução: A cirurgia de aumento mamário foi a cirurgia plástica mais realizada no Brasil, em 2008. Com a evolução da técnica e da qualidade dos implantes de silicone, a taxa de complicações tem diminuído progressivamente, tornando a cirurgia mais segura. Objetivo: Demonstrar o perfil das pacientes submetidas à troca de implante mamário, nos últimos cinco anos, na Clínica Ivo Pitanguy, analisando as características dos implantes de silicone e as causas que motivaram a troca. Método: Foram analisadas, retrospectivamente, todas as pacientes submetidas a procedimentos cirúrgicos de troca, retirada ou reinclusão de implantes mamários, nos últimos cinco anos, num total de 59 pacientes em 68 procedimentos e 129 mamas operadas. Resultados: O intervalo de tempo entre a colocação e a retirada dos implantes variou de 1 mês a 34 anos; 44 pacientes eram provenientes do nosso serviço e 24 de outros. Quarenta e três implantes eram, antes da troca, de poliuretano, 13 texturizados e seis lisos. O grande motivo de troca foi estético, com 50 casos, seguido por contratura capsular em 13 casos, e cinco casos de infecção, ruptura ou nódulo mamário. Conclusão: O principal motivo de troca de implantes foi estético, diferentemente da literatura. Os índices de contratura capsular e de infecção da loja do implante do presente estudo foram comparáveis aos apresentados em vários outros estudos.

Palavras-chave: Implante mamário. Reoperação. Próteses e implantes.

 

Geometric analysis of the shapes of beautiful breasts and breast implants based on the golden ratio (Phi): practical application

Antonio Roberto Bozola; Franco Marcelo Longato; Adriana Parro Bozola
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):94-103 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The use of conventional prostheses for hypomastia often yields unsatisfactory and inconsistent results in the final form of the breasts. Considering the number of reported studies on breast and breast-prosthesis forms is negligible, the aim of this study was to optimize the shape results of breast implants on the basis of the Phi ratio, historically known as the golden or divine ratio. Methods: The Phi ratio (1/1.618...) is believed to be registered in the human limbic system as the value of beauty, harmony, and balance of proportions. The three-dimensional anatomy (front, lateral, and vertical views) of beautifully shaped breasts was analyzed geometrically on the basis of the Phi ratio. The various forms of hypomastia were classified. Further, two new forms of polyurethane-covered breast implants were fabricated on the basis of the Phi ratio. The prostheses were chosen by means of vertical measurement of the patient's chest in the frontal view and the hypomastia classification. Results: Ten pairs of prostheses were specially fabricated and implanted in 10 patients. Follow-up for 12 months showed good results for the breast shapes and volumes. Conclusion: Geometric and three-dimensional analysis of beautiful breast shapes and fabrication of breast prostheses based on the Phi ratio are possible to correct hypomastia. In addition to the simple choice of prostheses, the methods provide good and homogeneous results of breast shapes and volumes, reducing subjectivity.

Keywords: Breast Implantation. Prostheses and Implants. Breast/surgery.

 

RESUMO

Introdução: Os autores observaram resultados insatisfatórios e inconstantes na forma final de mamas após inclusão de próteses de formatos convencionais em casos de hipomastias, havendo poucos estudos a respeito de formas de mamas e de próteses. Método: Descrevem a proporção Phi (1/1.618...), historicamente conhecida como proporção áurea ou divina, e seus conceitos. Argumentam sua importância nas formas em geral, registrada no sistema límbico humano como valor de beleza, harmonia e equilíbrio de proporções. Propõem uma anatomia da beleza da forma da mama em visão tridimensional (visão frontal, lateral e vertical), geometrizada e baseada em Phi. Classificam as mamas quanto à forma incluindo as diferentes formas de hipomastias. Propõem nova forma de prótese mamária, contendo a proporção Phi e coberta com poliuretano. Escolhem as próteses a serem utilizadas por meio de uma medida vertical do tórax da paciente em visão frontal, e da classificação das hipomastias. Resultados: Dez pares de próteses foram especialmente confeccionados e implantados em dez pacientes que foram acompanhadas por 12 meses, apresentando bons resultados finais de forma e volume. Conclusão: É possível estabelecer visão geométrica e tridimensional das mamas bonitas quanto à forma, baseada na proporção Phi, e próteses com a forma também confeccionadas sob a mesma proporção para corrigir as hipomastias. Além de maneira simples de escolha das próteses, o método proporciona a obtenção de resultados bons e homogêneos de formas e volumes mamários, reduzindo subjetividade.

Palavras-chave: Implante Mamário. Próteses e Implantes. Mama/cirurgia.

 

Breast implant-associated anaplastic large cell lymphoma: a diagnostic challenge

Ana Paula De-Azambuja; Anne Karoline Groth; Juliana Jung; Fabiola Gevert; Samir Kanaan Nabhan
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(1):118-120 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Breast implant-associated anaplastic large cell lymphoma (BIA-ALCL) is a provisional entity with morphological and immunophenotypic characteristics indistinguishable from ALK-negative anaplastic large cell lymphoma (ALCL). Unlike ALCL, BIA-ALCL arises mainly in association with breast implantation. Diagnostic confirmation of BIA-ALCL can be difficult and associating morphological and pathological hallmarks with flow cytometry and immunohistochemistry can assist in the diagnosis. The objective of this report is to describe a case of BIA-ALCL in which cytological and immunophenotypological analysis using flow cytometry suggested the presence of large CD30-positive cells in the effusion fluid.

Keywords: Anaplastic large cell lymphoma, Flow cytometry, Breast implant, Cytology, CD30 ligand.

 

RESUMO

O linfoma anaplásico de grandes células associado a implantes mamários (BI-ALCL) é uma entidade provisória com características morfológicas e imunofenotípicas indistinguíveis do linfoma anaplásico de grandes células ALK-negativo (ALCL), porém surge principalmente em associação com um implante mamário. A confirmação do diagnóstico pode ser difícil, e a associação da presença das células típicas na morfologia e anatomia patológica com exames de citometria de fluxo e imunohistoquímica pode auxiliar no diagnóstico. O objetivo deste estudo é descrever um caso de BI-ALCL em que a citologia e a análise da imunofenotipagem por citometria de fluxo sugeriram a presença de células grandes positivas para CD30 no fluido de efusão.

Palavras-chave: Linfoma anaplásico de células grandes, citometria de fluxo, implante mamário, citologia, ligante CD30

 

Supplementary implants in breast reconstruction

João Medeiros Tavares Filho; Manoel Belerique; Diogo Franco; Guilherme Arbex; Marcio Arnaut Junior; Talita Franco
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):290-293 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: Depression in the anterior wall of the axilla following mastectomy is distressing to patients when they wear summer clothing and may also cause difficulty in raising the arm if there are adhesions and retractions in the region. In these patients, we use supplementary implants that reconstitute the local anatomy in a satisfactory manner and which offer functional benefits by removing cicatricial adhesions. These implants are available in several sizes and volumes, and it is possible to use more than one prosthesis in the same location, if needed. The aim of this study is to report the experience of the Plastic Surgery Unit of the Federal University of Rio de Janeiro (Rio de Janeiro, RJ, Brazil) with the use of supplementary implants in breast reconstruction after mastectomy to improve the aesthetic appearance and function of the axillary region. METHODS: Supplementary silicone implants were inserted for breast reconstruction following mastectomy in 6 female patients, aged 34 to 75 years. The volume of the implants ranged from 20 mL to 120 mL. The width, length, and depth of the axillary region were measured to define the volume and dimensions, as well as the number of implants to be used. The implants were inserted through the scar from the prior breast reconstruction. RESULTS: The follow-up period ranged from 6 months to 8 years, and no capsular contracture was observed. All patients reported functional improvement in arm movement, as well as satisfaction with the aesthetic result, which allowed them to wear more revealing clothing. CONCLUSIONS: The inclusion of semilunar silicone implants as a refinement in breast reconstruction is easy to perform, has predictable results, and requires only one surgical procedure. The implants may be replaced, augmented, or removed, as required.

Keywords: Breast implantation. Breast implants. Prostheses and implants. Mammaplasty.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A depressão na parede anterior da axila pós-mastectomia gera insatisfação das pacientes ao vestirem roupas mais decotadas; além disso, pode haver dificuldade na elevação do braço quando há aderências e retrações nessa região. Nessas pacientes, utilizamos implantes complementares, que reconstituem a anatomia local de forma satisfatória, oferecendo benefícios funcionais ao remover bridas cicatriciais. Esses implantes estão disponíveis em variados tamanhos e volumes, podendo ser empregada mais de uma prótese no mesmo local, se necessário. O objetivo deste estudo é demonstrar a experiência da Disciplina de Cirurgia Plástica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro, RJ, Brasil) com o emprego de implantes complementares na reconstrução mamária pós-mastectomia, buscando melhorar os aspectos estético e funcional da região axilar. MÉTODO: A inclusão de implantes de silicone complementares para reconstrução mamária pós-mastectomia foi realizada em 6 pacientes do sexo feminino, com idade entre 34 anos e 75 anos. O volume dos implantes variou de 20 ml a 120 ml. Largura, comprimento e profundidade da área da axila a ser preenchida foram mensurados, para definir volume, dimensões e número de implantes que seriam utilizados. A via de acesso utilizada para inserção dos implantes foi a cicatriz da reconstrução mamária. RESULTADOS: O seguimento pós-operatório variou de 6 meses a 8 anos, não sendo observada contratura capsular em nenhum caso. Todas as pacientes referiram melhora funcional na movimentação do braço, bem como satisfação com o resultado estético pela possibilidade de uso de roupas mais decotadas. CONCLUSÕES: A inclusão de implantes de silicone de formato semilunar no refinamento da reconstrução mamária é um método simples e de fácil realização, com resultados bastante previsíveis, necessitando apenas de uma cirurgia. Os implantes podem ser substituídos, aumentados ou removidos, se necessário.

Palavras-chave: Implante mamário. Implantes de mama. Próteses e implantes. Mamoplastia.

 

Late seroma in breast reconstructions and mammoplasty with silicone implants: a case report and literature review

Fernanda Dinelli Scala; Roberto Junqueira Polizzi; Thaís Gomes Casali; Fernanda Zanatta Freitas Santos; José Mauro de Oliveira Squarisi; Danillo Irineu Brito Vieira Freitas
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):468-472 - Reviw Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The occurrence of seroma as a late complication of silicone breast implant is of great interest, given the aesthetic implications such as asymmetry and the possible association with infections or even malignancies. This complication is believed to be exclusive of textured prostheses. The present authors reviewed the literature by conducting a search of data in publications available in Medline by using the search term "late breast seroma" in order to clarify the pathological features of seroma. The etiology is unknown in most cases. The definitive treatment of choice is surgery, and most authors recommend bacteriological and cytological evaluations for seroma, preferably guided by ultrasonography. To provide patients with the best treatment, the treatment should be individualized according to clinical presentation, anticipating the possibility of recurrence and final sequelae.

Keywords: Prostheses and implants; Postoperative complications; Breast Augmentation; Breast reconstruction; Seroma; Recurrence.

 

RESUMO

A ocorrência de seroma como complicação tardia por implante de silicone mamário é de grande interesse, dadas as implicações estéticas, como assimetria, e a possível associação com infecções ou até mesmo malignidades. Acredita-se que esta complicação seja exclusiva de próteses texturizadas. Os autores fazem síntese da literatura a partir de pesquisa de dados em publicações disponíveis em MEDLINE com o termo "late breast seroma" em busca de maior esclarecimento da patologia. A etiologia é desconhecida na maioria dos casos. Nota-se que o tratamento definitivo de escolha é cirúrgico, sendo que grande parte dos autores recomenda a avaliação bacteriológica e citológica do seroma, preferencialmente guiado por ultrassonografia. O tratamento deve ser individualizado, de acordo com a clínica apresentada, antecipando a possibilidade de recorrência do evento e a sequela final, oferecendo, assim, o melhor tratamento à paciente.

Palavras-chave: Próteses e implantes; Complicações pós-operatórias; Mamoplastia; Reconstrução da mama; Seroma; Recidiva.

 

Intramuscular technique in augmentation gluteoplasty

Francisco de Assis Montenegro Cido Carvalho; Fernando Soares de Alcântara; Elmiro Heli Martins; Ricardo Lapa Kruse; Régis Pinheiro Nogueira; Nidall de Sousa Raad
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(3):457-460 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: A harmonious gluteal region is considered an essential element in the composition of body beauty and expression of femininity. Therefore, there is growing interest, from both men and women, in the aesthetical improvement of this region. The aim of this study is to present an alternative to the published augmented gluteoplasty techniques, as well as to demonstrate the viability of this alternative as a safe and reproducible technique. Based on intramuscular placement of the prosthesis, the technique uses simplified limits of dissection with reference to the fixed anatomical structures (bones) of the gluteal region in order to construct the implant pocket. METHODS: From 2001 to 2011, 18 patients with ages ranging from 25 years to 50 years underwent augmentation gluteoplasty. Specific implants were used for the gluteal area, with implant volume ranging from 250 mL to 800 mL (mean, 367 mL). RESULTS: There was a significant increase in the gluteal volume of patients along with achievement of natural and harmonious contours. Immediate and long-term satisfaction with the cosmetic results was obtained in 100% of patients. CONCLUSIONS: The use of intramuscular gluteal prostheses is a safe and easily reproducible method of augmentation gluteoplasty with good results and a low complication rate. Determination of the limits of detachment using fixed bone structures simplifies the implementation of this technique, allowing the use of even larger implants than those reported in the literature.

Keywords: Buttocks. Prostheses and implants. Plastic surgery/methods.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Região glútea harmoniosa é considerada elemento essencial na composição da beleza corporal e expressão maior de feminilidade, suscitando o crescente interesse de homens e mulheres na melhoria estética dessa região. O objetivo deste estudo é demonstrar uma alternativa às técnicas já publicadas acerca da gluteoplastia de aumento, baseada na colocação da prótese intramuscular, utilizando de forma simplificada os limites da dissecção, tendo como referência as estruturas anatômicas fixas (ósseas) da região glútea na confecção da loja do implante, assim como demonstrar sua viabilidade como técnica segura e reprodutível. MÉTODO: No período de 2001 a 2011, foram operados 18 pacientes, com idade variando de 25 anos a 50 anos, sendo usados implantes específicos para a área glútea, com o volume variando de 250 ml a 800 ml (média de 367 ml). RESULTADOS: Foi obtido aumento significativo do volume glúteo dos pacientes, acompanhado de contornos naturais e harmoniosos, havendo satisfação imediata e a longo prazo com os resultados estéticos obtidos em 100% dos pacientes. CONCLUSÕES: O uso da prótese glútea intramuscular demonstrou ser uma alternativa segura e facilmente reprodutível na gluteoplastia de aumento, com bons resultados e baixo índice de complicações. A determinação dos limites do descolamento utilizando estruturas ósseas fixas proporcionou simplicidade na execução, permitindo o uso de implantes ainda maiores aos relatados na literatura.

Palavras-chave: Nádegas. Próteses e implantes. Cirurgia plástica/métodos.

 

Report of a case of anaplastic large cell lymphoma associated with a breast implant in a Brazilian patient

Bernardo Nogueira Batista; Bernardo Garicochea; Vera Lucia Nunes Aguilar; Filomena Marino Carvalho;Lincoln Saito Millan; Murillo Francisco Pires Fraga; Marcelo Moura Costa Sampaio; Alfredo Carlos Simões Dornellas Barros
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(3):445-449 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Breast implant-associated anaplastic large cell lymphoma (BIA-ALCL) is a T-cell lymphoproliferative disorder that has recently been recognized as an independent entity in the World Health Organization (WHO) classification of lymphomas. Despite the small number of reports to date, the number of cases is rapidly increasing. Of the few hundred cases that have been reported so far, very few came from Brazil and none have been reported to the local authorities. We encountered a case of BIA-ALCL and believe that its report to the local plastic surgery community could raise awareness to this emerging pathology. The prognosis is very good in most of the diagnosed cases. However, little is known about how and why silicone implants could trigger a lymphoid response that results in ALCL.

Keywords: Lymphoma large-cell anaplastic; Breast implants; Breast neoplasms; Mammoplasty; Seroma.

 

RESUMO

O linfoma anaplásico de células grandes (ALCL) associado a implantes mamários é um distúrbio linfoproliferativo das células T que foi recentemente reconhecido como uma entidade independente na classificação de linfomas da Organização Mundial de Saúde (OMS). Apesar do pequeno número de descrições, o número de casos está crescendo rapidamente. Das poucas centenas de casos que foram publicados até agora, muito poucos vieram do Brasil e nenhum foi relatado às autoridades locais. Encontramos um caso recentemente, e acreditamos que seu relato à comunidade local de cirurgia plástica poderá chamar a sua atenção para essa patologia emergente. O prognóstico é muito bom na maior parte dos casos diagnosticados. Contudo, ainda se sabe pouco sobre como e por que os implantes de silicone poderiam desencadear uma resposta linfoide, culminando num ALCL.

Palavras-chave: Linfoma anaplásico de células grandes; Implantes de mama; Neoplasias da mama; Mamoplastia; Seroma.

 

Implant? Prostheses? Inclusion?

César Augusto Arrunátegui Carvallo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(3):530-532 - Special Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The author discusses the indiscriminate use of various terms to designate a single artifact and suggests the adoption of only one signifier. Although no publications deal specifically with the meaning of the terms "implant", "prosthesis" or "inclusion", apart from what is found in ordinary lexical and medical dictionaries, such terms are commonly and interchangeably used to designate a single artifact. According to the author, it is beneficial to select and utilize only the term that best conceptualizes the object designed for correcting lack of breast volume in specialty terminology. The use of a single term will facilitate scientific paper writing; therefore, the author proposes the use of the term "implant" to indicate the artifact placed inside the mammary gland.

Keywords: Breast implantation. Breast implants. Mammaplasty. Prostheses and implants.

 

RESUMO

O autor discute o uso indiscriminado de vários termos para designar um único artefato e sugere a adoção de apenas um significante. Embora não se encontrem publicações que tratem especificamente do significado dos termos implante, prótese e inclusão, a não ser o que se encontra nos dicionários léxicos e médicos comuns, esses termos têm sido usados rotineiramente para designar um único artefato. O autor considera ser possível incluir na nomenclatura da especialidade o termo que melhor conceitue o referido objeto destinado à correção da falta de volume mamário. O uso de um único termo facilitaria a redação de trabalhos científicos, e, por esse motivo, o autor propõe o uso do termo implante para o artefato colocado dentro da glândula mamária.

Palavras-chave: Implante mamário. Implantes de mama. Mamoplastia. Próteses e implantes.

 

Reação tecidual como causa do linfoma mamário

MARCELO LOPES DIAS KOLLING; PAULA GIRELLI; ROLANDO MENDOZA ROMERO; GABRIELA DIESEL SILVEIRA; PAULO EDUARDO MACEDO CARUSO; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):92-95 - Articles

PDF Portuguese

RESUMO

O linfoma primário de mama se insere como uma entidade rara que representa a minoria tanto dos linfomas não-Hodgkin (menos de 1%), quanto das neoplasias de mama (entre 0,7 e 0,04% da totalidade)1,2,3,4. Destes, 90% são linfomas de celularidade B e, apenas 10% de T, dentre os quais encontra-se o linfoma anaplásico de grandes células (LAGC)1,5. Apesar da crescente relevância desta neoplasia, em raros países os cirurgiões plásticos a incluem como uma possível complicação em seus termos de consentimento pré-operatório6.

Palavras-chave: Implante mamário; Linfoma anaplásico de células grandes; Próteses e implantes; Seroma; Patologia

 

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license