ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 20 from 494 result(s)

Search for : Nervo ulnar; Síndromes de compressão de nervo ulnar; Neoplasias; Cirurgia plástica; Microcirurgia

Anatomical representation of the latissimus dorsi and its application in plastic surgery

Fernando Antonio Gomes de Andrade; Luciano Ornelas Chaves; Claudio Eduardo de Oliveira Cavalcante; Ivanadja Jatobá; Rafhael Martins Cunha; Ricardo Nogueira Bezerra; Maurício Calzado; Laís Clark de Carvalho Barbosa; Luís Henrique Alves Salvador Filho; Jamisson Garrote Teixeira; Simone Vicente Dias da Silva
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):345-351 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: The latissimus dorsi muscle (LDM) is an important element in the lateroposterior wall of the thorax. The LDM is valued in plastic surgery for its constant anatomy, and its use is recommended for mammary reconstruction, microsurgery, and upper limb reconstruction among other procedures, which makes it a versatile flap for reconstructive surgery. However, its representation in books and anatomical studies is controversial. Mathes & Nahai described that the position of the LDM is configured in a location where the muscle is found in the lateroposterior thoracic segment but with a more posterior than lateral representation. A great number of anatomists share the same opinion. The objective of this study was to discuss and describe the real position of the LDM through study of its anatomy and comparison with images published in books. METHODS: We studied the anatomical description and representation of the LDM in drawings published in books and articles by classical authors. The drawings were compared with the neurovascular and muscular anatomy of the LDM during its dissection from 47 fresh cadavers in the dorsal decubitus (DD) position. RESULTS: Study of the anatomical description and representation of the LDM in the revised books compared with the dissection of fresh corpses in the DD position revealed that the published authors described the LDM in a more posterior position than that found in the body. CONCLUSION: This study identified the LDM position as being more anterior than that described by drawings in published books. LDM rotation and individualization with the patient in a DD position is a safe approach.

Keywords: Anatomy; Plastic surgery; Microsurgery; Superficial muscles of the back; Dorsal decubitus.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O músculo latíssimo do dorso (MLD) é um importante elemento da parede látero-posterior do tórax. A aplicabilidade do MLD em cirurgia plástica é reconhecida por sua anatomia constante, sendo indicado, na reconstrução mamária, na microcirurgia, nas reconstruções de membros superiores, entre outros, tornando-se um retalho versátil em cirurgia reconstrutora. Sua representação em livros e estudos anatômicos apresentam controvérsias. Mathes & Nahai expressam que a posição do MLD é configurada em uma localização onde o músculo encontra-se em segmento torácico látero-posterior, mas com uma representação mais posterior que lateral. Um grande número de anatomistas escreve da mesma forma. O objetivo é o de discutir e descrever a real posição do MLD por meio do estudo da sua anatomia e comparação com imagens publicadas em livros. MÉTODOS: Estudou-se a descrição e representação anatômica do MLD em desenhos publicados em livros e artigos de autores clássicos. Os desenhos foram comparados com o estudo da anatomia vásculo-nervosa e muscular do MLD durante a dissecção, na posição de Decúbito Dorsal (DD), de 47 cadáveres frescos. RESULTADOS: O estudo da descrição e representação anatômica do MLD em livros de autores consultados, comparada com a dissecção em DD de cadáveres frescos, permitiu conhecer que estes autores identificam o MLD em uma posição mais posterior do que a encontrada na anatomia. CONCLUSÃO: Este estudo identifica a posição do MLD com uma representação mais anterior do que os desenhos dos livros estudados. A rotação e individualização do MLD com o paciente em decúbito dorsal é uma abordagem segura.

Palavras-chave: Anatomia; Cirurgia plástica; Microcirurgia; Músculos superficiais do dorso; Decúbito dorsal.

 

Double free flap for oromandibular reconstruction

Anne Karoline Groth, Alfredo Benjamim Duarte da Silva
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(1):11-21 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Ablative surgery for locally advanced head and neck tumors can lead to devastating sequels. Free flaps are the gold standard in reconstruction. Aim: To determine safety and survival impact in patients submitted to double free flaps procedures. Method: Twenty three patients were submitted do oromandibular reconstruction between 2006 and 2007. For comparison purposes they were divided in two groups: group I - single free flap, and group II - double free flap. Data such as age, sex, smoking history, malnutrition, histological type, radiotherapy, recurrence, complications and survival were collected. Results: Seventeen patients were distributed in group I and 6 patients in group II. Squamous cell carcinoma was the most common histological type (83.3% group II versus 47.1% group I). Fibular free flap was the most used flap in group I (8 cases - 47.1%). The most common flap combination in group II was fibular free flap+anterolateral thigh flap in 4 cases. Recurrence was observed in three patients from group I and one patient from group II (17.6% versus 16.7%; p = 0.928). Mean survival time free from disease was 11.8 months + 6.8 in group I versus 10.8 + 8,4 in group II (p = 0.77). There were three total flap loss (90.3% flap survival), one fibular flap from group I and one fibular and one anterolateral thigh flap in group II. Flap survival in group II was 86.4%. Conclusion: We believe that double free flap reconstruction in head and neck is safe, reliable and has similar flap survival as single free flap procedures.

Keywords: Microsurgery. Plastic surgery. Reconstructive surgical procedures. Squamous cell carcinoma. Mandibular neoplasms/surgery.

 

RESUMO

Introdução: O tratamento cirúrgico de tumores localmente avançados de cabeça e pescoço deixa como sequelas defeitos extensos e complexos. Retalhos microcirúrgicos são a primeira opção para reconstrução. Objetivo: Determinar a segurança e o impacto na sobrevida em pacientes submetidos a dois retalhos microcirúrgicos. Método: Vinte e três pacientes foram submetidos a reconstrução oromandibular entre 2006 e 2007 e divididos em 2 grupos, de acordo com o número de retalhos. Idade, sexo, tabagismo, desnutrição, tipo histológico, radioterapia, recidiva, complicações e sobrevida foram avaliados. Resultados: Dezessete pacientes foram submetidos a retalho microcirúrgico único (grupo I) e seis pacientes, a dois retalhos microcirúrgicos simultâneos (grupo II). Carcinoma epidermóide foi o tumor mais comum (83,3% grupo II versus 47,1% grupo I). No grupo I, o retalho mais utilizado foi o retalho de fíbula em 8 (47,1%) casos. No grupo II, os retalhos mais utilizados foram fíbula + ântero-lateral da coxa em 4 casos. Recidivas ocorreram em 3 pacientes do grupo I e 1 paciente do grupo II (17,6% versus 16,7%; p = 0,928). Tempo médio de sobrevida livre de doença foi de 11,8 + 6,8, no grupo I, versus 10,8 + 8,4, no grupo II (p = 0,77). Houve três perdas totais do retalho (90,3% sobrevida do retalho), sendo uma perda de retalho fibular no grupo II e perda de um retalho fibular e ântero-lateral da coxa no grupo II, com sobrevida no grupo II de 86,4%. Conclusão: Acreditamos que o uso de dois retalhos microcirúrgicos é seguro, com sobrevida do retalho semelhante ao grupo que realizou apenas um retalho microcirúrgico.

Palavras-chave: Microcirurgia. Cirurgia plástica. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Carcinoma de células escamosas. Neoplasias mandibulares/cirurgia.

 

Initial training in microsurgery

Iana Silva Dias; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; André Nunes Benevides; José Everardo Macêdo
Rev. Bras. Cir. Plást. 2010;25(4):595-599 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

The microsurgical technique witch until the 1980's was an exclusion procedure, only chosen in extreme cases, due to easily observed advances seen in innumerous current publications, has become in various procedures the first surgical option, practically compelling all doctors who practice in the field of Plastic Surgery to perform training in the referred technique. The current article presents an easy executed model of microsurgery basic training.

Keywords: Surgery, plastic. Microsurgery. Education, medical.

 

RESUMO

A técnica microcirúrgica que até a década de 80 do século passado se constituiu um procedimento de exceção, somente utilizada em casos extremos, devido aos avanços facilmente observados em diversas publicações atuais, tornou-se em muitos procedimentos a primeira opção cirúrgica, fazendo com quase que, de maneira obrigatória, todos os médicos que exerçam a especialidade de Cirurgia Plástica tenham que realizar treinamento na citada técnica operatória. O presente artigo se propõe a apresentar um modelo de fácil execução como treinamento básico em microcirurgia.

Palavras-chave: Cirurgia plástica. Microcirurgia. Educação médica.

 

Histopathological melanoma behavior analysis fundamental for a good practice in plastic surgery

Leonardo Fernandes de Souza Aguiar, Marcelo Wilson Rocha Almeida, Fernando Nakamura, Luis Felipe Araújo de Moraes Prado, Thomaz Santos Lyra, Cristiano D. Silveira Ramos
Rev. Bras. Cir. Plást. 2009;24(2):152-157 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The plastic surgeon often treats patients with the most varied types of skin injuries, and, undoubtedly faces the melanoma, which consist a malignancy of skin and mucosa and represents 3% to 4% of the malignant skin neoplasias. It is the most aggressive cutaneous carcinoma. Methods: Were studied 116 diagnosed cases of melanoma at the pathology laboratory. The collected data concerning gender, age, margins, Breslow's thickness, Clark's level, mitotic index and presence or absence of regression, and ulceration were statistically analyzed and compared. Results: The patients corresponded 67.2% to women and 32.8% to men. The average age was of 56 years. There was no statistically significant difference between the genders. There was a histological predominance of the superficial diffusion type with 62.7% and nodular with 18.1%. There was no statistically significant association between: regression and BC index, sex and BC index, histological type and regression, histological type and sex, mitotic index and histological type of the tumor, angiolymphatic invasion, free or implicated margins or with either presence or absence of regression (p > 0.005). There was a statistically significant strong association between angiolymphatic invasion and BC index, histological type and BC index, histological type and angiolymphatic invasion, histological type and ulceration, and in the relationship mitotic index and BC index (p < 0.005). Conclusion: The treatment of this pathology demands a profound knowledge of its histological behavior, as based on this knowledge the initial surgical treatment is planned, enabling foreseeing the prognosis and evolution of the disease.

Keywords: Melanoma. Plastic surgery. Neoplasms. Neoplasm invasiveness. Neoplasm staging.

 

RESUMO

Introdução: O cirurgião plástico trata pacientes com os mais variados tipos de lesões de pele, sendo que invariavelmente se defronta com o melanoma, que constitui uma lesão maligna de pele e mucosas e representa 3% a 4% das neoplasias malignas da pele. É o carcinoma cutâneo mais agressivo. Método: Foram estudados 116 casos de melanoma diagnosticados no laboratório de patologia. Os dados obtidos em relação a gênero, idade, margens, espessura de Breslow, nível de Clark, índice mitótico e presença ou ausência de regressão, e ulceração foram cruzados e analisados estatisticamente. Resultados: No estudo, 67,2% dos pacientes correspondiam a mulheres e 32,8%, a homens. A idade média foi de 56 anos. Não houve diferença de idade estatisticamente significante entre os sexos. Houve predominância histológica do tipo difusão superficial com 62,7% e nodular com 18,1%. Não houve associação estatisticamente significante entre: regressão e índice BC, sexo e índice BC, tipo histológico e regressão, tipo histológico e sexo, índice mitótico e tipo histológico do tumor, invasão angiolinfática, margens livres ou comprometidas ou com presença ou ausência de regressão (p > 0,005). Houve forte associação estatisticamente significante entre invasão angiolinfática e índice BC, tipo histológico e índice BC, tipo histológico e invasão angiolinfática, tipo histológico e ulceração, e na relação índice mitótico e índice BC (p < 0,005). Conclusão: O tratamento desta afecção necessita de um profundo conhecimento de seu comportamento histológico, pois baseado neste conhecimento é planejado o tratamento cirúrgico inicial, sendo possível prever o prognóstico e evolução da doença.

Palavras-chave: Melanoma. Cirurgia plástica. Neoplasias. Invasividade neoplásica. Estadiamento de neoplasias.

 

Predictive factors of good aesthetic results in conservative surgery for breast cancer

Tatiana Tourinho Tournieux
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):37-48 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: The aim of conservative surgery for treatment of breast cancer is obtaining satisfactory aesthetic results. Segment-based surgery, which must be followed by radiotherapy (RT), is considered the treatment of choice for most breast cancer patients. Single-dose intraoperative radiation in the tumor bed (IORT) is a promising radiation technique that is more rapid than conventional RT and less exhausting for the patient. The aim of this study was to evaluate the final aesthetic results of patients who had undergone conservative surgery and treatment for early-stage breast cancer consisting of primary closure of the operative wound and use of adjuvant radiotherapy, either conventional RT or IORT, and assess the impact of several variables on the results. METHODS: Primary closure of the operative wound after conservative breast cancer treatment was performed in 66 patients. The patients were evaluated and photographed and their data collected from medical records. RESULTS: Some degree of asymmetry was observed in 40.4% of patients. The surgically treated breast frequently appeared more aesthetically pleasing than the healthy breast, especially in patients with large breasts (P = 0.052), in whom resection of the upper quadrants improved the degree of ptosis and thus improved the appearance of the treated breast (P = 0.002 and P= 0.001, respectively). Use of periareolar incision (P = 0.008) was found to be a predictor of good aesthetic results while the comorbidity of diabetes mellitus and the use of chemotherapy were found to be predictors of poor results (P = 0.046 and P = 0.073, respectively). CONCLUSIONS: Some degree of asymmetry often results in patients for whom remodeling of mammary tissue is not possible. The factors of use of periareolar incision, large breast volume, and tumor location in one of the upper quadrants are predictors of a good aesthetic outcome, while use of chemotherapy, diabetes mellitus, and tumor location in the lower quadrants are negative predictors. Use of IORT yields aesthetic outcomes comparable to those of conventional RT in terms of extent of scarring.

Keywords: Breast neoplasms. Radiotherapy. Plastic surgery/methods.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O câncer de mama é uma doença frequente e a cirurgia segmentar associada à radioterapia é considerada o tratamento de escolha para a maioria das pacientes. O objetivo da cirurgia conservadora é a obtenção de resultado estético satisfatório. O tratamento irradiante é imperativo e a radioterapia intraoperatória é uma promissora técnica de irradiação. O objetivo deste estudo foi avaliar o resultado estético final de pacientes com câncer de mama em estádio inicial submetidas a cirurgia conservadora, fechamento primário da ferida operatória e radioterapia adjuvante (radioterapia convencional ou radiação intraoperatória em dose única no leito tumoral), bem como analisar a influência de outras variáveis no resultado cosmético. MÉTODO: Fechamento primário da ferida operatória após tratamento conservador do câncer de mama foi realizado em 66 pacientes. As pacientes foram avaliadas e fotografadas e seus dados foram coletados dos prontuários médicos. RESULTADOS: Observou-se que 40,4% das pacientes apresentaram algum grau de assimetria; contudo, frequentemente a mama operada se apresentava esteticamente melhor que a mama sadia, em especial em mamas grandes (P = 0,052) e ressecções dos quadrantes superiores, que melhoravam o grau de ptose e ficavam, consequentemente, mais bonitas. (P = 0,002 e P = 0,001, respectivamente). A incisão periareolar (P = 0,008) é fator preditivo de bom resultado estético; em contrapartida, o diabetes e a quimioterapia predizem mau resultado (P = 0,046 e P = 0,073, respectivamente). CONCLUSÕES: Quando não é possível remodelar o tecido mamário, a assimetria é frequente. Incisões periareolares, mamas volumosas e tumor em quadrante superior são considerados fatores preditivos de bom resultado estético, e como valor preditivo negativo, diabetes melito, quimioterapia e tumor em quadrante inferior. A radiação intraoperatória em dose única no leito tumoral proporciona tratamento irradiante mais rápido e menos desgastante para a paciente e demonstrou equivalência no aspecto estético sobre a cicatriz e a mama.

Palavras-chave: Neoplasias da mama. Radioterapia. Cirurgia plástica/métodos.

 

Treatment strategy for benign nerve tumors

Katia Torres Batista; Ulises Prieto Y-Schwartzman; Rogerio Santos Silva; Valney Claudino Sampaio Martins; Carolina Zampronha Correia; Camila Freire Parente Alves da Silva; Isabel Cristina Correia
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(1):72-77 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Peripheral nerve tumors are usually benign, rare, slow-growing and little symptomatic. The objective is to describe strategies for the diagnosis and treatment of patients with benign tumors of the ulnar nerve.
Methods: This retrospective study of patients who underwent surgery between 2010 and 2015 for the treatment of benign tumor of the ulnar nerve analyzed patient symptoms and demographic characteristics, complementary examinations, and surgical techniques performed.
Results: The study included 17 (8%) patients, with a prevalence of women (65%) in the fourth decade of life. The tumors tended to be extrinsic, with lipoma in 6 cases (35%); others were intrinsic, including schwannoma in 17% and hamartoma in 11% of the cases. Tumor excision was complete in 83% of cases and partial in 17% of cases; nerve decompression was performed in 12 cases.
Conclusion: The strategies performed here yielded good functional results in 88% of patients. The worst results were in tumors of vascular origin.

Keywords: Ulnar nerve; Ulnar nerve compression syndromes; Neoplasms; Surgery, Plastic; Microsurgery.

 

RESUMO

Introdução: Os tumores de nervo periférico normalmente são benignos, raros, de crescimento lento e pouco sintomáticos. O objetivo é descrever estratégias para o diagnóstico e tratamento de pacientes com tumores benignos que afetam o nervo ulnar.
Métodos: Estudo retrospectivo dos pacientes operados entre 2010 e 2015 com tumor benigno de nervo ulnar, segundo os sintomas, exames complementares, técnicas cirúrgicas realizadas e características demográficas.
Resultados: O estudo incluiu 17(8%) pacientes, prevalência sexo feminino (65%) na quarta década de vida; e, natureza extrínseca, o lipoma, em seis casos (35%), seguido do tumor de origem intrínseca, o Schwannoma em 17% e hamartoma em 11%. A excisão tumoral foi total em 83% casos e parcial em 17% casos; em doze casos realizou-se a descompressão neural.
Conclusão: Com as estratégias realizadas para o tratamento foi possível bons resultados funcionais em 88% dos pacientes operados. Os piores resultados foram nos tumores de origem vascular.

Palavras-chave: Nervo ulnar; Síndromes de compressão de nervo ulnar; Neoplasias; Cirurgia plástica; Microcirurgia

 

Microsurgical transplantations: a five year experience of the Plastic Division of Federal University of Bahia

Marcelo Sacramento Cunha; André Leal Gonçalves Torres; Jorge Cabral dos Anjos Neto; Lívia Leal Monteiro; José Válber Meneses
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008;23(4):305-309 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Microsurgery has been successfully applied to plastic surgery in the last three decades. Objective: The experience of the microsurgical group of Federal University of Bahia is reported and the results and complications are analyzed. Methods: Forty-eight microsurgical procedures (head and neck, breast and inferior limb reconstructions) were done. The complications were divided into immediate (operative period), recent (until 21 days) and delayed (after 21 days). Complications related to reconstruction itself were divided into minor (partial necrosis or partial satisfaction) or major (total necrosis or no satisfaction). Complications related to donor sites were divided into minor (surgical repair) or major (deformity not acceptable). Results were divided into good, acceptable and bad. Results: The results related to reconstruction were classified into good (72.91%), acceptable (16.67%) and bad (10.42%). The results related to donor site were classified into good (87.5%) and acceptable (12.5%) and no bad result. Conclusion: Good and acceptable results are important to credibility and sedimentation of microsurgery procedures.

Keywords: Microsurgery. Surgical flaps. Plastic surgery.

 

RESUMO

Introdução: A microcirurgia reconstrutiva tem sido aplicada à cirurgia plástica desde a década de 70, com várias possibilidades de reconstruções. Objetivo: Relatar a experiência inicial de um serviço de cirurgia plástica ao implantar um grupo de microcirurgia, analisando as complicações e resultados da casuística. Método: Foram realizados 48 transplantes microcirúrgicos (reconstruções de cabeça e pescoço, mama e membros inferiores). As complicações foram divididas em imediatas (intra-operatórias), recentes (até 21 dias) e tardias (após 21 dias). Foram analisadas as complicações relacionadas às reconstruções: menores (perda parcial do retalho e/ou satisfação parcial do plano pré-operatório) e maiores (perda total do retalho e/ou não satisfação do plano pré-operatório). Em relação às áreas doadoras, foram divididas em menores (com necessidade de reintervenção cirúrgica) e maiores (deformidade não satisfatória ao cirurgião ou não aceitável ao paciente). Os resultados foram classificados como bons, satisfatórios ou maus resultados. Resultados: Quarenta e três retalhos sobreviveram (89,58% de sucesso) e em 5 houve perda total. Os resultados da reconstrução foram classificados em bons (72,91%), satisfatórios (16,67%) e ruins (10,42%). Os resultados das áreas doadoras foram classificados em bons (87,5%), satisfatórios (12,5%) e ruim (0%). Conclusão: As taxas de complicações e resultados da casuística sedimentaram a microcirurgia como opção cirúrgica no Serviço em estudo.

Palavras-chave: Microcirurgia. Retalhos cirúrgicos. Cirurgia plástica.

 

Craniofacial reconstructions: is there still room for locoregional flaps?

Rafael Anlicoara; Marco Aurélio de Freitas Cabral; Jairo Zacché de Sá; Guilherme Torreão de Sá; Antonio Carlos Corte Real Braga
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(4):603-608 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Advanced tumors of the head and neck still have a high prevalence in Brazil. Reconstructing a defect resulting from a craniofacial resection is a challenge for the plastic surgeon. Free flaps are the first choice for these reconstructions, and locoregional flaps have been used in selected cases. The objective of this study was to evaluate a number of reconstructions with locoregional flaps in patients undergoing craniofacial oncologic resection, to demonstrate the applicability of these flaps and the end result of the reconstructions. METHODS: We retrospectively studied four craniofacial reconstructions with locoregional flaps on the forehead and scalp. The patients were operated at the Clinical Hospital of the Federal University of Pernambuco. They signed a consent form allowing the scientific publication of their photographs and clinical case records. RESULTS: All reconstructions were successful. There were no cases of local infection or meningitis, flap necrosis, liquor fistula, or dehiscence. Reconstructions with locoregional flaps were safe and simple to perform for extensive defects in the craniofacial region. CONCLUSIONS: Plastic surgeons can perform complex reconstructions with locoregional flaps, demonstrating that there is still room for this type of reconstruction.

Keywords: Head and neck neoplasms; Reconstructive surgical procedures; Microsurgery; Face; Plastic surgery.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Os tumores avançados de cabeça e pescoço ainda têm elevada prevalência no Brasil. A reconstrução de um defeito resultante de ressecção craniofacial é um desafio para o cirurgião plástico. Os retalhos livres são a primeira escolha para essas reconstruções e os retalhos locorregionais têm sido utilizados em casos selecionados. O objetivo deste estudo é avaliar uma série de reconstruções com retalhos locorregionais em pacientes submetidos a ressecções oncológicas craniofaciais, demonstrando a aplicabilidade desses retalhos e o resultado final das reconstruções. MÉTODOS: Foram avaliadas, retrospectivamente, quatro reconstruções craniofaciais com retalhos locorregionais de fronte e couro cabeludo. Os pacientes foram operados no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HC-UFPE) e assinaram termo de consentimento permitindo a publicação científica de suas fotos e casos clínicos. RESULTADOS: Todas as reconstruções foram bem sucedidas. Não ocorreram casos de infecção local ou meningite, necrose do retalho, fístulas liquóricas ou deiscências. As reconstruções com retalhos locorregionais apresentadas foram seguras e simples para reconstruir defeitos extensos em região craniofacial. CONCLUSÕES: Os cirurgiões plásticos podem realizar reconstruções complexas com estes retalhos, demonstrando que ainda há espaço para este tipo de reconstrução.

Palavras-chave: Neoplasias de cabeça e pescoço; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Microcirurgia; Face; Cirurgia plástica.

 

O uso de retalhos microcirúrgicos em cirurgia reparadora do pé: revisão de literatura e série de casos

Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa; Lucas Machado Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.2):49-51 - 33ª Jornada Norte-Nordeste de Cirurgia Plástica

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: Patients with complex foot injuries were often amputated until 1981 when reconstructive microsurgery began in Fortaleza. The greater anatomy and advanced surgical techniques knowledge made possible a master's work in 2001, proposing the latissimus dorsi free flap as a way to change this reality. In these 17 years, advances and new options in microsurgical flaps management have led the authors to question what are the most commonly used flaps nowadays.
Objective: To review in literature the microsurgical flaps currently used in foot repair and to present results of nine patients operated in 2017.
Methods: We selected eight cases with foot injury in a weight bearing region operated in a tertiary hospital in 2017, excluding those with lesions in other regions of foot and lower limb and it was carried out bibliographic research selecting 14 works on the subject in last 6 years in Capes Journal.
Results: In 14 articles selected, 356 patients underwent foot reconstruction by microsurgery and the anterolateral thigh part was the most used, accounting for 55.61% of flaps. The nine cases operated by the authors were reconstructed with this flap.
Discussion: Surgical flap choice should consider, among several factors, total surgical time, and ability to tolerate pressure while walking, donor site morbidity, possibility of wearing shoes and the need for secondary refinements. In literature and in the series observed in the study, anterolateral thigh flap proved to be versatile and with many advantages among the cited ones.
Conclusion: Calcaneal and foot tissues are difficult to recover because there is no substitute that is completely adequate, which ultimately requires constant training by the plastic surgeon to be prepared for increasingly complex reconstructions, and in these, microsurgical flaps are strong allies.

Keywords: Microsurgery; Foot deformities, Acquired; Surgery, plastic; Perforator flap; Wounds and injuries.

 

RESUMO

Introdução: Pacientes portadores de lesões complexas do pé eram muitas vezes amputados até 1981 quando se iniciaram em Fortaleza as microcirurgias reparadoras. O maior conhecimento da anatomia e de técnicas cirúrgicas avançadas possibilitou trabalho de mestrado no ano 2001 propondo o retalho livre de músculo grande dorsal como forma de mudar essa realidade. Nesses 17 anos, os avanços e as novas opções no manejo dos retalhos microcirúrgicos levaram os autores a questionar quais os retalhos mais utilizados atualmente.
Objetivo: Revisar na literatura os retalhos microcirúrgicos utilizados atualmente na reparação do pé e apresentar resultados de oito pacientes operados em 2017.
Métodos: Foram selecionados 8 casos com lesão do pé em região de suporte de peso operados em hospital terciário em 2017 sendo excluídos aqueles com lesões de outras regiões do pé e membro inferior e realizada pesquisa bibliográfica selecionando 14 trabalhos sobre o tema nos últimos 6 anos no Periódicos Capes.
Resultados: Nos 14 artigos selecionados foram contabilizados 356 pacientes submetidos a reconstrução do pé por microcirurgia sendo o anterolateral da coxa o mais utilizado perfazendo 55,61% dos retalhos. Os 8 casos operados pelos autores foram reconstruídos com este retalho.
Discussão: A escolha pelo retalho adequado para a cirurgia deve considerar, dentre diversos fatores, o tempo cirúrgico total, a capacidade de tolerar pressão na deambulação, a morbidade da zona doadora, a possibilidade de usar calçados e a necessidade de refinamentos secundários. Na literatura e na série observada no estudo, o retalho anterolateral da coxa se mostrou versátil e com muitas vantagens dentre as citadas.
Conclusão: O tecido do calcâneo e do pé é de difícil recuperação pois não há um substituto totalmente adequado, o que acaba por exigir do cirurgião plástico constante formação e preparo para reconstruções cada vez mais complexas e nestas, os retalhos microcirúrgicos, são fortes aliados.

Palavras-chave: Microcirurgia; Deformidades adquiridas do pé; Cirurgia plástica; Retalho perfurante; Ferimentos e lesões.

 

The impact of care actions on the perception of the quality of the Single Health System (SUS), Brazil: a cross-sectional study

Guilherme Barreiro; Fábio André Zanella; Karoline Gabriela Dalla Rosa; Ricardo Calvett; Lourenço Santiago Senandes; Mateus Diniz Vizzotto; Adriano Heemann Pereira Neto; Vinícius Silva de Lima
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(2):242-245 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Non-melanoma skin cancer is the most prevalent cancer in Brazil. Surgical resection is one of the pillars of management, and care actions, such as surgical task forces, are one way to reduce treatment waiting time. METHODS: In this research, we conducted a cross-sectional study with 40 patients; 20 of whom were treated by a surgical task force and 20 were controls. Epidemiological data were collected in addition to answers to nine questions related to the quality of the Single Health System (SUS in Portuguese). RESULTS: A significant difference was observed in responses related to the waiting time for surgery in the SUS (p < 0.05). CONCLUSION: One can observe an improvement in the perception of patients, with regard to the SUS, when included in care actions.

Keywords: Skin Cancers; Plastic Surgery; Public Health; Brazil.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: O tumor de pele não melanoma é o câncer mais frequente no Brasil. A ressecção cirúrgica é um dos pilares do manejo e ações assistenciais como mutirões de cirurgias são formas de reduzir o tempo de espera por tratamento. MÉTODOS: Nesse trabalho, conduziu-se um estudo transversal com 40 pacientes, 20 deles participantes de mutirão e 20 controles. Coletaram-se dados epidemiológicos, além de nove perguntas relacionadas à qualidade do Sistema Único de Saúde (SUS). RESULTADOS: Observou-se diferença significativa entre as respostas relacionadas ao tempo de espera por cirurgias no SUS (p < 0,05). CONCLUSÃO: Pode-se verificar melhora na impressão dos pacientes em relação ao SUS quando incluídos em ações assistenciais.

Palavras-chave: Neoplasias cutâneas; Cirurgia plástica; Saúde pública; Brasil.

 

Use of latissimus dorsi muscle segment with muscle and fat components in single decubitus position for breast reconstruction after quadrantectomy

João Batista Fortaleza de Araújo; Luiz Gonzaga Porto Pinheiro; Sérgio Saboya Pinheiro de Sousa; João Ivo Xavier Rocha; Patrícia Lopes Gaspar; Leila Yasmim Maria Cidrão Fortaleza
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(4):649-654 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: Nowadays, more and more immediate breast reconstructions are carried out after cancer treatment. For performing radical mastectomy, there are several recognized techniques. In quadrantectomy, the options for defect repair range from primary closure to the use of oncoplastic surgery techniques. In the case of external quadrant tumors, there is no option of rotation of the entire latissimus dorsi muscle, which usually exceeds the actions necessary for repairing lost volume. A new option for post-quadrantectomy reconstruction in external quadrants is proposed in this study. METHODS: The surgical technique consists of dissection of the lateral segment of the latissimus dorsi muscle by an extension of the incision for lesion removal in the same supine position, followed by rotation and modeling of this segment to repair the defect caused by cancer removal. Twenty-one women aged 33 to 69 years underwent quadrantectomies of external quadrants followed by reconstruction with the technique described in this paper. To evaluate the method, each result had a score attributed to volume, shape, symmetry, and changes in the nipple areolar complex, as well as scar and operated quadrant surface. RESULTS: The obtained results of volume and shape were superior in relation to those of symmetry. The average grade was 7.048, equivalent to B concept. CONCLUSIONS: The new technique decreased surgical time. The acquisition of the B concept demonstrates the method's feasibility.

Keywords: Breast neoplasms/surgery. Mammaplasty. Plastic surgery/methods.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Cada vez mais são realizadas reconstruções imediatas da mama pós-tratamento do câncer. Para as mastectomias radicais, há várias técnicas consagradas. Na quadrantectomia, as opções de reparação do defeito vão do fechamento primário à utilização de técnicas de cirurgia oncoplástica. Para os tumores dos quadrantes externos, a opção de rotação de todo o músculo latíssimo do dorso é desnecessária, uma vez que usualmente excede ao necessário à reparação do volume perdido. Neste trabalho é proposta uma nova opção para a reconstrução pós-quadrantectomia em quadrantes externos. MÉTODO: A técnica cirúrgica consiste na dissecção do segmento lateral do músculo latíssimo do dorso pelo prolongamento da incisão para a retirada da lesão, no mesmo decúbito dorsal, seguida de sua rotação e modelagem para reparar o defeito decorrente da extirpação do câncer. No total, 21 mulheres com idade entre 33 anos e 69 anos foram submetidas a quadrantectomias de quadrantes externos, seguidas da reconstrução com a técnica descrita neste trabalho. Para a avaliação do método, cada resultado teve atribuído um escore a volume, forma, simetria e alterações do complexo areolopapilar, da cicatriz e da superfície do quadrante operado. RESULTADOS: Os resultados obtidos na avaliação do volume e da forma foram superiores em relação aos da simetria. A nota média foi 7,048, equivalente ao conceito B. CONCLUSÕES: A nova técnica propiciou diminuição do tempo cirúrgico. A aquisição do conceito B demonstra a viabilidade do método.

Palavras-chave: Neoplasias da mama/cirurgia. Mamoplastia. Cirurgia plástica/métodos.

 

Technical standardization of the microsurgery training program of plastic surgery and reconstructive microsurgery service of the Walter Cantídio University Hospital of the Federal University of Ceará (HUWC/UFC)

Caio Alcobaça Marcondes; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa; Iana Silva Dias; Maria Gabriela Motta Guimarães
Rev. Bras. Cir. Plást. 2014;29(2):283-288 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: The microsurgery technique was introduced by Jacobsen and Suarez in 1960, and is defined as the procedure applied in handling small structures with the aid of magnifying glasses. Microsurgery has expanding applications in different medical specialties such as plastic surgery and reconstructive microsurgery, and this complex procedure requires increasingly skilled surgeons. This article aims to present the standardization and technical concepts of the training carried out at the Plastic Surgery and Reconstructive Microsurgery Service of Walter Cantídio University Hospital of the Federal University of Ceará (HUWC/UFC). METHOD: The microsurgery training consists of four phases with increasing levels of difficulty and a workload of 120 h for the first three stages. RESULT: Plastic surgery residents at HUWC/UFC underwent the microsurgery training. All of the proposed objectives of the training were accomplished with satisfactory results. CONCLUSION: Microsurgery training should start in reconstructive microsurgery laboratories, and the plastic surgeon should begin supervised surgical practice only after acquiring the skills required.

Keywords: Microsurgery; Training; Microvascular anastomosis; Plastic surgery.

 

RESUMO

INTODUÇÃO: A técnica microcirúrgica foi introduzida por Jacobsen e Suarez em 1960, é definida como procedimentos aplicados na manipulação de pequenas estruturas com o auxílio de lentes de aumento. A microcirurgia tem atuação em diferentes especialidades médicas, na cirurgia plástica a microcirurgia reconstrutiva, esta em continua expansão. Portanto, exige cada vez mais cirurgiões habilitados para este complexo procedimento. O artigo propõe a apresentar a padronização e os conceitos técnicos do treinamento realizado no serviço de cirurgia plástica e microcirurgia reconstrutiva do Hospital Universitário Walter Cantídio da Universidade Federal do Ceará. MÉTODO: O treinamento em microcirurgia é realizado através de quatro fases com níveis crescentes de dificuldade, com uma carga horária de 120h para as três etapas iniciais. RESULTADO: Os residentes de cirurgia plástica do HUWC/UFC foram submetidos ao treinamento em microcirurgia, tendo sido contemplado todos os objetivos propostos com resultado satisfatório. CONCLUSÃO: O Treinamento em microcirurgia deverá ser iniciado em laboratórios de microcirurgia reconstrutiva, somente após desenvolver habilidades necessárias, o cirurgião plástico deverá iniciar a prática cirúrgica supervisionada.

Palavras-chave: Microcirurgia; Capacitação; Anastomose microvascular; Cirurgia plástica.

 

Evaluation of cutaneous sensitivity in patients with acute injuries of the upper limb peripheral nerves

Nelio Watanabe Aguilera; Marcus Castro Ferreira; Paulo Tuma Jr.; Hugo Alberto Nakamoto
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):467-475 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: Peripheral nerve injury in the upper limbs has serious functional and social repercussions. The aim of this study was to describe the use of the Pressure-specified Sensory Device (PSSD) to measure recovery of cutaneous sensitivity in patients who undergo microsurgery reconstruction for traumatic injury of upper limb peripheral nerves. METHOD: The study included 25 patients with acute injury on the upper limb peripheral (ulnar and/or median) nerves in which the PSSD was used to measure sensitivity. Patients were divided into three groups according to injury location: group 1, forearm; group 2, wrist; and group 3, fingers. Analysis of variance with repeated measurements was used for comparisons. RESULTS: Interaction effects showed statistical differences (P < 0.05) in the considered parameters as the time of assessment increased. CONCLUSIONS: The PSSD was an adequate method for determining cutaneous pressure thresholds in the ulnar and median muscles in patients presenting with acute nerves injuries in the forearm, wrist, and fingers and showed a progressive improvement in pressure thresholds over time.

Keywords: Median nerve. Ulnar nerve. Peripheral nerve injuries. Skin. Diagnosis. Prognosis.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A injúria de nervos periféricos em membros superiores é uma condição com repercussões funcionais e sociais graves. O objetivo deste estudo é descrever a utilização do Pressure Specified Sensory Device (PSSD) como método de mensuração da recuperação da sensibilidade cutânea em pacientes com reconstruções microcirúrgicas de lesões traumáticas de nervos periféricos em membros superiores. MÉTODO: O estudo incluiu 25 pacientes com diagnóstico de lesões agudas de nervos periféricos em membros superiores (nervos mediano e/ou ulnar), nos quais o PSSD foi utilizado para mensuração de sensibilidade. Os pacientes foram divididos em três grupos, de acordo com a localização da lesão: grupo 1, antebraço; grupo 2, punho; e grupo 3, dedos. O teste estatístico utilizado para análise das comparações foi a Análise de Variância (ANOVA) com Medidas Repetidas. RESULTADOS: Foram encontrados efeitos de interação com diferença estatística (P < 0,05) para os parâmetros considerados à medida que se aumenta o tempo de avaliação. CONCLUSÕES: O PSSD se mostrou um método capaz de determinar os limiares cutâneos de pressão nos territórios dos nervos mediano e ulnar nos pacientes com lesões agudas desses nervos em antebraço, punho e dígitos, demonstrando que houve melhora progressiva dos limiares de pressão ao longo do tempo.

Palavras-chave: Nervo mediano. Nervo ulnar. Traumatismos dos nervos periféricos. Pele. Diagnóstico. Prognóstico.

 

Transplant of the greater omentum for reconstruction of a complex hand injury

Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa; Lucas Machado Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):482-486 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The greater omentum, a large fold of the peritoneum, can be used as a free flap in numerous procedures due to the extensive network of its broad vascular pedicle and its versatility when manipulated. In this case report, we present a patient with a complex degloving injury, in which an omental flap was the best therapeutic option for reconstruction of the hand. The greater omental flap is a viable option for complex lesions of the hand, and provides good coverage of the lesion and good functional and aesthetic results.

Keywords: Hand injuries; Plastic surgery; Microsurgery.

 

RESUMO

O grande omento, uma larga prega de peritônio, pode ser usado como retalho livre em numerosos procedimentos devido à vasta e calibrosa rede de seu pedículo vascular e à sua versatilidade para ser manipulado. Neste relato de caso, nós apresentamos um paciente vítima de complexa lesão de desenluvamento, cujo retalho de grande omento se provou como a melhor opção para a reconstrução da mão dentre as outras opções terapêuticas. O retalho de grande omento é uma opção viável para lesões complexas da mão, oferecendo boa cobertura da lesão e bom resultado funcional e estético.

Palavras-chave: Traumatismos da mão; Cirurgia plástica; Microcirurgia.

 

Lipoma gigante intermuscular na coxa: um relato de manejo diagnóstico e terapêutico

SÉRGIO AUGUSTO PENAZZI; JOSÉ ROMERO DE ALMEIDA FERREIRA; SAULO MENDES SOBREIRA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):61-63 - Articles

PDF Portuguese

RESUMO

Os lipomas são os tumores de partes moles mais comuns da vida adulta e podem ocorrer em quaisquer áreas que possuam tecido adiposo em sua composição. Contudo, os lipomas ditos gigantes são mais raros e possuem abordagem cirúrgica dificultada devido à respectiva predileção por planos profundos. Assim, nesse relato, apresenta-se o caso bem-sucedido de uma paciente com lipoma gigante intermuscular em coxa direita, cujo diagnóstico, tratamento, prognóstico e desfecho são devidamente discutidos e descritos.

Palavras-chave: Lipomatose; Neoplasias lipomatosas; Cirurgia plástica; Coxas

 

Results of ulnar nerve decompression and anterior transposition at the elbow

Kátia Torres Batista; Hugo José de Araújo; Aloysio Campos da Paz Júnior
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(1):134-139 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Ulnar nerve compression is the second most frequent compressive neuropathy. It mostly occurs in the cubital tunnel at the elbow, and its surgical treatment is controversial. Here, we aim to describe the results of subcutaneous decompression and anterior transposition of the ulnar nerve performed by the Plastic Surgery Team of the Sarah Brasilia Hospital over a 6-year period. Methods: We assessed the results of decompression and anterior transposition of the ulnar nerve performed in 58 patients between 2001 and 2007 according to the modified McGowan classification. Results: Elbow fracture and leprosy were the most frequent causes of ulnar nerve compression, followed by heterotopic ossification due to spinal cord and/or brain injury. Flexor muscle retinaculotomy, Guyon's canal decompression, and tendon transfer for intrinsic muscles were performed in 57% of the patients. Overall, 80% of the patients demonstrated good or excellent results; the remaining 20%, especially those with diabetes or leprosy, exhibited complications such as neuropathic pain, complex regional pain, and persistence of symptoms. Conclusion: Decompression and anterior transposition of the ulnar nerve at the elbow reduces tension and neuritis. Moreover, it is possible to obtain 80% good or excellent results in patients with Grade II and Grade III compression.

Keywords: Nerve Compression Syndromes. Cubital Tunnel Syndrome. Ulnar Nerve.

 

RESUMO

Introdução: A compressão do nervo ulnar no cotovelo é a segunda causa mais frequente de neuropatia compressiva no membro superior. Na maioria dos casos, a compressão ocorre no canal cubital, vulnerável à compressão extrínseca, intrínseca ou idiopática. O tratamento cirúrgico é controverso. Método: Os autores descrevem os resultados da descompressão e transposição anterior do nervo ulnar realizadas em 58 pacientes. Resultados: Identificou-se como causa principal a fratura de cotovelo e a hanseníase. Na Rede Sarah, entretanto, têm sido frequente (15%) também as indicações por compressão causada por ossificação heterotópica em casos de lesados medulares e/ou cerebrais. Realizamos 57% de procedimentos associados à retinaculotomia dos flexores, descompressão no canal de Guyon e transferência tendínea para músculos intrínsecos. Obteve-se 80% de bons e excelentes resultados, 20% de complicações, dor neuropática, distrofia simpática reflexa e manutenção dos sintomas, observadas em pacientes diabéticos e portadores de hanseníase.

Palavras-chave: Síndromes de Compressão Nervosa. Síndrome do Túnel Ulnar. Nervo Ulnar.

 

Laboratory training program in microsurgery at the National Cancer Institute

Diogo Almeida Lima; Mário Sérgio Lomba Galvão; Marcelo Moreira Cardoso; Paulo Roberto de Albuquerque Leal
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(1):141-149 - Special Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Microsurgery is a technique in which the surgery is performed under optical magnification in vessels with a diameter of less than 3 mm. In 1960, Jacobson and Suarez first used the term "microsurgery" to describe the experimental anastomosis of vessels with a caliber between 1 and 2 mm, which is considered as the origin of the modern microvascular practice. Since then, several types of microvascular tissue transfer techniques for the repair of large body defects have been developed and published, accompanied by significant advances in optical imaging technologies and instrument design. Despite this technical progress, laboratory practice is essential and enables the surgeon to acquire the ability to master the microanastomosis technique. The present study describes the microsurgery training program of the Laboratory of Experimental Microsurgery of the National Cancer Institute (Rio de Janeiro, RJ, Brazil).

Keywords: Microsurgery. Reconstructive surgical procedures. Training. Plastic surgery.

 

RESUMO

A microcirurgia é uma técnica na qual se realiza cirurgia sob magnificação óptica em vasos de diâmetro < 3 mm. Jacobson e Suarez, em 1960, foram os primeiros a utilizar o termo microcirurgia para descrever anastomoses experimentais de vasos com calibre entre 1 mm e 2 mm, sendo a origem da moderna prática microvascular creditada a eles. Desde então, foram desenvolvidos e publicados diversos tipos de transferência microvascular de tecidos para reparo de grandes defeitos corporais e ocorreu intensa modernização do poder óptico e do design dos instrumentos. Apesar dessa evolução, a prática laboratorial é indispensável e permite ao cirurgião alcançar a habilidade necessária à realização da técnica de microanastomoses. Nesse contexto, este artigo apresenta a rotina de treinamento em microcirurgia realizada no Laboratório de Microcirurgia Experimental do Instituto Nacional do Câncer (Rio de Janeiro, RJ, Brasil).

Palavras-chave: Microcirurgia. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Capacitação. Cirurgia plástica.

 

Transplante de linfonodo inguinal associado a retalho abdominal livre, para tratamento de linfedema no membro superior e reconstrução mamária tardia

ANNE KAROLINE GROTH; ANDRÉ PAZIO; BRUNO ZAMPIERI DE PIERI; WILLIAM ITIKAWA; BRUNO CESAR LEGNANI; THAYLINE CAMARGO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):67-70 - Articles

PDF Portuguese

RESUMO

A principal causa de linfedema no membro superior é o tratamento do câncer de mama. Dentre as modalidades cirúrgicas para o tratamento do linfedema temos a transferência de cadeias linfáticas vascularizadas para o local afetado. O objetivo deste trabalho é demonstrar a técnica modificada de reconstrução mamária tardia, utilizando os retalhos msTRAM e DIEP, com transplante de linfonodo da região inguinal no serviço de Cirurgia Plástica Reparadora do Hospital Erasto Gaertner. No período de junho de 2016 a fevereiro de 2019, 5 pacientes foram submetidas à reconstrução tardia de mama com retalho abdominal livre associado à transferência de cadeira linfonodal inguinal com melhora dos sintomas e redução da circunferência do membro afetado. O transplante autólogo de linfonodos da região inguinal para a axila pode melhorar a drenagem linfática da área afetada e é uma técnica segura para ser realizada juntamente com a reconstrução microvascular de mama, utilizando retalhos abdominais.

Palavras-chave: Linfedema; Neoplasias da mama; Microcirurgia

 

Plastic surgery task force of Ivo Pitanguy Institute: Fernando de Noronha

Pablo Maricevich; Eduardo Nishimura; Ralf Berger; Francesco Mazzarone; Ivo Pitanguy
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(2):345-352 - Special Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Fernando de Noronha is an archipelago formed by 21 islands and has an area of 26 square km2. The main island contains the public hospital São Lucas, a Health Care Center and a SAMU (Mobile Emergency Care Service). The I Week of Plastic Surgery of the Ivo Pitanguy Institute expanded the work performed at the 38th Infirmary of the Holy House of Rio de Janeiro to areas with lack of Plastic Surgery Services. The second mission was the natural continuation of the project. The objective of the project was to offer specialized care in Plastic Surgery with consultation, surgeries, and an educative class, focused in the prevention, diagnostic and treatment of skin cancer to the population, due to its susceptibility to the disease. The first team had two instructors, six residents of the Ivo Pitanguy Institute and a dermatologist. The second mission had an instructor from other service (Oswaldo Cruz Hospital), from the State of Pernambuco. All cases were logged and photographed. The two missions performed 280 consultations, being 93 without the need of surgery and 187 surgeries. The Missions enabled a significant economy to the State of Pernambuco. Beyond it, the missions brought a great life experience for those who performed then. The possibility to help people with our skills and knowledge make us very proud and ennoble the tradition of our school.

Keywords: Skin Neoplasms. Surgery, Plastic. Social Responsibility. Social Participation.

 

RESUMO

Fernando de Noronha é um arquipélago formado por 21 ilhas, ocupando uma área de 26 km2. Na área da Saúde, o arquipélago possui o Hospital São Lucas, um Posto de Saúde vinculado ao Programa de Saúde da Família e um SAMU. A I Semana da Cirurgia Plástica do Instituto Ivo Pitanguy em Fernando de Noronha representou a expansão do trabalho feito na 38ª Enfermaria da Santa Casa da Misericórdia para lugares carentes da especialidade. A II Semana foi a continuidade natural deste projeto. O objetivo foi oferecer à população atendimento em cirurgia plástica com consultas, cirurgias e palestra, com o foco na prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de pele, visto que a população local apresenta grande risco para esta doença. A equipe da primeira Missão contou com a participação de dois instrutores e seis residentes do Instituto Ivo Pitanguy, além de uma dermatologista convidada. Já na segunda Missão, houve a participação de um instrutor do Hospital Oswaldo Cruz (SUS-PE). Todos os casos foram documentados e fotografados. Somando-se a primeira e a segunda Missão, foram realizados 280 atendimentos, sendo 93 consultas sem indicação de tratamento cirúrgico e 187 pacientes operados. Do ponto de vista de Saúde Pública, a I e a II Semana da Cirurgia Plástica do Instituto Ivo Pitanguy representaram uma economia significativa para o Estado de Pernambuco. Além disso, este projeto trouxe uma inestimável experiência de vida a todos aqueles que formaram estas equipes. A possibilidade de ajudar à população com as nossas habilidades e conhecimentos só nos orgulha e enaltece ainda mais a tradição de nossa escola.

Palavras-chave: Neoplasias Cutâneas. Cirurgia Plástica. Responsabilidade Social. Participação Social.

 

Reconstrução do nervo interósseo posterior através de enxerto autólogo: relato de caso

FELIPE FERREIRA LARANJEIRA; ROLANDO MENDOZA ROMERO; GABRIELA DIESEL SILVEIRA; MIGUEL HENRIQUE RIVERA GÓMES; MARCOS RICARDO DE OLIVEIRA JAEGER
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(Suppl.3):89-91 - Articles

PDF Portuguese

RESUMO

Lesões de extremidades são comuns em traumatismos cortocontusos. Ferimentos a nível do septo intermuscular, que divide a loja extensora da flexora no antebraço, podem atingir o principal ramo extensor do nervo radial, o nervo interósseo posterior (NIP). Estas lesões possuem uma reconstrução desafiadora, pois o NIP costuma ramificar-se neste nível. O objetivo do presente relato é demostrar como a reparação do NIP pode ser realizada com enxerto do nervo cutâneo lateral do antebraço com sucesso

Palavras-chave: Nervos periféricos; Ferimentos penetrantes; Sobrevivência de enxerto; Cirurgia plástica; Microcirurgia

 

Support

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license