ISSN Online: 2177-1235 | ISSN Print: 1983-5175

Showing of 1 until 20 from 625 result(s)

Search for : Reabilitação; Couro cabeludo; Retalhos cirúrgicos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Neoplasias

Reconstruction of nasal defects using the Rieger flap

Filipe Lopes Decusati; Antônio Egidio Rinaldi
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(2):149-153 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: the reconstruction of skin defects in the distal part of the nose is always a challenge. The dorsal nasal flap, initially described by Gillies, was unveiled when Rieger, in 1967, described the use of a modified rotation flap that used the redundant skin of the glabella to repair full-thickness defects of the lower half of the nose of equal or greater size of 2 cm, allowing reconstruction in a single surgical time.
Methods: A retrospective study was carried out, selecting patients who had basal cell carcinoma, in the middle and/or lower third of the nose, who were treated at the Plastic Surgery outpatient clinic of the Plastic Surgery Service Prof. Dr. Oswaldo de Castro, in the period from 2017 to 2019.
Results: The total number of patients was six, with ages ranging from 64 to 95 years, with an average of 80.67 years. Five of these patients were male, with only one female. There were no complications during or after the procedures. Also, there were no cases of infection, bleeding, hematoma, dehiscence, or necrosis of the flap.
Conclusion: the Rieger flap is a good option for cases of reconstruction of defects located in the lower half of the nose; it is performed in a single moment, is easy to perform, and has a high level of patient satisfaction. It provides an adequate result aesthetics of the reconstructed area, in texture and color, through the use of specific tissues for the nasal covering.

Keywords: Surgical flaps; Nose; Reconstructive surgical procedures; Nose neoplasms; Carcinoma, Basal cell.

 

RESUMO

Introdução: A reconstrução de defeitos cutâneos na porção distal do nariz sempre é um desafio. O retalho de dorso nasal, originalmente descrito por Gillies, ficou conhecido quando Rieger, em 1967, descreveu o uso de um retalho de rotação modificado que utilizava a pele redundante da glabela para reparar defeitos de espessura total da metade inferior do nariz com tamanho igual ou menor a 2cm, permitindo a reconstrução em somente um tempo cirúrgico.
Métodos: Um estudo retrospectivo foi realizado, selecionando pacientes que foram atendidos no ambulatório de Cirurgia Plástica do Serviço de Cirurgia Plástica Prof. Dr. Oswaldo de Castro, no período de 2017 a 2019, que apresentavam carcinoma basocelular, em região de terço médio e/ou inferior do nariz.
Resultados: O número total de pacientes foi de seis, com idade variando entre 64 a 95 anos, com média de 80,67 anos. Cinco destes pacientes eram do sexo masculino, sendo somente uma do sexo feminino. Não houve intercorrências durante ou após os procedimentos. Ainda, não ocorreram casos de infecção, sangramento, hematoma, deiscência ou necrose do retalho.
Conclusão: O retalho de Rieger é uma boa opção para casos de reconstrução de defeitos localizados em metade inferior do nariz, sendo realizado em tempo único, de fácil execução e com alto nível de satisfação dos pacientes, fornecendo um adequado resultado estético da área reconstruída, em textura e cor, por utilizar tecidos próprios da cobertura nasal.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Nariz; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Neoplasias nasais; Carcinoma basocelular

 

Breast reconstruction with autologous tissue: 380 consecutive cases

Larissa Silva Leitão Daroda; Romeu Ferreira Daroda; Darlen Rodrigues Vieira
Rev. Bras. Cir. Plást. 2015;30(3):352-360 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Breast reconstruction plays an important role in the treatment of breast cancer. Several options are available for autologous breast reconstruction, the more widespread being the transverse rectus abdominis myocutaneous (TRAM) flap, the latissimus dorsi myocutaneous (LDM) flap, and the local muscle (LM) flap. The objective of this work was to demonstrate the initial experience in breast reconstruction with autologous tissue, with or without implants. METHOD: A retrospective analysis was performed of medical charts of 367 patients who underwent immediate and delayed breast reconstruction with the unipediculated TRAM flap, LD flap, or LM flap. RESULTS: Three hundred eighty breasts were reconstructed. There were 156 TRAM flap procedures, 179 LD flap procedures, and 49 other techniques. The size of the implants ranged between 155 cc and 640 cc. The mean age of the patients was 49.33 years. One hundred ninety-seven patients underwent surgery on the right side and 169 on the left; 14 patients underwent bilateral reconstruction. Reconstruction was immediate in 80% of the patients. There were few moderate (partial dehiscence of the wound requiring suturing) and severe complications (flap liponecrosis, extrusion of the implant after infection, and pulmonary thromboembolism) and some minor complications that did not require surgical correction. CONCLUSIONS: Breast reconstruction with autologous tissue provides the plastic surgeon with a consistent and reliable method of breast reconstruction, with very satisfactory aesthetic results and low morbidity in selected patients.

Keywords: Mammoplasty; Surgical flaps; Muscles; Breast tumors; Reconstructive surgical procedures.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução mamária desempenha papel importante no tratamento do câncer de mama. Várias opções estão disponíveis para a reconstrução autóloga, sendo as mais difundidas o retalho do reto abdominal (TRAM), o retalho de grande dorsal e retalho muscular local. O trabalho visa demonstrar a experiência inicial na reconstrução mamária com tecido autólogo, acrescido ou não de implante. MÉTODO: Foi realizada análise retrospectiva de prontuários de 367 pacientes que foram submetidas à reconstrução mamária imediata e tardia com retalho do reto abdominal (TRAM) unipediculado ou retalho de grande dorsal (GD) ou retalho muscular local (RL). RESULTADOS: Foram reconstruídas 380 mamas. Em 156 pacientes, a técnica foi TRAM; em 179, GD; e, em 49 pacientes, outras técnicas foram empregadas. O tamanho dos implantes variou entre 155 cc e 640 cc. A idade média das pacientes foi de 49,33 anos. 197 pacientes foram operadas do lado direito, 169 do lado esquerdo e em 14 pacientes a reconstrução foi bilateral. A reconstrução foi imediata em 80% das pacientes. Houve poucas complicações moderadas (deiscência parcial da sutura, com necessidade de ressutura) e graves (liponecrose do retalho, extrusão do implante após infecção e tromboembolismo pulmonar) e, ainda, algumas complicações menores que não demandaram correção cirúrgica. CONCLUSÕES: A reconstrução mamária com tecido autólogo fornece ao cirurgião plástico um método consistente e confiável de reconstrução mamária, com resultados estéticos muito satisfatórios e com morbidade pequena para pacientes selecionadas.

Palavras-chave: Mamoplastia; Retalhos cirúrgicos; Músculos; Neoplasias da mama; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Total nasal reconstruction: use of the "sandwich technique" during residency

Renato Franz Matta Ramos; Leonardo Spencer; Paula Girelli; Karina Meneguzzi; Alessandra Martinelli; Carlos Oscar Uebel
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(2):174-180 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: One of the most common sites of skin cancer is the nose, and because of its distinct three-dimensional structure, reconstruction of the nasal tip support is challenging for plastic surgeons. METHODS: This article presents an alternative option for total nasal reconstruction using the bilateral frontal flap and the block bilateral auricular cartilage graft. We present an account of the use of the "sandwich technique", consisting of two frontal flaps interspersed by auricular cartilage. While the first flap gives rise to the new roof of the nasal fossa, the cartilage configures the three-dimensional shape and provides support for the new nasal structure. The second flap is then responsible for the outer coverage. RESULTS: In this case, both the minimal morbidity of the donor area and excellent perfusion of the autonomized flaps were verified, leading to a largely satisfactory result. CONCLUSIONS: Although total nasal reconstruction is an infrequent procedure in the career of a plastic surgeon, the technique described here is a viable option for these cases.

Keywords: Surgical flaps; Nose/surgery; Nasal tumors; Reconstructive surgical procedures.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Um dos locais mais comuns para o surgimento de câncer de pele é o nariz e, devido à sua distinta estruturação em três dimensões, a reconstrução do suporte da ponta nasal apresenta-se como um desafio para os cirurgiões plásticos. MÉTODOS: Este artigo apresenta uma das opções de reconstrução nasal total utilizando como recursos o retalho frontal bilateral e o enxerto de cartilagem auricular bilateral em bloco. Apresentamos um relato do uso da "técnica em sanduíche", constituída por dois retalhos frontais intercalados pelas cartilagens auriculares. Enquanto o primeiro retalho origina o novo teto das fossas nasais, a cartilagem configura o formato tridimensional e garante o suporte da nova estrutura nasal. O segundo retalho fica, então, responsável pela cobertura exterior. RESULTADOS: Neste caso comprovou-se tanto a mínima morbidade da área doadora quanto a excelente perfusão dos retalhos autonomizados, o que se considerou um resultado amplamente satisfatório. CONCLUSÕES: Embora a reconstrução nasal total seja um procedimento infrequente na vida do cirurgião plástico, a técnica aqui descrita mostra-se como uma opção atraente para estes casos.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Nariz/cirurgia; Neoplasias nasais; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Versatility of the mid-forehead flap in facial reconstruction

Mayra Joan Marins da Costa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(4):474-480 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: Reconstruction of complex facial defects is a challenge to the plastic surgeon. Different missing anatomical units must be accessed in different ways and with individualized goals, always tailoring the options to the patient's needs. The objective is to examine the role of the mid-forehead flap in the reconstruction of different anatomical facial units. METHODS: Retrospective analysis of patients who were operated on by the author from February 2010 to June 2015. Patients were evaluated according to age, sex, lesion etiology, defect location, number of operations performed per patient, and postoperative complications. RESULTS: Fifteen patients (mean age, 69 years) underwent facial reconstruction with a mid-forehead flap. Thirteen patients required more than one operation for pedicle refinement and transection. There was one case of partial necrosis of the flap in the columella region, with satisfactory healing by second intention. There was no infection or hematoma. All secondary cartilage grafts showed integration into the recipient bed. CONCLUSIONS: The mid-forehead flap remains an important tool for the reconstruction of major facial defects. It allows the transfer of frontal tissue in an efficient and reliable way with minimal deformity in the donor area, resulting in an esthetically acceptable reconstruction.

Keywords: Reconstructive Surgical Procedures; Skin neoplasms; Nose/surgery; Surgical Flaps.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A reconstrução de defeitos complexos faciais é um desafio ao cirurgião plástico. Diferentes unidades anatômicas ausentes devem ser acessadas de maneiras distintas e com objetivos próprios, sempre adequando as possibilidades ao paciente em questão. O objetivo é mostrar o papel do retalho médio-frontal na reconstrução de diferentes unidades anatômicas faciais. MÉTODOS: Análise retrospectiva de pacientes operadas pela autora, no período de fevereiro de 2010 a junho de 2015. Os pacientes foram avaliados em relação à idade, sexo, etiologia da lesão, localização do defeito, número de tempos cirúrgicos realizados por paciente e complicações pós-operatórias. RESULTADOS: Quinze pacientes foram submetidos à reconstrução facial com retalho médiofrontal, com média de idade de 69 anos. Treze pacientes necessitaram mais de um tempo cirúrgico para refinamento e transecção do pedículo. Houve um caso de necrose parcial do retalho na região da columela, com cicatrização satisfatória por segunda intenção. Não houve infecção ou hematoma. Todos os enxertos cartilaginosos secundários se integraram ao leito receptor. CONCLUSÕES: O retalho médio-frontal permanece como importante ferramenta na reconstrução de grandes defeitos faciais. Permite a transferência de tecido frontal de forma eficiente e confiável com mínima deformidade na área doadora, possibilitando uma reconstrução esteticamente aceitável.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Neoplasias cutâneas; Nariz/cirurgia; Retalhos cirúrgicos.

 

Rieger's flap: aesthetic results and patient satisfaction

André Alves Valiati; Gustavo de Azambuja Pereira Filho; Tiago Falcão Cunha; Antônio Carlos Schilling Minuzzi Filho; Pedro Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(2):250-253 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Background: The Rieger's flap was first described by its eponym, in 1967, as a good option for coverage of dorsal nasal soft-tissue defects. Objectives: To evaluate aesthetic results and patient satisfaction after nasal reconstruction with Rieger's flap. Methods: Retrospective analysis of 10 patients who underwent the procedure in 2009. We evaluated the aesthetic results using photographic analysis and satisfaction score according to the patients' complaints. Results: The mean age was 67 years old. A total of 7 men and 3 women underwent the procedure in 2009. The overall photographic aesthetic result score was 8.9; the overall satisfaction score was 9.0. Conclusion: The Rieger's flap is a good option for coverage of defects of the medium/distal nasal dorsum that are less than 2.0 cm in diameter. When performed on selected patients, the Rieger's flap is an aesthetically predictable one-stage procedure.

Keywords: Surgical flaps. Nose/surgery. Reconstructive Surgical Procedures. Nose Neoplasms.

 

RESUMO

Introdução: O retalho de Rieger foi descrito por seu epônimo, em 1967, como sendo uma boa opção para cobertura de defeitos de partes moles em dorso nasal. Objetivo: Avaliar resultado estético e grau de satisfação dos pacientes após reconstrução nasal usando retalho de Rieger. Método: Análise retrospectiva de 10 casos operados em 2009. Foram avaliados resultado estético por meio de fotografia de 6 meses de pós-operatório e grau de satisfação dos pacientes que receberam o retalho de Rieger. Resultados: A média de idade dos pacientes foi de 67 anos. Um total de 7 homens e 3 mulheres foram operados em 2009. O escore geral do resultado estético avaliado por fotografia foi de 8,9; o grau de satisfação dos pacientes foi de 9,0. Conclusão: O retalho de Rieger é uma boa opção para tratamento de defeitos em terço médio/inferior do dorso nasal de até 2,0 cm de diâmetro. Quando realizado em pacientes selecionados, o retalho de Rieger é um procedimento previsível e de apenas um estágio cirúrgico.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos. Nariz/cirurgia. Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos. Neoplasias Nasais.

 

Upper lip reconstruction with subcutaneous pedicle flap

Paulo José Alves; Sulley Sheila Teixeira Alves
Rev. Bras. Cir. Plást. 2011;26(2):254-258 - Original Article

PDF Portuguese

ABSTRACT

Introduction: The main causes of acquired defects in the upper lip region are the traumatic and tumor resection which cause significant tissue deficits. The lip reconstruction should be performed in order to preserve the function and aesthetic appearance of the entire unit. For defects in the plan after partial resection and muscles that affect the upper lip, the subcutaneous pedicle flap in VY showed an easily made and very safe, with satisfactory results in terms of functional and aesthetic. Objective: Provide a safe and practical alternative for correction partial defects in the plan a in the region of the upper lip with good results in post-operative. Method: Thirteen patients were operated on a cold sore and had rebuilt his lips in time with single subcutaneous pedicle flap. Results: Patients reported high satisfaction. All histopathology showed free surgical margins of the lesion. Conclusions: The subcutaneous pedicle flap in VY proved to be a good option to cover raw areas produced by resection of tumor lesions.

Keywords: Surgical flaps. Lip/surgery. Reconstructive Surgical Procedures. Mouth Neoplasms.

 

RESUMO

Introdução: As principais causas de defeitos adquiridos na região labial superior são as lesões traumáticas e as ressecções tumorais, as quais acarretam déficits teciduais importantes. A reconstrução labial deve ser realizada com o intuito de preservar a função e o aspecto estético de toda unidade. Para os defeitos em plano parcial pós-ressecção que atingem até a musculatura do lábio superior, o retalho de pedículo subcutâneo em V-Y mostrou ser de fácil confecção e bastante seguro, apresentando resultados satisfatórios do ponto de vista funcional e estético. Objetivo: Apresentar uma alternativa segura e prática para correção dos defeitos em plano parcial na região do lábio superior, com obtenção de resultados satisfatórios no pós-operatório. Método: Treze pacientes portadores de lesão labial foram operados e tiveram seus lábios reconstruídos em tempo cirúrgico único com retalho de pedículo subcutâneo. Resultados: Os pacientes apresentaram grau elevado de satisfação. Todos os exames histopatológicos demonstraram margens cirúrgicas livres da lesão. Conclusões: O retalho de pedículo subcutâneo em V-Y demonstrou ser uma boa opção para cobertura de áreas cruentas produzidas pela ressecção de lesões tumorais.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos. Lábio/cirurgia. Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos. Neoplasias Bucais.

 

Reconstruction of large scalp and forehead defects following tumor resection: personal strategy and experience - analysis of 25 cases

Cleyton Dias Souza
Rev. Bras. Cir. Plást. 2012;27(2):227-237 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

BACKGROUND: The anatomical peculiarities of extensive malignant neoplasms of the scalp and forehead remain a challenge for plastic surgeons. Although several procedures for repair of these defects have been described, the ideal reconstruction relies on careful assessment of each clinical case and aims to achieve the best functional and aesthetic outcome with minimal morbidity of the donor area. The aim of this study is to evaluate a series of patients who underwent immediate reconstruction following scalp and forehead tumor resection, in order to demonstrate the personal technique and experience of the author. METHODS: This is a retrospective analysis of 25 patients who underwent scalp and forehead reconstruction between June 2009 and June 2011 following treatment for advanced skin cancer. The following parameters were studied: gender, age, diagnosis, clinical staging, location and size of the defect, repair strategy, complications, and current clinical status. RESULTS: Of the 25 patients, 60% were men; the average age was 64.8 years. Patients most frequently presented in clinical stage III (88%). Squamous cell carcinoma was the most common tumor (84%) and the biparietal region was the most commonly affected area (20%). The size of the defects varied from 3.8 cm × 3.5 cm to 22.9 cm × 15 cm. The reconstructive procedure used most often (80%) relies on the production of a local flap. Two (8%) cases of partial flap necrosis and 1 case (4%) of partial graft loss were noted. All patients are still alive and only one shows signs of proliferative malignant neoplasm (tumor recurrence without treatment options). With regard to functional and aesthetic aspects, both the author and the patients considered the results obtained to be satisfactory. CONCLUSIONS: In the literature, a variety of procedures for scalp reconstruction have already been described. In patients with extensive loss of soft tissues, microsurgical flaps are the most commonly used option. Reconstruction with a local advancement flap is a safe technique, provides satisfactory results, and is performed with a simple technical procedure. It therefore may be ideal for borderline-operable patients.

Keywords: Surgical flaps. Plastic surgery. Scalp/surgery. Head and neck neoplasms. Reconstructive surgical procedures.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: Neoplasias malignas extensas em couro cabeludo e fronte tornam-se um desafio para o cirurgião plástico, em decorrência das particularidades anatômicas da região. Apesar da existência de muitas técnicas para o reparo dos defeitos, a reconstrução ideal depende da avaliação criteriosa de cada caso clínico e tem por finalidade alcançar o melhor resultado, tanto funcional como estético, com mínima morbidade no sítio doador. O objetivo deste estudo é avaliar uma série de pacientes submetidos a reconstrução imediata após ressecção oncológica em couro cabeludo e fronte, demonstrando tática pessoal e experiência do autor. MÉTODO: Trata-se de análise retrospectiva de 25 pacientes operados no período de junho de 2009 a junho de 2011, submetidos a reconstrução de couro cabeludo e da fronte após tratamento de câncer de pele avançado dessa região. Foram estudados os seguintes parâmetros: sexo, idade, diagnóstico, estadiamento clínico, localização e dimensão do defeito, tática de reparo, complicações e estado clínico atual. RESULTADOS: Amostra composta de 25 pacientes, sendo 60% homens, com média de idade de 64,8 anos. O estádio clínico III foi o mais frequente (88%), o diagnóstico de maior incidência foi o de carcinoma espinocelular (84%) e a região biparietal foi a localização mais atingida (20%). O tamanho dos defeitos variou de 3,8 cm x 3,5 cm a 22,9 cm x 15 cm. A técnica de reparo mais utilizada (80%) foi a confecção de retalho local. Ocorreram 2 (8%) casos de necrose parcial do retalho e 1 (4%) caso de perda parcial do enxerto. Todos os pacientes estão vivos, dos quais apenas um apresenta sinais de neoplasia maligna em atividade (recidiva tumoral e fora de possibilidade terapêutica). Quanto aos aspectos funcional e estético, tanto o autor como os pacientes consideram o resultado bom. CONCLUSÕES: Na literatura internacional, são descritas várias técnicas de reconstrução do couro cabeludo. Na maioria dos casos com grande perda de tecidos moles, os retalhos microcirúrgicos são as opções mais aceitas. A reconstrução com retalhos locais de avanço constitui opção bastante segura e apresenta resultados favoráveis, com realização técnica mais simples e taticamente ideal para aqueles casos limítrofes de operabilidade.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos. Cirurgia plástica. Couro cabeludo/cirurgia. Neoplasias de cabeça e pescoço. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Reconstruction of the lower eyelid using a full-thickness upper eyelid transposition flap

JASON CÉSAR ABRANTES DE FIGUEIREDO
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(2):260-263 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The best method to reconstruct an anatomical unit is to replace the injured area with the same tissues.
Methods: Three patients with basal cell carcinoma in the lower eyelid underwent full-thickness lower eyelid excision, followed by immediate reconstruction with a single-stage fullthickness transposition of the upper eyelid tissue.
Results: The patients had almost no complications, and the functions of total closure and protection of the eyeballs of the eyelids were maintained.
Conclusion: The flap proved to be feasible and is an alternative choice for reconstruction of the lower eyelid.

Keywords: Palpebral neoplasm; Surgical flap; Reconstructive surgical procedure; Basal cell carcinoma

 

RESUMO

Introdução: O melhor método para reconstruir uma unidade anatômica é substituir a área lesada pelos mesmos tecidos.
Métodos: Três pacientes que apresentavam carcinomas basocelulares na pálpebra inferior foram submetidos à excisão, seguida de reconstrução imediata com a transposição em espessura total de tecido da pálpebra superior em um só tempo.
Resultados: Os pacientes evoluíram quase sem complicações, as pálpebras mantiveram suas funções de fechamento total e proteção do globo ocular.
Conclusão: O retalho se mostrou factível e é mais uma alternativa para reconstruir a pálpebra inferior.

Palavras-chave: Neoplasias palpebrais; Retalhos cirúrgicos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Carcinoma basocelular

 

Nasolabial interpolation flap for nasal alar reconstruction after skin tumor resection

Rafael Luís SAKAI; Luis Carlos Vieira Tavares; Carlos Alberto Komatsu; Leão Faiwichow
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(2):217-221 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: The nose is a common site for skin neoplasms. Due to its functional and esthetic importance, nasal reconstruction, mainly that of the nose ala, is challenging. The objective is to describe the nasolabial interpolation flap for nasal alar reconstruction after skin tumor resection.
Methods: Patients with nonmelanoma skin tumors on the nasal ala without involvement of the alar and supra-alar sulcus underwent reconstruction with a nasolabial interpolation flap associated with conchal cartilage grafting. Details of the surgical planning and operative sequence and an analysis of the results are presented.
Resultados: In the treatment of skin tumors on the nasal ala, results from the oncological and esthetic point of view should be sought, i.e., maintenance of the three-dimensional structure and cutaneous features should be intended.
Conclusion: Use of the nasolabial interpolation flap was effective for nasal alar reconstruction despite the need for two surgeries.

Keywords: Nose; Reconstructive surgical procedures; Surgical flaps; Skin neoplasms

 

RESUMO

Introdução: O nariz é sede frequente de neoplasias cutâneas. Pela importância estético-funcional, a reconstrução do nariz, em especial da asa nasal, é um desafio. O objetivo é descrever o retalho nasogeniano de interpolação na reconstrução da asa nasal após ressecção de tumores cutâneos.
Métodos: Pacientes com tumores de pele não melanoma de asa nasal, sem comprometimento dos sulcos alar ou supra-alar, foram submetidos à reconstrução com retalho nasogeniano de interpolação associado a enxerto de cartilagem conchal. Detalhes do planejamento cirúrgico e da sequência operatória, assim como a análise dos resultados, são demonstrados.
Resultados: No tratamento de tumores de pele localizados na asa nasal, deve-se buscar resultados sob o ponto de vista oncológico e estético. Assim, a preservação da estrutura tridimensional e das características cutâneas da asa nasal deve ser objetivada.
Conclusão: O retalho nasogeniano de interpolação mostrou-se eficaz na reconstrução da asa nasal, apesar da necessidade de dois tempos cirúrgicos.

Palavras-chave: Nariz; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Retalhos cirúrgicos; Neoplasias cutâneas

 

Total lower eyelid reconstruction with the combined use of the Hughes and Destro flaps

DIOGO ALMEIDA LIMA
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(3):364-373 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: Lower eyelid cancers are common. Basal cell carcinoma, squamous cell carcinoma, and melanoma are responsible for 5 to 10% of all skin cancers. Complete reconstruction after excision of a tumor that creates a defect involving more than 50% of the eyelid is a challenge. Reports vary regarding the best method of reconstruction, and most available literature is in the form of case reports, leading to inconsistency in the evidence presented.
Methods: This retrospective study examined the medical records to evaluate the functional results achieved by the author in patients who underwent total lower eyelid reconstruction after cancer resection between May 2012 and May 2016. The Hughes myotarsoconjunctival flap was used for reconstruction of the internal lamella, and the Destro VY skin advancement flap was used for the external lamella.
Results: Of 13 patients with a mean age of 72.61 years, basal cell carcinoma accounted for 11 cases. No comorbidity was observed in the flap donor areas. Contralateral symmetry and palpebral closure were achieved in 12 cases; 1 case of ectropion was successfully treated, but no other functional problems were identified.
Conclusion: The combined use of the Hughes flap and Destro flap is a valuable alternative for total reconstruction of the lower eyelid and can achieve favorable functional and aesthetic outcomes with donor tissue, similar to that of resected tissue.

Keywords: Reconstructive surgical procedures; Eyelids; Surgical flaps; Eyelid neoplasms

 

RESUMO

Introdução: A neoplasia de pálpebra inferior é uma doença frequente. O carcinoma basocelular, o espinocelular e o melanoma são responsáveis por 5 a 10% de todos os cânceres de pele. A reconstrução total da pálpebra inferior após exérese de neoplasia cujo defeito envolva mais que 50% da pálpebra é um desafio. A literatura mostra alternativas discordantes quanto ao melhor método de reconstrução nessas situações, sendo a maioria dos trabalhos composta por relatos de casos, levando à inconsistência nas evidências apresentadas.
Método: Avaliar retrospectivamente, por meio da coleta de dados em prontuários, os resultados funcionais alcançados pelo autor nos pacientes submetidos à reconstrução total de pálpebra inferior após ressecção de neoplasia entre maio de 2012 e maio de 2016, na Santa Casa de Passos, com a associação do retalho miotarsoconjuntival de Hughes para reconstrução da lamela interna e do retalho de avanço de pele VY de Destro para reconstituir a lamela externa.
Resultados: Foram operados 13 pacientes, com média de idade de 72,61 anos. O carcinoma basocelular foi responsável pela maioria das lesões com 11 casos. Nenhum paciente apresentou comorbidade nas áreas doadoras dos retalhos. A simetria contralateral e o fechamento palpebral foram observados em 12 casos, sendo um caso de ectrópio tratado com sucesso, não sendo identificados outros problemas funcionais.
Conclusão: A associação do retalho miotarsoconjuntival de Hughes e retalho de Destro é uma alternativa valiosa para a reconstrução total da pálpebra inferior, visto conseguirmos um resultado funcional e estético favorável com tecidos doadores semelhantes aos ressecados.

Palavras-chave: Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Pálpebras; Retalhos cirúrgicos; Neoplasias palpebrais

 

Strategies in complex reconstructions of the scalp and forehead: a series of 22 cases

Caio Alcobaça Marcondes; Salustiano Gomes de Pinho Pessoa; Breno Bezerra Gomes de Pinho Pessoa
Rev. Bras. Cir. Plást. 2016;31(2):229-234 - Original Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

INTRODUCTION: The cephalic region is exposed to various insults from the environment. Extensive lesions in the scalp are a great challenge for plastic surgeons, because the low mobility of the skin in this region hampers its closure. A great variety of techniques have been used to close defects on the scalp and forehead. Ideally, scalp closure should provide a better functional and aesthetic outcome, as well as low morbidity at the donor site. METHODS: From January 2006 to December 2014, we performed a retrospective clinical study involving a series of 22 patients with advanced tumors of the scalp or forehead, or with extensive post-trauma skin loss. RESULTS: Reconstructive surgeries with 11 local scalp flaps (bi- or tri-pedicled), three coronal forehead flaps, and eight free flaps were performed. One patient experienced late partial loss of a free flap after radiotherapy. CONCLUSION: Various techniques can be used to reconstruct the scalp and forehead; each case should be assessed individually. The present study indicated that flaps are safe and that they confer low morbidity at the donor area. These results were satisfactory and in agreement with the literature analyzed.

Keywords: Scalp/surgery; Microsurgery; Surgical flaps; Head and neck tumors; Reconstructive surgical procedures.

 

RESUMO

INTRODUÇÃO: A região cefálica está exposta a insultos de ordem variada por parte do meio ambiente. As lesões extensas no couro cabeludo representam um grande desafio ao cirurgião plástico devido à pouca mobilidade da pele nesta região, o que dificulta o seu fechamento. Uma grande variedade de técnicas tem sido utilizada para o fechamento de defeitos no couro cabeludo e na fronte. A técnica ideal deve visar o melhor resultado funcional, estético e baixa morbidade do sítio doador. MÉTODOS: Foi realizado um estudo clínico retrospectivo no período de janeiro de 2006 a dezembro de 2014, de uma série de 22 casos com tumores avançados do couro cabeludo e da fronte e perda cutânea extensa pós-trauma. RESULTADOS: Foram realizados 11 retalhos locais de couro cabeludo (bi ou tripediculados), três retalhos coronais da fronte e oito retalhos livres. Houve um caso de perda parcial tardia de um retalho livre pós-radioterapia. CONCLUSÃO: Diferentes técnicas para a reconstrução do couro cabeludo e da fronte são possíveis, cada caso deve ser avaliado individualmente. Os retalhos apresentados foram considerados seguros e com pouca morbidade da área doadora. Os resultados obtidos foram satisfatórios e estão de acordo com a literatura analisada.

Palavras-chave: Couro cabeludo/cirurgia; Microcirurgia; Retalhos cirúrgicos; Neoplasias de cabeça e pescoço; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos.

 

Scalp reconstruction after wide resection of an angiosarcoma

Mariana Brandão Miqueloti; Carine Barreto Gonzaga; Vanessa da Silva Azambuja Ribeiro; Elmo Glória Filho; Ricardo Aguiar Villanova Freire
Rev. Bras. Cir. Plást. 2019;34(4):561-566 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: It is difficult to reconstruct the scalp due to its poor elasticity and presence of layers over a rigid convex structure. Different surgical techniques are used to repair defects that may develop due to several etiologies, such as trauma, deformities, and disease sequelae, especially cancer, as noted in the present case. Cutaneous angiosarcoma, a rare and extremely aggressive malignant vascular tumor that mainly develops in elderly individuals, is clinically characterized by the onset of rapidly evolving erythematous purple plaques. The treatment depends on disease extent. Most patients are treated with wide surgical resection and reconstruction. The objective is to report a case of reconstruction of a major scalp defect after an oncologic dissection performed at the Hospital Central do Exército in Rio de Janeiro.
Methods: An autologous graft and dermal matrices were applied during two surgical periods till the damaged area was fully covered.
Results: Satisfactory results were obtained after performing skin grafting surgery in the resected area.
Conclusion: The autologous graft and dermal matrix proved to be a viable option for scalp reconstruction.

Keywords: Scalp; Reconstructive surgical procedures; Vascular tissue neoplasms; Cutaneous neoplasms; Rehabilitation

 

RESUMO

Introdução: O couro cabeludo é uma área de difícil reconstrução devido à sua pouca elasticidade e por sobrepor-se a uma estrutura rígida e convexa. Existem diferentes técnicas cirúrgicas para reparação dos defeitos, que podem ser produto de diversas etiologias, como: traumas, deformidades e consequência de doenças, principalmente oncológicas, como é o caso do paciente apresentada neste trabalho. O angiossarcoma cutâneo é um tumor vascular maligno raro e extremamente agressivo, que afeta principalmente idosos. É caracterizado clinicamente pelo aparecimento de placas eritêmato-violáceas e de rápida evolução. O tratamento depende da extensão da doença. A maioria dos casos são tratados com ampla ressecção cirúrgica e reconstrução. O objetivo é relatar um caso de reconstrução de grande defeito do couro cabeludo depois de uma dissecção oncológica, realizado no Hospital Central do Exército (HCE) - RJ.
Métodos: O caso foi tratado com enxerto autólogo e uso de matriz dérmica, em 2 tempos cirúrgicos, até a total cobertura da área lesionada.
Resultados: Obteve-se resultado satisfatório após as cirurgias de enxertia de pele na área ressecada.
Conclusão: O enxerto autólogo, juntamente a matriz dérmica mostrou-se uma opção viável na reconstrução do couro cabeludo.

Palavras-chave: Couro cabeludo; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Neoplasias de tecido vascular; Neoplasias cutâneas; Reabilitação

 

Scalp reconstruction with supragaleal flap: a great option for large scalp avulsion

Patricia de Azevedo Marques; Caio Arthur Wagner Matzenbacher; Luciane Pereira Flores Siqueira; Bruno Andrade Paulino da Costa; Danilo Debs Procópio Silva; Dulce Maria Fonseca Soares Martins
Rev. Bras. Cir. Plást. 2017;32(3):435-440 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The treatment of large scalp defects remains a big challenge, even though several therapeutic options are available. According to localization, size and depth of injury, and patient's characteristics, the plastic surgeon may use techniques such as skin graft, tissue expanders, local or free flaps. Microsurgery has revolutionized reconstructive plastic surgery and is the gold standard for more complex cases. However, it is available only in large centers. Using the simplest technique is a broadly accepted concept that should be applied to scalp wounds as well. In this paper, we report a case of trauma of a 4 year-old child who lost approximate one third of the scalp including pericranium areas, that it is possible to reconstruct the scalp by rotating a supragaleal flap followed by a skin graft over the galea. This is an easily reproducible technique with a short learning curve, and therefore is an interesting option for large scalp injuries.

Keywords: Surgical flaps; Reconstructive surgical procedures; Scalp.

 

RESUMO

O tratamento de grandes defeitos no couro cabeludo permanece um desafio, a despeito de muitas opções terapêuticas. De acordo com a localização, tamanho e profundidade da lesão, assim como características do paciente, o cirurgião plástico poderá optar dentre inúmeras técnicas com graus variados de complexidade, como enxertos de pele, expansores teciduais, retalhos locais ou livres, entre outras. A microcirurgia revolucionou a cirurgia plástica reparadora e se configura como padrão ouro de tratamento em casos complexos, no entanto, está disponível apenas nos grandes centros. Observando essa limitação, devemos nos ater ao preceito da escada reconstrutora, que prioriza uso da técnica mais simples possível e também deve ser aplicada em casos de ferimentos de escalpo. Nesse artigo demonstramos, em um caso de traumatismo numa menina de 4 anos de idade com perda de aproximadamente um terço do escalpo incluindo áreas de pericrânio, que é possível a reconstrução do couro cabeludo com a rotação de um retalho supragaleal seguida de enxertia de pele parcial sobre a gálea. Essa é uma técnica reprodutível e com curta curva de aprendizado, sendo uma opção bastante interessante para esses casos.

Palavras-chave: Retalhos cirúrgicos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Couro cabeludo.

 

Reconstrução total de couro cabeludo: relato e experiência de dois casos

Estevão José Müller Uliano; Inara do Carmo Lucchese; Diego Fernando Villagra Avila; Mackerley Bleixuvehl de Brito; Zulmar Antonio Accioli de Vasconcellos; Jorge Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):53-55 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

INTRODUÇÃO: O escalpelamento, ato de remover uma parte do escalpo, pode ser facilmente causado por diversos mecanismos como trauma, queimadura, infecção, ablação cirúrgica de tumores e lesões congênitas. Há diversas opções de reconstruções relatadas na literatura. OBJETIVO: Relatar dois casos de escalpelamentos atendidos e tratados em um Hospital Universitário. MÉTODOS: Os dois casos de escalpelamento foram tratados com enxerto autólogo em diversos tempos cirúrgicos até a total cobertura da área lesionada. RESULTADOS: Obteve-se resultado satisfatório após as cirurgias de enxertia de pele nas áreas lesionadas de ambos os casos tratados. CONCLUSÃO: O enxerto autólogo mostrou-se uma opção viável na reconstrução do couro cabeludo.

Palavras-chave: Reabilitação; Couro cabeludo; Face.

 

Superiorly-based, preauricular tunneled insular flap for reconstruction of auricular defects

DÉLCIO APARECIDO DURSO; WILLIAN SEGALIN; PAOLLA RIBEIRO GONÇALVES; MARCELLA FERREIRA CARVALHO; SÉRGIO DOMINGO BOCARDO; FLÁVIA FREIRE DANTAS
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(4):586-589 - Case Report

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

The auricular complex is commonly affected by tumors or traumatic events. Several surgical options are available for restoration of ear anatomy. We report the case of a patient who presented with tumor lesions on more than one occasion in the anterior left ear and required surgical intervention to correct the defect generated by excision. As a proposed procedure, we designed and executed a superiorly-based insular flap that was rotated to the scaphoid fossa through a tunnel created in the projection of the triangular fossa; this was performed in a single stage, and the patient was satisfied with the aesthetic and functional results.

Keywords: Ear; Ear neoplasms; Surgical flaps; Reconstructive surgical procedures

 

RESUMO

O complexo auricular representa sede frequente de lesões, especialmente de origem tumoral ou resultante de eventos traumáticos. Diversas são as opções cirúrgicas para restaurar a integridade anatômica da orelha. Relatamos o caso de um paciente que apresentou lesões tumorais em mais de uma ocasião na face anterior da orelha esquerda e que precisou de intervenção cirúrgica para a correção do defeito gerado pela excisão tumoral. Como procedimento proposto, planejamos e executamos um retalho insular de base superior, que por meio de um túnel criado na projeção da fossa triangular foi rodado para a fossa escafoide, reparando-a em um único tempo cirúrgico, apresentando resultados estético e funcional satisfatórios ao paciente.

Palavras-chave: Orelha; Neoplasias da orelha; Retalhos cirúrgicos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos

 

Protocols and complications in the reconstruction of major scalp defects

Julio Wilson Fernandes; Kátia Sheylla Malta Purim; Michael Hikaru Mikami
Rev. Bras. Cir. Plást. 2020;35(1):133-137 - Special Article

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Introduction: This study aimed to analyze the protocols and complications in four unusual cases of large and complex scalp defects, in which conventional, non-microsurgical flaps were used.
Methods: This was a critical and retrospective analysis of four cases. Three immunosuppressed patients had squamous cell carcinomas (SCC) (one underwent liver transplant, one underwent renal transplant, and one had rheumatoid arthritis). The other patient had sequelae of head trauma and multiple neurosurgeries using self-polymerizing acrylic, followed by osteomyelitis and fistula.
Results: The cases of large carcinoma were reconstructed with rotation large scalp flaps. Two of them had epidermolysis/necrosis in a small distal portion of the flaps, which were treated, with excellent aesthetic results. The case of sequelae of trauma was reconstructed with expanded advancement scalp flap over cranioplasty using ribs. Despite the extrusion of one osteosynthesis, the patient healed without recurrence of the fistula, with na excellent aesthetic result.
Conclusion: The analysis of these complex and unusual cases indicates that temporal pedicles are preferred in the planning of flaps for the conventional reconstruction of large scalp defects. The treatment employed for the possible epidermolyses and distal necroses in these flaps led to satisfying aesthetic and functional results.

Keywords: Scalp; Reconstructive surgical procedures; Head and neck neoplasms; Penetrating head trauma; Organ transplantation.

 

RESUMO

Introdução: Estudar as condutas e as complicações em quatro casos infrequentes de grandes e complexas deformidades do couro cabeludo, em que retalhos convencionais, não microcirúrgicos, foram empregados.
Métodos: Análise crítica e retrospectiva de três casos de carcinomas espinocelulares (CEC) em pacientes imunossuprimidos (transplantado renal, hepático e paciente com artrite reumatoide) e um caso de sequela de trauma cranioencefálico, decorrente de múltiplas neurocirurgias com emprego de acrílico autopolimerizável, seguido de osteomielite e fístula.
Resultados: Os casos de extensos carcinomas, foram reconstruídos com a rotação de grandes retalhos de couro cabeludo, havendo em dois deles epidermólise/necrose em pequena porção distal dos retalhos, que foram tratadas com excelente resultado estético. O caso sequela de trauma, foi reconstruído com retalho expandido de couro cabeludo, avançado sobre cranioplastia com costelas, que apesar da extrusão de uma osteossíntese, cicatrizou sem recidiva da fístula com excelente resultado estético.
Conclusão: A análise destes casos complexos e invulgares, indica preferencialmente os pedículos temporais no planejamento de retalhos para a reconstrução convencional de grandes defeitos do couro cabeludo. As possíveis epidermólises e necroses distais nestes retalhos, tratadas da forma apresentada, levaram a gratificantes resultados estéticos e funcionais.

Palavras-chave: Couro cabeludo; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Neoplasias de cabeça e pescoço; Traumatismos cranianos penetrantes; Transplante de órgãos

 

Reconstrução imediata do couro cabeludo com retalho de transposição baseado na artéria temporal superficial pós-ressecção oncológica

Diego Fernando Villagra Avila; Inara do Carmo Lucchese; Estevão José Muller Uliano; Daniel Ongaratto Barazzetti; Zulmar Antonio Accioli de Vasconcellos; Jorge Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):62-64 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

INTRODUÇÃO: Os tumores mais comuns envolvendo o couro cabeludo incluem carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma maligno. A ressecção desses tumores pode causar defeitos variados e complexos. Há vários algoritmos para o tratamento desses defeitos. A reconstrução ideal irá depender da avaliação criteriosa de cada caso de acordo com diversos fatores. A técnica escolhida para a reconstrução deve priorizar o melhor resultado funcional e estético possível, com mínimo de morbidade do sítio doador. MÉTODOS: Relato de caso. Foram revisados o prontuário e os registros fotográficos de um caso de reconstrução imediata com retalho local após ressecção de tumor de couro cabeludo, e realizada revisão bibliográfica. RESULTADOS: Paciente foi submetido à ressecção de tumor de couro cabeludo e à reconstrução imediata com retalho local, com evolução favorável. CONCLUSÃO: Existem diversas opções para a reconstrução do escalpo, sendo o retalho local de transposição baseado na artéria temporal superficial, seguida de enxertia da área doadora, uma excelente opção de reconstrução do couro cabeludo.

Palavras-chave: Reabilitação; Neoplasias cutâneas; Carcinoma basocelular; Couro cabeludo.

 

Use of three rhomboid flaps for scalp defect coverage

Lincoln Saito Millan; Pedro Soler Coltro; Felipe Rodrigues Máximo; Esther Mihwa Oh Choi; Fabio de Freitas Busnardo; Marcus Castro Ferreira; Leão Faiwichow
Rev. Bras. Cir. Plást. 2013;28(3):490-492 - Ideas and Innovation

PDF Portuguese PDF English

ABSTRACT

Full-thickness scalp defects exposing the skull can be challenging for plastic surgeons. Scalp skin has low elasticity, so a large flap is necessary to cover even a small defect. This article presents 9 cases in which 3 rhomboid flaps were used for the closure of scalp defects. One patient experienced flap necrosis and required reoperation. Two other patients had minor complications treated with dressing. The method presented herein allows the harvest of 3 small flaps that collectively cover the defect as well as the primary closure of the donor area. This technique does not require the creation of a large flap or skin graft from the donor. Thus, the technique described herein is suitable for medium-thickness scalp defects and is a good alternative to large rotation flaps and skin grafts.

Keywords: Scalp/surgery. Scalp/injuries. Surgical flaps.

 

RESUMO

Defeitos no couro cabeludo podem ser um desafio para os cirurgiões plásticos quando afetam sua espessura total e deixam o crânio exposto. O couro cabeludo tem pouca elasticidade, assim um grande retalho é necessário para cobrir um defeito pequeno. O objetivo deste artigo é apresentar 9 casos em que 3 retalhos romboides foram utilizados para o fechamento de defeitos no couro cabeludo. Um paciente apresentou necrose do retalho e foi necessária reoperação. Dois outros pacientes tiveram complicações menores, que foram tratadas com curativos. O método apresentado permite a confecção de 3 pequenos retalhos que em conjunto cobrem o defeito, e as áreas doadoras são fechadas primariamente. Com a utilização da técnica descrita, a confecção de um retalho grande e a enxertia de pele da área doadora não são necessárias. Neste artigo é descrita uma técnica para fechamento de defeitos de tamanho moderado no couro cabeludo, que é uma boa alternativa a grandes retalhos de rotação ou enxerto de pele.

Palavras-chave: Couro cabeludo/cirurgia. Couro cabeludo/lesões. Retalhos cirúrgicos.

 

Reconstrução do lábio inferior baseado na técnica de Karapandzic: descrição cirúrgica e relato de caso

Natália Biancha Rendó; Inara do Carmo Lucchese; Carlo Mognon Mattiello; Rogério Schutzler Gomes; Zulmar Antonio Accioli de Vasconcello; Jorge Bins Ely
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):74-76 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

A técnica de Karapandzic foi introduzida, em 1974, para reconstrução de lábio inferior. É uma modificação do fan-flap de Gillies, um retalho em avanço em rotação composto de espessura total ao redor da boca. O movimento do retalho emprega rotação e avanço, enquanto ele é transferido para a região periférica da comissura oral para fechar o defeito. Esse método de reconstrução é empregado mais comumente na reconstrução de defeitos do lábio inferior e sua melhor indicação é a reconstrução dos defeitos centrais. Neste trabalho descrevemos a técnica de Karapandzic em um paciente com tumor de lábio inferior que compromete mais de 50% do mesmo.

Palavras-chave: Reabilitação; Retalhos cirúrgicos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Lábio.

 

Reconstrução de defeitos no couro cabeludo

Rolando Mendoza Romero; Amr Arikat; Geraldo Machado Filho; Cristiano Duncan Aita; Milton Paulo de Oliveira; Marcos Ricardo de Oliveira Jaeger
Rev. Bras. Cir. Plást. 2018;33(Suppl.1):90-92 - Face I

PDF Portuguese

RESUMO

O seguinte estudo mostra uma série de casos de 16 pacientes submetidos a tratamento cirúrgico de cobertura defeitos de couro cabeludo. É evidente que esse tipo de procedimento sempre foi um desafio para o cirurgião plástico, devido à região anatômica, características da pele ao redor ou motivo do defeito, os defeitos em couro cabeludo são de difícil reconstrução. Partindo dessa conclusão, optamos por tentar descrever as diferentes e melhores opções terapêuticas para os defeitos com características de maior prevalência, realizando finalmente um algoritmo como apoio no momento de escolha do cirurgião para à sua indicação terapêutica.

Palavras-chave: Reabilitação; Couro cabeludo; Retalhos cirúrgicos; Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos; Neoplasias.

 

Indexers

Licença Creative Commons All scientific articles published at www.rbcp.org.br are licensed under a Creative Commons license